RETORNO

AMADOS! DEPOIS DE UMA PARADA ,RETORNAMOS REVIGORADOS E CADA VEZ MAIS CERTOS EM CONTINUARMOS NOSSA APRENDIZAGEM.NESSE PERÍODO SOMENTE FORAM POSTADOS MENSAGENS EM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK,NA QUAL PARTILHAMOS ASSUNTOS TÃO RELEVANTES NESSE MOMENTO DE TRANSIÇÃO!VAMOS EM FRENTE QUERIDOS EM NOSSA CAMINHADA COM AMOR ,LUZ,FÉ E DEUS EM NOSSOS CORAÇÕES! NAMASTE

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

COLETÂNEA: TRANSCENDENDO AS CRENÇAS E OS APEGOS - AUTRES DIMENSIONS







Todo apego, qualquer que seja (a uma crença, a uma cultura, a um marido, a um lugar, a uma função), os afasta, e os priva da totalidade da Existência.
Os apegos (ou relações do humano), tais como existiram, no passado (e que foram necessários para lhes permitir sobreviver nesse mundo), estão hoje em vias de dissolução, assim como o Arcanjo Miguel lhes disse.
Vocês não podem aceder à Existência sem se soltar, sem se abandonar, estando sempre apegados ao que quer que seja.
Vocês não podem, «aceder a outra margem», estando apegados ao que quer que seja nesse mundo.

O apego é uma relação. Esse apego é uma zona de Sombra, quaisquer que sejam a natureza e a nobreza desses apegos, porque o apego (qualquer que seja, mesmo o mais nobre), os priva de sua Liberdade essencial.

Assim é, igualmente, quando alguns Seres lhes dizem, nesta Terra, para matar todos os modelos, porque enquanto vocês seguem um modelo, vocês não seguem vocês mesmos, mas vocês seguem qualquer outro.

Assim é nas religiões, assim é no que poderiam chamar adesão ao que quer que seja nesse mundo.

O conjunto de crenças representa apegos. Vocês observarão que a liberdade é o oposto do apego.
O que não quer dizer negar as relações: a relação não é apego a partir do momento em que ela é livre em todos os sentidos do termo.
O apego é peso. A liberdade é leveza.
Anael, 17 mar 2010


O caminho da infância, o Pequeno Caminho, é certamente o melhor modo, atualmente, de facilitar a vinda da Graça, de sua Graça, permitindo sua Ressurreição.
Para isso, é preciso ir à Profundidade de você mesmo.
É preciso superar os medos.
É preciso superar os apegos, não suprimi-los, mas transcendê-los.
... E o Cristo dizia: «Ninguém pode penetrar o Reino dos Céus, se não volta a tornar-se como uma criança», quer dizer livre de qualquer apego, de qualquer crença, livre de qualquer passado e de qualquer futuro.
É verdadeiramente estar no instante, viver o instante, sem estar, como a personalidade, preocupada com o instante seguinte ou estar ferida pelos instantes passados.

...Assim como eu disse, os apegos são os obstáculos para a Criança Interior, porque uma Criança Interior é livre, inteiramente.
Teresa de Lisieux, 01 mai 2011


A posse é uma forma de apego.

Apego a coisas às vezes fúteis, mas também a certo número do que eu chamaria de dogmas, de crenças ou de convicções.

Tudo isso não substituirá jamais a experiência e a vivência.

Assim então, certos apegos, sem propriamente o saber, a certos aspectos de sua personalidade.

Em meio ao humano sofrendo neste Mundo de divisão e de ilusão, manifestam-se, eu diria, comportamentos de sobrevivência do próprio ego.

Por isso, entre esses elementos de sobrevida, encontram-se os apegos, quaisquer que sejam, sem exceção e, certamente, as mágoas e os medos.

Enquanto houver identificação às suas mágoas e aos seus medos, vocês não estão Livres.

Não sendo Livres, vocês não podem Vibrar, totalmente, ao nível da Existência [Estado de Ser].

A Vibração da Existência confere a capacidade para Ser e para experimentar o Samadhi, a Alegria Interior.

É isso que vocês devem encontrar, o mais breve possível, antes que a Luz da Onda Galáctica toque a Terra.

Seria extremamente longo enumerar todos os apegos, os medos, as mágoas, existentes no homem submisso à sua personalidade.

Lembrem que o acesso ao Supra mental, no Coração, é Liberação e Alegria.

Essa Alegria é essencial, porque é ela que confirma, por seu aspecto Vibratório e por sua realidade ao nível da Consciência, seu acesso às esferas da Eternidade.
Sri Aurobindo, 14 jul de 2010


Há, portanto, literalmente, no interior de vocês, um fenômeno de oposição e de antagonismo que se manifesta, então, entre a personalidade e o Coração.
Isso é um combate.
Essa é uma passagem por uma porta estreita.

A Consciência do Coração vindo então iluminar as travas da personalidade, muitos seres vão se amarrar novamente nessas travas de personalidade para evitar morrer para eles mesmos.

Há, portanto, uma lucidez a observar.
Se olhar, sem hipocrisias.
Se olhar, em Verdade e em Unidade, e não enterrar as feridas, não reprimi-las em espaços sombrios, porque elas se tornarão iluminadas, progressivamente, mas, sim, olhá-las na face, em total Luz, em total lucidez.

Não evocar qualquer culpa, mas, bem mais, evocar uma liberação, devido ao fato mesmo da observação desta própria ferida.

O Coração compreende que ele não é essa ferida, nem esse passado, mas que é totalmente independente da Vivência anterior de todo apego, qualquer que seja.

O apego é o obstáculo o mais formal para o estabelecimento em sua Unidade.
O apego está diretamente ligado ao medo e às feridas, Interiores e anteriores, vividas em suas diferentes experiências de vida.
Um Amigo, 15 jul 2010


Eu diria, com palavras, que há um apego à sua própria existência, que obstrui o estabelecimento da Existência.

O que assinala também, sem que você ali veja qualquer insuficiência, mas apenas um esclarecimento, uma dificuldade de abandono total à Luz, como cada um de vocês aqui o viveu, à sua maneira que lhe é própria.

Que isso seja por uma raiva ou por um ego que se coloca na dianteira da cena, que seja por feridas que reaparecem ao nível do corpo, das emoções ou do mental, do mesmo modo, ter medo do abandono, da Existência, assinala um apego na personalidade.

Não se esqueça que a Luz vem revelar, ela vem iluminar para aclarar e o que vocês observam em seu mundo, e observarão em breve, é apenas a luta que eu qualificaria de final.

Ela existe, obviamente, em vocês, também, e existiu em todos e cada um, no momento da passagem definitiva na Unidade.

Assim, posso lhes confiar que, quando de minha encarnação que vivi, muito jovem eu vivi este período de despertar à Unidade.
Foi precedido de uma intensa angústia, é preciso dizer.

Esta angústia me marcou tanto, e eu tive tanto medo, em minha vida, de perder o que tinha encontrado, que me isolei e me fechei, totalmente, longe do mundo e do pandemônio do mundo, para estar certo, aí também, de não perder algo que era instalado definitivamente.
Isso traduzia uma forma de apego, aí também, em meio mesmo de minha realização autêntica a algo.

É portanto, muito lógico, no humano que descobre espaços Vibratórios inéditos, que o conduz a viver experiências e estados fora do comum, que tenha inscrito ainda, devido à presença mesmo da personalidade (mesmo se o ego está dissolvido), este medo.

É o espaço que precede a dissolução.
O momento particular onde não existe mais qualquer sinal da consciência, tanto na personalidade como nas Vibrações, em relação com o Fogo do Coração.
Um Amigo, 01 jul 2010


Enquanto vocês estão apegados ao que quer que seja, vocês não podem viver a liberação total e, sobretudo agora, para aqueles que querem viver o apego a si mesmo, ou seja, ao eu, ao ego, à personalidade, às Crenças já, quaisquer que sejam, porque vocês são, e como Miguel os chamou durante meses, como os Arcanjos hoje os chamam, Sementes Estelares.

Eles lhes falam de algo que é muito maior do que o que vocês estão identificados nesse corpo e nesta Dimensão.

Eu creio que as coisas que nós dissemos, uns e outros, foram extremamente numerosas com relação a isso, mas isso não deve permanecer como uma concepção, isso deve ser vivido.
É o que vocês vivem agora.
O. M. Aivanhov, 29 nov 2010


Em seu Coração, não pode haver qualquer sofrimento, qualquer apego.
A liberdade é total.
É ela que viemos lhes restituir.

Assim como respeitamos sua liberdade, respeitem a liberdade de todos, sem exceção.
Não julguem qualquer caminho, qualquer escolha.

Nós lhes pedimos que permaneçam despertos e lúcidos, mas não julgar, não condenar e não se irritar.
Deixar simplesmente a Luz agir, para vocês, como para o outro, quem quer que seja este outro.
Vocês devem respeitar isso.

Aproveitem também, como lhes disse Miguel, esta jornada, para alinharem-se em sua Presença porque, nesta Presença, há Alegria, não pode ali existir sofrimento, nem apego, nem temor, nem medo.
Tudo é pacífico.
Vão para esta paz.
Maria, 17 jul 2010


Então, há seres que são predispostos e que vão viver esta Alegria, esta Vibração, mantendo certa forma de apego, mas não são os apegos como aqueles que estão realmente apegados.
Vão dizer, são pólos de interesse.
Não há dependência Vibratória: tudo está aí.

Enquanto a busca não se tornar o sentido de sua Vida, vocês não podem viver isso.
É o princípio do macaco: vocês não podem ver algo novo se não soltou o antigo.

O que não quer dizer que o antigo vai desaparecer e ser eliminado de sua Vida, mas é verdadeiramente toda uma atitude mental ligada à posse.

Enquanto você disser: meus filhos, meus isso, meus aquilo, você não poderá atingir o que procura.
Isso associa o sentido da posse.
O que você possui ou o que você crê possuir, possui você, de fato.
...
Abandonar-se à Luz é também aceitar que as caixas mudem.
Se sua Consciência não está pronta para aceitar isso, você crê que a Inteligência e a liberdade da Luz o fará?

A Inteligência da Luz age na condição de aceitar e se ela não age, quer dizer o quê?
Que a Luz não age?
Não, quer dizer simplesmente que isso não foi aceito.

É o mesmo princípio, se quer, que as pessoas que dizem: “quero isso, quero aquilo”, “meu Coração quer isso, meu Coração quer aquilo” e, no entanto, isso não se produz.

É preciso ser lógico.
A Consciência segue a Vibração.
A Vibração segue a Consciência.

Se não há concordância, isso quer dizer o quê?
Que você tem circuitos que não são funcionais?
De forma alguma.

Isso quer dizer que não há adequação total entre o que você exprime e o que você vive, entre o que você deseja, por vezes ardentemente, e o que você não quer soltar.

É preciso tomar Consciência que, mesmo entre os seres que seguem um caminho e que estão despertos, muitos têm tendência a não querer soltar o antigo.
É uma estrita Verdade.
O. M. Aivanhov, 25 jun 2010


O Amor-emoção é atração.
O Amor-emoção pertence indiscutivelmente a esta matriz, falsificada ou não.

Agora, lembre-se de que nos mundos Unificados, o Amor, mesmo na 3ª Dimensão, o Amor existe também.

Não há, portanto, nem culpa, nem remorso a manifestar com relação ao que é vivido.

O Amor é Fogo do Coração nos planos multidimensionais, conferindo à Dimensão Ki-Ris-Ti, ou seja, Filho Ardente do Sol.

A dimensão chamada Amor, vivida no plano emocional, participa efetivamente, como você disse, de um apego à matriz.
Mas esse não é um apego à falsificação, mas, sim, ao que nós chamamos os mundos em carbono.

Existem várias almas humanas que têm uma atração forte ao amor do mundo em carbono e aí é a liberdade delas a mais estrita.

A Ascensão pode também se fazer, como o dissemos, na 3ª Dimensão Unificada.
Esta é também uma Ascensão.

A Ascensão não é única e exclusivamente um acesso à 5ª Dimensão ou além, dado que, de qualquer modo, nos mundos Unificados, vocês são livres, vocês mantêm simplesmente uma estrutura chamada de 3ª Dimensão, mas vocês são livres para viajarem em todas as Dimensões.

A polaridade dos mundos em carbono, mesmo Unificados, é caracterizada por esta noção de emoção chamada amor.

A concepção da Vibração do Amor não é absolutamente a mesma segundo a Dimensão considerada.

Não se trata de algo a superar, mas, bem mais, uma escolha de Espírito para se estabelecer aí ou lá.

Apreendam bem, no entanto, que não existe diferença entre um ser que queira se privar de uma estrutura em carbono e um ser, fundamentalmente, que vai experimentar, nos universos livres, o final dos mundos em carbono.
Anael 1/2 – 30 nov 2010


É seu próprio julgamento e seu próprio apego ao seu Eu que os fechará e certamente não as Forças de Luz Unificadas.

Se vocês abandonam as lutas de poder, de influência, os medos, então, vocês irão espontaneamente e com toda facilidade na Vibração da Consciência Unificada.

Isso se traduzirá pelos momentos de imersão cada vez mais intensos e extremos em sua própria Unidade, desconectando-os mesmo, por momentos, de suas tarefas usuais e habituais.

Vocês sairão desses momentos mais plenos, mais felizes, mais claros.

Se vocês se opõem, por suas próprias condutas, a este estabelecimento, sua vida tornar-se-á cada vez mais dura e repleta de dúvidas, de incertezas, de negação mesmo de seus próprios estados Vibratórios vividos, fechando-os a si mesmos, então, cada vez mais no sofrimento e na densidade.

É você mesmo, e unicamente você mesmo que conduz sua Consciência, em função desta lei de atração e de graça da Luz Vibral que está aí.

Esta separação das Consciências, em Consciências Unificadas e Consciências separadas, em vocês como em cada ser humano, conduzirá a viver, para cada um, iluminações por vezes dolorosas.

Compreendam bem que isso não é em nada a ação da Luz, mas, efetivamente, suas próprias resistências à Luz, suas próprias sombras que não podem estar presentes na nova Dimensão e sua preparação.
Miguel, 21 dez 2010


Vocês são livres para ir para o Ilimitado e viver o Ilimitado?
Vocês são livres de qualquer condicionamento, de qualquer Crença, de qualquer apego?

De fato, a Liberdade pode se definir apenas com uma capacidade, bem real, de escapar a todo condicionamento e a toda Crença.

O mundo que nós percorremos, uns e outros, e que vocês percorrem ainda, é um mundo onde são veiculadas Crenças cuja particularidade é compartimentar e fechar.
Irmão K, 01 abr 2011


O abandono à Luz permite realizar, naquele momento, o milagre.
Esse milagre é o que Cristo pôde dizer aos seus discípulos: “deixem os mortos enterrar os mortos”,“será que o pássaro se preocupa com o ele vai comer amanhã?”
Enquanto vocês estão apegados ao que quer que seja nesse mundo (eu digo bem ao que quer que seja desse mundo), vocês não podem realizar o Si.
Mas, lembrem também que seres humanos abandonaram tudo esperando encontrar o Si.
Eles, no entanto, não o encontraram.
Não é abandonando tudo que se encontra o Si.
É se tornando si mesmo.
Naquele momento, as condições de vida, as condições do que é chamado de existência, vão profundamente mudar.
Mas, enquanto vocês estão apegados ao que quer que seja, vocês estão cristalizados nesse apego.
Enquanto vocês consideram que seu marido é seu marido, enquanto vocês consideram que sua mulher é sua mulher, enquanto vocês consideram que seu automóvel é seu automóvel, vocês não podem tocar o Si.
Um Amigo, 16 out 2010


Se ouvir em outro nível de compreensão e que não é a compreensão do intelecto, mas bem mais, a fluidez do Coração e a Vibração do Coração, que deve guiar seus passos e seu caminho e não a lógica ou qualquer apego ou convenção que exista em seu mundo.

Em breve, vocês não poderão mais fazer a economia desta distinção, porque seu Coração e a Vibração de seu Coração se fará ouvir, seja sob forma de sonho ou de impulso, para ir num sentido, e a personalidade os puxará no oposto.

Isso se chama resistência, o «combate» bem/mal, que vocês têm a viver, assim como o disse Um Amigo, dentro mesmo de sua ilusão de vida.

Cabe-lhes fazer escolhas, mas as escolhas não serão jamais ditadas, se possível, pelo intelecto, por qualquer interesse, mas unicamente pelo Coração.

Isso será fonte, para vocês, de gratidão, de facilidade e de estabelecimento na Alegria.

Então, se vocês seguem o que dita sua cabeça, vocês se afastarão cada vez mais da Verdade e da Unidade e não pode ser de outro modo, através das energias da Consciência que se revelam a vocês, através da clarificação da Luz, da Inteligência da Luz, do que ela vem manifestar em suas vidas e sobretudo o que ela vem lhes pedir, para se alinharem na Verdade.
Anael, 01 jul 2010


Porque é preciso que o Fogo do Espírito fecunde, inteiramente, a Terra e sua Consciência, nos prazos agora extremamente curtos, em termos humanos.

Vocês devem superar as últimas crenças, os últimos apegos que não concernem mais a crenças exteriores ou a apegos exteriores, mas, eu diria, à última crença e ao último apego que é aquele manifestado, a vocês mesmos, nessa forma ilusória e que, no entanto, é seu Templo.

Isso não necessita absolutamente uma punição ou uma auto-flagelação, mas, bem mais, uma lucidez e um mecanismo de sua consciência que lhes permite viver isso.
Philippe de Lyon, 31 mar 2011


Enviado por Rosa
Fonte: www.autresdimensions.com
Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com
SELEÇÃO: SILVANA PIMENTEL

http://minhamestria.blogspot.com

A FUGA DE OBAMA E ALEX RETROV FALANDO SOBRE ELENIN, NIBIRU, TERREMOTOS E DATAS (VÍDEO LEGENDADO)





Nota MM: Já abordamos aqui, independentemente das recentes evidências astronômicas, vários textos e podcasts que ressaltamos que 2012 é uma data para que não haja preparação dos "acomodados". O vídeo abaixo originalmente em inglês (agora com legendas em português), deixa tudo isto muito claro. Segundo ele, o dia 25 de setembro será crucial. Esta é mais uma fonte que, suas teorias e evidências, se encaixam com algumas coisas que já publicamos aqui.
E isto não quer dizer que concordamos com todas as suas teorias. Mas vale observar que correntes paralelas se movimentam e, sem dúvida, algo grande está a caminho. Enquanto que a manada mundial aguarda a CNN e a manada brasileira aguarda o Jornal Nacional, o abismo se aproxima.



Canal: expansaocosmica
Vídeo enviado por Elcio


Nota MM: Recebemos a informação que o palestrante resolveu "acreditar" no que ele mesmo fala neste vídeo, pois a segunda parte seria vendida e o mesmo desistiu de vender e agora liberou. Estamos aguardando a tradução com legendas.
E para encaixarmos as peças, podemos ver a fuga de Obama no vídeo abaixo:



Vídeo enviado por Patrícia Aroeira

Patrícia diz: O vídeo basicamente diz que Obama vai viajar para o Colorado, no aeroporto de Denver no dia 25 de manhã, ou até mais cedo, dia 24 à noite. O aeroporto de Denver é conhecido por ter um abrigo nuclear apenas para elites, além de outras bizarrices como ser chamado de aeroporto do "novo mundo". Não é muita coincidência o presidente dos estados unidos viajar logo nas datas que já conhecemos tanto para um lugar tão suspeito?

Nota MM: Recomendamos o texto: "ASTRONOMIA COM AÏVANHOV – AUTRES DIMENSIONS", com o principal assunto: COMETAS.


http://minhamestria.blogspot.com/

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A VERDADE QUE NÃO ESTÃO TE CONTANDO - PARTE 2

Nota MM: Eis a continuação do vídeo que publicamos a primeira parte no texto: "A FUGA DE OBAMA E ALEX RETROV FALANDO SOBRE ELENIN, NIBIRU, TERREMOTOS E DATAS".
O palestrante reconheceu o "tiro que deu no próprio pé" quando disse que esta segunda parte seria vendida aos interessados. Provavelmente ele refletiu que o seu anúncio comercial descredibilizaria todo o conteúdo apresentado por ele. Afinal de contas, ele mesmo disse que o dinheiro, em breve, para nada servirá.
Disponibilizamos este material aqui no MM, prioritariamente para atender àqueles com expectativas a esta segunda parte. Concordamos com alguns pontos do Alex, mas não compactuamos com muitos outros.
O que vale é que cada um encontre por Si e extraia deste material o que lhe for últil.



Canal: expansaocosmica
Vídeo sugerido por Ras Astawala



http://minhamestria.blogspot.com/

Abandonando a negatividade



Toda resistência interior
é vivenciada como uma negatividade. Toda negatividade é uma resistência. Nesse
contexto, as duas palavras são quase sinônimas. A negatividade vai de uma
irritação ou impaciência a uma raiva furiosa, de um humor deprimido ou um
ressentimento a um desespero suicida. Às vezes, a resistência faz disparar o
sofrimento emocional, caso em que mesmo uma situação banal pode produzir uma negatividade intensa, como a raiva, a depressão ou um profundo
pesar.

O ego acredita que, através da negatividade, pode manipular a realidade e
conseguir o que deseja. Acredita que, através dela, pode atrair uma
circunstância desejável ou dissolver uma indesejável. Sempre que estamos
infelizes, acreditamos inconscientemente que a infelicidade “compra” para nós o
que queremos. Se “você” – a mente – não acreditou que a infelicidade funciona,
por que a criaria? O fato é que essa negatividade não funciona. Em vez de atrair
uma circunstância desejável, ela a interrompe ao nascer. Em vez de desfazer uma circunstância indesejável, ela a mantém no lugar. Sua única utilidade é que ela fortalece o ego, e essa é a razão pela qual ele a adora.

Uma vez que você tenha se identificado com alguma forma de negatividade, não vai querer que ela desapareça e, em um nível inconsciente mais profundo, não vai desejar uma mudança positiva. Ela iria ameaçar a sua identidade como uma pessoa depressiva, zangada ou difícil de lidar. Você então passa a ignorar, negar ou sabotar aquilo que é positivo em sua vida. É um fenômeno comum. E também
doentio.

A
negatividade é completamente antinatural. É um poluente psíquico e existe um
vínculo profundo entre o envenenamento e a destruição da natureza e a grande
negatividade que vem sendo acumulada na psique coletiva humana. Nenhuma outra
forma de vida no planeta conhece a negatividade, somente os seres humanos, assim
como nenhuma outra forma de vida violenta e envenena a Terra que a sustenta.
Você já viu uma flor infeliz ou um carvalho estressado? Já cruzou com um
golfinho deprimido, um sapo com problemas de autoestima, um gato que não
consegue relaxar, ou um pássaro com ódio e ressentimento? Os únicos animais que
eventualmente vivenciam alguma coisa semelhante à negatividade, ou mostram
sinais de comportamento neurótico, são os que vivem em contato íntimo com os
seres humanos e assim se ligam à mente humana e à insanidade
deles.

Observe as plantas e
animais, aprenda com eles a aceitar aquilo que é. Deixe que eles lhe ensinem o
que é Ser, o que é integridade – estar em unidade, ser você mesmo, ser
verdadeiro. Aprenda como viver e como morrer, e como não fazer do viver e do
morrer um problema.

Até
mesmo os patos nos ensinam importantes lições espirituais. Observá-los é uma
meditação. Como eles flutuam em paz, de bem com eles mesmos, totalmente
presentes no Agora, dignos e perfeitos, tanto quanto uma criatura sem mente pode
ser. Eventualmente, no entanto, dois patos vão se envolver em uma briga, algumas
vezes sem nenhuma razão aparente ou porque um pato penetrou no espaço particular
do outro. A briga geralmente dura só alguns segundos e então os patos se
separam, nadam em direções opostas e batem suas asas com força, por algumas
vezes. Então continuam a nadar em paz, como se a briga nunca tivesse acontecido.
Ao bater as asas eles estavam soltando a energia acumulada, evitando assim que
ela ficasse aprisionada no corpo e se transformado em negatividade. Isso é
sabedoria natural. É fácil para eles porque não têm uma mente para manter vivo o
passado, sem necessidade, e então construir uma identidade em volta dele.

Por: Eckhart
Tolle

*OMRAAM (Aïvanhov)* - 30 de janeiro de 2010 - AutresDimensions




































Bem caros amigos, estou extremamente contente e me alegro de reencontrá-los.

Então, se querem, eu lhes transmito todas minhas bênçãos e vamos proceder como de hábito, ou seja, numa troca de questões e respostas, que é meu modo habitual de proceder com vocês. Então, caros amigos, vamos.


Questão: onde estão as tribulações da Terra, nesse momento?

De qual ponto de vista? Se é o nosso, o seu, ou aquele daqueles que resistem? Porque, obviamente, não são de forma alguma a mesma visão, não é?, você compreendeu.

Então, começando por nós, o que vemos é que tudo segue seu ritmo e tudo segue um plano que está perfeitamente estabelecido pela Luz e que segue uma rota que está perfeitamente em harmonia com nossas esperanças (eu emprego a palavra esperança) as mais loucas com relação à humanidade e com relação aos inúmeros seres humanos que iam poder viver esses processos mágicos de saída da matriz.

Então, agora, de seu ponto de vista, você, que segue todos esses trabalhos maravilhosos conosco, com vocês e que lhes permite aceder a esses estados específicos, podemos dizer que alguns de vocês bem gostariam de ver o final. Nós também.

Mas, entretanto, é preciso que sigamos um certo processo. Creio que, assim como o Arcanjo Miguel e talvez o porta-voz Sri Aurobindo, falaram em outros momentos, é preciso que nos ajustemos, progressivamente.

É uma operação delicada, delicada não para o estabelecimento da Luz, mas para fazer de modo que muitos, um máximo de seres humanos, possa aceder, com esse corpo de 3ª Dimensão, na nova Dimensão.

Então, nós ali vamos por pequenos toques. E agora, com relação a todos aqueles que estão ainda nas forças de resistência, nas forças de dualidade, que não estão ainda verdadeiramente do lado da Luz, é evidente que isso não pareça bom para eles, porque muitas coisas que estavam ligadas ao poder estão desabando por toda parte sobre o planeta e compreenderam que não podem contar com seus amigos lá em cima (é uma expressão) mas não podem contar também com a humanidade como contavam antes.

Assim, o balanço da Terra é muito positivo. Nós nos dirigimos para o que é anunciado desde sempre e esperamos sempre ir cada vez mais rápido, mas também cada vez melhor, com relação a tudo isso.

Questão: o que é dos lugares que são reputados como tendo um papel específico no futuro?

Então, caro amigo, existem muitos lugares neste planeta que têm um papel a desempenhar. Mas os lugares não são nada sem os seres humanos que ali estão. Isso é extremamente importante.

Vocês tiveram, em muito numerosos momentos da História da humanidade, lugares que eram, como dizer, consagrados e elevados no plano Vibratório e que foram, de algum modo, rebaixados pelos humanos que estavam sobre o lugar que desnaturaram completamente, eu diria, a natureza dos lugares e a função dos lugares. Isso vocês o vivem por toda parte.

Isso existe na França, como existe em outros países. Então, agora, sabemos e observamos lá de cima que há lugares onde se desenvolvem polos de interesses (vamos chamar assim) que atraem humanos como potencialmente lugares mágicos que vão fazer o trabalho em seu lugar. Mas nenhum lugar fará o trabalho por você.

De nada serve ir a um lugar para esperar encontrar o despertar. O despertar e a transformação estão no interior, unicamente.

E o que podemos culpar alguns lugares que observamos, é que seres vem, atraídos pelos discursos, atraídos pelos livros, atraídos pelas Vibrações e se estabelecem em regiões sem no entanto viver o nível Vibratório necessário.

Então, não é preciso se repousar nos lugares, quaisquer que sejam, isso é muito importante.

Agora, existem inúmeros lugares. Mas existem lugares assim, consagrados, ou ditos consagrados, no leste da França, no extremo leste. Existem também na Bélgica e na Alemanha. Em todos os países observamos esta recrudescência de agitação através de lugares mágicos ou lugares esotéricos que tiveram funções, ou que supôs-se terem funções. Eu diria que isso não deve atraí-los mais que isso.

O mais importante é que vocês vivam no interior. E sem o interior, sem a Luz interior, todo o resto não serve estritamente a nada.

Então, agora, sobre as funções históricas, a virem ou passadas, não me compete revelar-lhes o teor e a veracidade dos lugares de que falou. Compete a cada um de se fazer sua própria experiência. Porque se eu digo que é preciso ir ver a energia lá, vocês compreendem bem que haverá ainda mais pessoas que vão querer vir, ou, ao contrário, partir desse lugar, se eu digo que é falso. Portanto, isso nada quer dizer.

Cabe a vocês fazerem sua idéia e sua própria opinião, sabendo que tudo isso, definitivamente, não é muito importante, a partir do momento em que vocês penetram em sua Existência e vivem estados de Consciência que não têm mais nada a ver com os papéis ou missões desta 3ª Dimensão. Por conseguinte, é preciso relativizar.

Questão: por que nos sentimos atraídos por tal lugar ou tal pessoa?

Então, caro amigo, a resposta será muito geral. Não é preciso procurar resposta histórica, cármica ou futura. Há ressonância.

Você pode encontrar essas ressonâncias através de lugares e de pessoas. Se tomamos o exemplo de pessoas, há hoje seres que se colocam a vibrar face a um outro ser humano e imediatamente eles intervém dizendo: «oh la la, é uma alma irmã», «oh la la, é algo de muito potente, tenho algo a construir».

É preciso prestar muita atenção, porque vocês estão abertos, hoje. Abertos à Vibração, isso quer dizer também serem capazes de sentir Vibrações, como chamados com relação a lugares, com relação a pessoas, ou, ao contrário, repulsas, o que vem a ser o mesmo.

É preciso ficar muito atento para não tirar conclusões com relação a um fenômeno que viveu.

Imaginem, por exemplo, que eu vá ou que vocês vão, em um outro lugar, lá onde apareceu, não sei quem, onde há um Santo que está enterrado, por exemplo, e que vocês sentem uma Vibração. Vocês sabem que está ligada ao Santo. Não lhes virá jamais à idéia irem se instalar lá, porque vocês se sentem atraídos pela Vibração.

É necessário fazer exatamente a mesma coisa com os lugares porque, mesmo se a experiência vivida é completamente autêntica e verídica, não significa necessariamente o que você acredita. Ela assinala, sobretudo, um princípio de atração que vai colocá-los em Vibração com algo que, efetivamente, lhes concerne.

Mas prestem extrema atenção para, como vocês dizem, não bordarem com relação a isso. Contentem-se de viver as informações que chegam com relação a lugares ou pessoas mas não construam castelos, como vocês dizem, na Espanha, com isso.

Porque esta percepção Vibratória se desenvolve cada vez mais e o que acontece? Basta que vocês tenham um lugar Vibratório, que qualquer um fale ou escreva, para que vocês tenham um conjunto de seres humanos que chegam a esses lugares e que dizem sentir algo muito forte ou muito positivo, o que será completamente verdadeiro, mas, entretanto, as consequências de tudo o que acontece no humano são apenas castelos na Espanha, isso, é preciso bem compreender.

Se você é atraído para um lugar, vá. Mas se você é atraído para um lugar porque alguém falou ou porque você leu algo, atenção aos castelos na Espanha.

O importante é seu ser interior, não é o lugar que você vai encontrar.

As forças Arcangélicas intervêm efetivamente nos lugares de agrupamento, nos lugares onde haverá probabilidades, eu digo sim probabilidades, de reuniões de Consciências humanas, no momento vindo. Mas tudo isso, pelo momento, são apenas projeções.

Por exemplo, desde vinte anos, meu antecessor preparou um lugar que devia ser um lugar de agrupamento essencial da humanidade, e, em particular, para a Europa do Oeste. Esse lugar foi preparado desde muito tempo. E esse lugar, como dizemos, capotou.

Isso é importante? Perdemos algo? O Homem perdeu algo? Não, nós o substituímos, obviamente.

Por conseguinte, é preciso ficar, não circunspecto, é preciso estar aberto, mas atenção a não construir coisas que não existem. Isso é muito importante, para os lugares, para as pessoas e para as situações. Castelo na Espanha, em francês, lhes diz «bexigas por lanternas».



Questão: qual é a origem e o significado do raio dourado, do raio azul?

A Luz é Vibração. A Luz é Vibral. A Luz contém todas as cores visíveis e invisíveis.

Existe, nesta Luz Unitária, um certo número de especificações. Houve um exemplo, no ano passado, com a energia do Ultravioleta. Houve um outro exemplo, anterior, com a energia do Espírito Santo ou da Shakti. E há um outro exemplo com a Luz e a Vibração da Fonte.

Todas as três reunidas reconstituem um valor Unitário da Luz. Mas cada Luz e cada Vibração (ou cada comprimento de onda, se preferem, da Luz) vai trazer uma característica específica.

Ultravioleta, isso quer dizer para vocês que está além do violeta. E além do violeta, o que há? Há os raios X, e antes há os raios gama. Os raios gama são os raios que são enviados para vocês pela Fonte, por Alcione, e que são retransmitidos por nós mesmos, a fim de desencadear as mutações necessárias em seu DNA e em sua estrutura biológica.

Os raios X estão em outro nível, muito mais rápido, ao nível Vibratório e de frequência, que vão induzir transformações que eu qualificaria de finais. Entre esses raios X e a luz visível existe um certo número de qualificativos.

Por exemplo, a Luz Azul não é o azul que vocês vêem com seus olhos, salvo em certas circunstâncias particulares quando as Portas das Estrelas se abrem, e nesse caso é diferente. Mas a Luz Azul tem um impacto específico. A Luz Azul corresponde à Luz do Espírito Santo, que é azul.

A Luz Dourada, ou o Raio Dourado, corresponde à reunificação da Luz Branca e a Luz Ultravioleta, em seu Coração, que dá então essas irradiações de cor dourada que vocês chamam a Presença a vocês mesmos ou a Existência, ou também o Fogo do Coração.


Questão: por que não vimos os acontecimentos que você anunciou?

É toda a diferença entre o que nós vemos, quando estamos encarnados ou quando estamos lá em cima, como algo de certo, onde nós abribuimos um tempo, que corresponde ao tempo Vibratório da descida do mundo de emanações (em todo caso dos mundos os mais elevados de sua matriz, até nesta Dimensão).

Várias vezes, já, desde vários anos, eu disse que haveria ondas de frio gigantescas, que haveria também tempestades.

Mas é preciso bem compreender que a humanidade reajusta. Vamos tomar um exemplo muito mais recente que não concerne a fenômenos geoclimáticos nem geofísicos, mas que concerne ao sistema econômico.

Nós todos havíamos dito, e o Arcanjo Miguel também, que, quando do período de desconstrução (que não está terminado, eu lhes afirmo), haveria uma destruição total do sistema econômico e financeiro.

Isso é real e já chegou nos planos os mais altos da matriz. Mas as resistências humanas e os medos humanos fazem com que esse sistema se perpetue, mesmo se não exista mais.

O problema é que, aí, vocês tocam o domínio das crenças, nesse nível.

No nível geoclimático é um pouco diferente. Nós teríamos de longe preferido que as modificações geofísicas, tectônicas, ligadas à cintura de fogo do Pacífico, vulcões, fossem mais estendidas no tempo.

Eu já falei, se minhas lembranças são boas, em dezembro de 2005, da cintura de fogo do Pacífico. E o que observamos? Que esta ignição se faz e continua a se fazer, enquanto deveria se fazer muito mais rapidamente.

Entretanto, nós somos, e vocês são, obviamente, dependentes de diferentes resistências existentes na matriz, com relação a isso. É a mesma coisa para o sistema econômico.

Mas quando nós lhes dizemos que algo chegou e chega, mesmo se lhes dizemos que vai chegar em tal momento, sabemos que vai talvez chegar em tal momento, mas isso pode ir até o final do período determinado.

Por exemplo, para a desconstrução total do Arcanjo Miguel, lhes foi dito, me parece, no final do ano, que vocês iriam assistir a uma recrudescência de fenômenos geofísicos.

Mas não esperem ver um sismo como aquele que ocorreu há pouco tempo, todas as semanas. Sem isso, haveria maior mundo sobre a Terra. Mas, entretanto, tudo isso está a caminho.

Então, é preciso compreender que o que nós lhes anunciamos é o que nós vemos nos planos os mais altos da matriz, e que chegou. Então, o sistema econômico chegou.

Agora, o tempo que isso toma para se manifestar sobre a Terra encontra um certo número de resistências e de crenças que são muito mais fortes do que pensávamos, simplesmente. Mas isso está a caminho para vocês. Não há qualquer meio de parar isso.

É como quando falamos das Ondas Galácticas que chegam para vocês. Nós sabemos que elas vão chegar. Sabemos que se banham dentro. Sabemos também que esse fluxo de partículas vai crescer. Mas, em qual momento esse fluxo se tornará suficiente para permitir gerar o que deve ser gerado? Sabendo que esse fluxo de partículas, de início, seja canalizado, seja filtrado (isso depende dos períodos) pelos Arcanjos, e em seguida por nós mesmos, antes de chegar até vocês. E vocês mesmos (o conjunto da humanidade, eu falo), vão filtrar isso também.

Segundo essas diferentes camadas sucessivas de penetração, os efeitos podem ser mais ou menos, como dizer, deletéreos, ou mais ou menos elásticos no tempo. Entretanto, há sempre uma noção de data limite.

É como a data limite de consumo, é parecido. O que podemos dizer, simplesmente, é que, paradoxalmente, a preparação interior dos humanos vai muito mais rápido do que acontece ao nível da matriz, quer dizer que temos muito mais seres humanos despertados, hoje, que não esperávamos.

Temos muito mais seres humanos que vivem o Fogo do Coração que não esperávamos, há ainda alguns meses (ainda em setembro, para aqueles que se recordam, quando falei das vacinas).

Temos observado, verdadeiramente, um fenômeno interior que é bem real e imediato, mas que não se acompanha necessariamente sempre da desconstrução da matriz ao ritmo em que o desejávamos.

Mas é preciso bem compreender que quanto mais nos retardamos, mais há um fenômeno de elástico que se estende, entre uma parte da Consciência daqueles que se abrem e a Consciência daqueles que resistem, ou da matriz, quer dizer o conjunto de crenças que resistem. A um dado momento, o elástico volta ou se solta.

Questão: existem, no estrangeiro, canais tais como podemos ter aqui?

Completamente. Há numerosas pessoas que são canais, que exprimem, por exemplo, os Arcanjos.

Há um, que é mais antigo, nos Estados Unidos, uma mulher que recebe, obviamente, comunicações do Arcanjo Miguel ou de outros Arcanjos.

Tenho a precisar, e creio que já disse que o Arcanjo Anael muito melhor se exprimiu que eu, porque se eu me exprimo sobre isso, isso vai ser muito mais violento: é preciso bem compreender que os processos de canalização correspondem a telefonemas dados ao redor do universo, desde a matriz, desde si mesmo, até os planos os mais elevados.

Compete-lhes a vocês mesmos encontrar o que os faz vibrar e o que lhes permite se elevarem e se aliviarem.

Portanto não há que definir o que é verdade e o que é falso. Agora, se vocês me colocam a questão com relação à origem do plano, ao mínimo supramental, eu diria que 90% mínimo de tudo o que é recebido não vem do supramental.

O que não quer dizer que é negativo. Não se esqueçam jamais que, mesmo no processo de canalização o mais puro, nós nos servimos, obviamente, ao mesmo tempo de palavras da laringe da pessoa e também de seu cérebro e de seu coração.

Então, não se surpreendam de encontrar, necessariamente, toques da pessoa em encarnação, mas não é sempre negativo. Obviamente, isso depende das qualidades de coração e das qualidades Vibratórias daquele que recebe. Isso necessita também a permeabilidade de algumas estruturas energéticas.

Querer canalizar, sem ter ativado a Shakti e a Kundaline, volta a canalizar a si mesmo, certamente.

Muitos seres consideram que as canalizações são apenas de palavras. Vão ler as palavras e ver se isso as coloca em Vibração, é seu sentido pessoal.

Vocês tiveram a prova, mais que evidente, com o Arcanjo Miguel, que retransmitiu energias. E nós também, os 24 Croûtons (nota : a Assembléia dos 24 Anciões), quando nós enviamos energias, vocês as sentiram, não é?, além das palavras.

É preciso sempre ir além das palavras, porque dar prazer com palavras é muito fácil.

Eu posso acariciá-los nos cabelos durante horas, sem qualquer energia e vocês vão acreditar chegados, porque sentiram que isso lhes fez bem.

Não é a mesma coisa do que viver energias sem palavras, como fazemos todas as noites com vocês (nota: de 19 a 19 :30 – hora francesa – 16 a 16 :30 horário de verão Brasília – durante o último protocolo colocado em nosso site sob a rubrica « protocolo a praticar »). Aí, vocês estão em um outro domínio que é um processo Vibratório em relação, desta vez, não mais com uma canalização, dado que vocês se tornam vocês mesmos o canal desta energia, para todos os outros. Vocês compreendem isso.

Então, agora, há mensagens que vão acariciá-los nos cabelos e lhes dizer que são seres sublimes, seres de toda beleza. Vocês terão muitas pessoas que vão dizer isso. Terão também muitas mensagens que vão lhes dizer que vai acontecer tal coisa, tal dia, a tal hora. Eu não falo de fenômenos Vibratórios que lhes retransmitimos, mas um acontecimento, por exemplo.

Houve, nos anos anteriores, pessoas que anunciaram contatos com a Frota Intergaláctica, em um dia e um dado momento precisos, que jamais aconteceu, certamente. Então, naquele momento, pode-se colocar a questão, eis que, eu lhes disse há pouco que mesmo eu, com relação à economia ou à finança, estava evidente que tudo ia desabar antes do inverno (verão no hemisfério sul), no entanto, continua aí. O que quer dizer que é suspensão.

Mas lembrem-se que o importante não são as palavras. O importante não são as previsões. O importante é o trabalho Vibratório da Luz. E isso, vocês tiveram a demonstração, pelo Arcanjo Miguel, nas reuniões planetárias que ele organizou, que algo aconteceu, certamente.

Questão: a defasagem entre os anúncios dos acontecimentos e sua realidade para nós significa que o desenrolar do tempo em nossa matriz é imprevisível, mesmo para vocês?

Completamente. Recordem-se que um ser vindo de Dimensões superiores, a partir do momento em que se aproxima da matriz demasiadamente, fica preso pela matriz e se encarna. E, encarnando-se, é obrigado a se reencarnar, ele não pode mais escapar da matriz, salvo em momentos precisos da História da humanidade como agora (salvo muito grandes seres que se beneficiaram, eu diria, de um suporte logístico considerável, como isso foi o caso para Cristo).

Simplesmente, há alguns seres (dos quais tive a chance de fazer parte em minha última vida, ou como o Venerado Sri Aurobindo) que tocaram um nível Vibratório que estava no limite da matriz e, aqueles, nós pudemos extraí-los, eles puderam ser extraídos e participar desta interface entre a matriz e os planos Arcangélicos que somos nós, os 24 Croûtons.

Questão: isso está em relação com o que Einstein desenvolveu sobre a curvatura do espaço/tempo?

É a mesma coisa. Vocês estão num tempo curvado. Num tempo que foi fechado sobre ele mesmo, para cortar o conjunto desse sistema Solar da irradiação da Fonte, o que foi perfeitamente obtido com êxito desde 300 000 anos. E, a cada 50.000 anos, esse sistema retorna a um ponto de partida, que vocês chamam a precessão dos equinócios.

A partir daquele momento, o sistema solar é submetido a um bombardeamento eletromagnético de raios gama.

Até o presente, nós não pudemos jamais fazer cessar essa curvatura do espaço/tempo. É o que estamos realizando desde o verão passado (inverno no hemisfério sul), com a ajuda dos Arcanjos e da Confederação Intergaláctica que corresponde a todas essas embarcações que estão em torno do Sol, incluindo a embarcação de Maria e aquela em que estou.

Tranquilizem-se, estou numa embarcação de Luz que nada tem a ver com ferragem. Mas há também embarcações de ferragem, em particular as de nossos irmãos Unificados de 3ª Dimensão de Vega que lograram êxito em romper a matriz num ciclo precedente e que estão portanto liberados da influência Arcôntica. Eles entretanto escolheram permanecer num corpo dimensional de 3ª Dimensão, ou seja, à base carbonada, mas Unificada desta vez, o que era seu caso, para a maior parte de vocês, há mais de 300.000 anos.

Vocês estavam num corpo de carbono, mas unificado. Então, nós dissemos (na época, eu não estava aí) que as Forças de Luz tiveram muita dificuldade em dissolver esta matriz.

Até um momento preciso da História da humanidade, pensávamos que bastava um certo número de «sacrifícios», de Seres de Luz que tomavam corpo nesta encarnação, para poder fazer desaparecer e dissolver a curvatura do espaço/ tempo.

Ora, é necessário reconhecer que as forças Arcônticas são terrivelmente inteligentes e conhecem perfeitamente as regras da matriz e souberam perfeitamente jogar o jogo de fechá-los em suas próprias crenças, modificando suas estruturas cerebrais, ao nível do DNA.

Fomos obrigados a esperar esse momento que vocês vivem agora, que assinala o final do ciclo de 52.000 anos, para poder dissolver, esperar dissolver (o que está em bom caminho agora, dado que a Luz ganhou), de maneira definitiva, esta matriz.

Questão: como o trabalho dos Arcontes pôde acontecer?

Porque, na partida, o trabalho dos Arcontes foi deixado livre pela Fonte. Tratava-se de uma experiência ligada a uma experimentação específica.

Obviamente, naquele momento, os seres que estavam sobre a Terra manifestaram-se junto à Fonte dizendo que isso seria uma experiência horrível.
E a Fonte, e os Arcanjos, alguns Arcanjos, decidiram prosseguir a experiência. Outros não.

Houve uma espécie de, como vocês chamam isso em sua linguagem, uma cisão.

O problema é que, uma vez que o desvio Arcôntico teve lugar, tornou-se extremamente difícil restabelecer as coisas. E a maestria dos planos densos, pelos mestres Arcônticos, tornou-se sua experiência muito penosa.

Mas esta experiência desemboca, e desembocará sobre mais Luz. O problema desse mais Luz é que isso se fez na dependência de uma submissão, ou seja, de uma violação de sua liberdade.

Substituiram a liberdade pelo livre arbítrio, dizendo ser uma nova liberdade: o Bem (havia o Bem), o Mal (havia o Mal).

Enquanto que a Consciência, destacada desta noção de materialidade, não conhece nem o Bem, nem o Mal, não conhece senão a Luz e a Unidade.

E, por conseguinte, nós percorremos, vocês percorreram, um certo número de ciclos, que chega hoje a sua expiração, apenas agora. E esta experiência, na partida, era livre, mas conduziu a privá-los de sua liberdade Dimensional.

Questão: é então normal sentir um estado de cólera com relação a tudo isso?

Não, porque a cólera pertence à dualidade, mesmo se sei que Cristo manifestou sua cólera no templo e eu também manifestei cóleras.

Mas, hoje, vocês estão em uma outra etapa. Há 2.000 anos, não há 20 anos. Hoje, vocês devem se pacificar pela Luz, quaisquer que sejam as coisas que necessitariam, ao limite, colocá-los em cólera, porque, obviamente, os Arcontes e o que resta sobre a Terra tem apenas um objetivo, que é o de desencadear reações. Eles procuram, por todos os meios, desencadear reações. A guerra é uma reação, a violência é uma reação, porque a violência, a guerra (a reação, de uma maneira geral), mantém a matriz.

Eles sabem, pertinentemente, que a matriz está afrouxada, dividida, se preferem. Eles procuram um meio de restabelecê-la, mas é impossível, porque esta matriz, para ser restabelecida (além das crenças da humanidade que começam já a delas se liberar), há também as manipulações ligadas às forças dos três envelopes de que já falei: ionosfera, magnetosfera, heliosfera.

Esta curvatura do espaço/tempo tornou-se possível pelas embarcações Arcônticas de ferragem magnética que o curvaram por sua dimensão. Ora, estas foram ejetadas durante o verão (inverno no hemisfério sul). Portanto, eles não podem mais recurvar o espaço/tempo. E nós, nós descurvamos de nosso lado, agora, tranquilamente e levando em consideração as reações da humanidade.

Questão: os Arcontes poderiam recomeçar a curvar em outros sistemas?

Mas, caro amigo, eles já curvaram sobre mais de 80 universos, é já enorme. Mas acabou. É o fim final agora.

A qualidade de irradiação da Fonte, em reunião com o Conclave Arcangélico, em reunião com Metatron, o príncipe dos Arcanjos, modificaram a qualidade de irradiação que fez com que não seja mais possível, agora, para esses seres, poderem curvar o espaço /tempo do mesmo modo. Terminou.

Questão: o que é do fundamento de Darwinismo, do Criacionismo?

O Darwinismo é uma gorda fraude da qual aliás se servem de resto os Arcontes, a sacrossanta evolução.

O ser humano descende do macaco, certamente. E eu, eu descendo de coqueiros. É não importa o que. É algo que está destinado a fechá-los numa visão materialista, evolucionista, mas na matéria e em nenhum outro lugar.

Quanto ao Criacionismo, não é exatamente assim que isso deve se apresentar. Mas isso nos levaria demasiadamente muito longe.

Simplesmente retenham que Darwin e Darwinismo são os mesmos lados que o Criacionismo. São os dois lados de uma mesma peça, é uma peça teatral que lhes foi vendida pelos Arcontes.

Em contrapartida, que incorporaram sua alma e uma parte de seu Espírito em corpo de macaco, isso é completamente verdadeiro. A estrutura humana foi criada e preparada há muito tempo. Há mais de 20 milhões de anos, os primeiros geneticistas de Sirius, os grandes Delfins revestidos que andavam no ar, chegaram sobre a Terra para preparar a Vida.

Preparar a Vida necessitava depositar, neste planeta, matrizes cristalinas. Essas matrizes cristalinas deviam gerar os cristais que são planos de Vida, que serviriam, a seu turno, de matriz para a organização biológica carbonada.

Lá acima, a Divina Maria, sua Mãe, de todos e nossa Mãe, veio com um contingente, desta vez, de mulheres (não havia homens, hein, como dizia o outro, não é por acaso: as mulheres são criadoras).

Essas criadoras vieram propor aos Espíritos multidimensionais, de múltiplas origens, tomar posse de um corpo biológico mas sem ficar prisioneiro desse corpo biológico, ou seja, que havia a possibilidade de não cortar a multidimensionalidade.

Esta experiência se reproduziu sobre um número considerável de universos, porque a Fonte a autorizou, porque Maria a autorizou, e a permitiu, e a criou.

E havia a possibilidade de ir entre as Dimensões as mais elevadas, até esta Dimensão a mais densa, em total liberdade, e experimentar a matéria carbonada.

Em seguida, um certo número de civilizações se desenvolveu. Hoje, vocês diriam multiétnicas, eu diria multicósmicas, porque havia seres que vinham de um pouco de toda parte.

Havia diferentes formas que estavam ligadas ao que vocês chamam, vocês aqui, os animais, mas é ainda uma ironia criada pelos Arcontes que lhes fizeram representar os animais que são, de fato, os seres os mais evoluídos da humanidade (não os animais que vocês vêem, mas a forma de seu rosto, por exemplo).

Quando há uma face de tal raça animal, vocês pensam que é um animal. Isso é uma comédia lúgrubre dos Arcontes que fizeram criar, de algum modo, essas formas animais, para gozarem, assim, desses seres que vieram de outros lugares.

Mas isso foi há várias centenas de milhares de anos. Lá, os Arcontes fecharam e curvaram o espaço/tempo e os fecharam, quer dizer, privaram-nos de sua capacidade de reencontrar sua liberdade. E eles substituiram a liberdade pelo livre arbítrio, ou seja, o combate entre o Bem e o Mal. Esse combate Bem/Mal ilustrou-se durante mais de 300.000 anos.

Foi necessário o sacrifício de Cristo (que dissolve, de algum modo, a ação/reação e substitui pela ação de Graça), e foram necessários 2.000 anos para que isso chegue a hoje, ou seja, que o ser humano, a humanidade, se desperte.

Por conseguinte, vejam vocês, é algo que é do domínio do épico, não é ?

É verdade que o mais difícil, eu creio (mesmo para o humano que quer se liberar de manipulações, de crenças, de religiões, de tudo o que o subjuga), o problema é que não são todos conscientes, longe disso, que tudo o que vocês vivem aqui não é verdade, que tudo isso é uma falsificação da Criação.

E os Arcontes lhes disseram que eram os Deuses Criadores, certamente. Eles os fizeram crer que foram eles que os criaram, vocês, e que criaram esta Dimensão, o que é arquifalso.

Então, há algo que está além: o interesse de se apresentar como Criador, é que se pode desempenhar ao mesmo tempo os dois papéis, ao mesmo tempo Deus e o Diabo, dado que é a mesma entidade. Em todos os golpes se ganha. E é o que fizeram os Arcontes.

Agora, as coisas são diferentes. Nós chegamos a uma extremidade onde, pelo o acesso à Existência, que vocês começam a viver em sua personalidade, vocês se dão conta que tudo o que lhes contaram é um disparate, que todas as religiões, sem exceção, foram manipuladas, ou criadas, por alguns dentre eles, pelos Arcontes, para mantê-los na dependência, e nada mais.

A tal ponto que, hoje, muitos seres humanos não encaram mesmo que possa existir outra coisa, mesmo nos mundos mais além. Olhem, por exemplo, a crença e a adesão da humanidade ao carma, à reencarnação. Fizeram-lhes acreditar que era o objetivo, de se reencarnar sem parar, para não mais ter que se reencarnar. É uma grande farsa.

Tudo o que existe na superfície desta Terra, mesmo o que é bonito (por exemplo a natureza, a beleza humana, a música), são apenas falsificações da verdadeira Luz.

Vocês estão num mundo, como dizem os orientais, de ilusão total. O problema é que vocês aderiram de tal modo a esta ilusão que, por isso, estão persuadidos de que é a única Verdade que existe.

E contra isso, há modelos que se construíram. Então, há os seres humanos que acreditam que têm um carma. E efetivamente, acreditando nisso, eles são submetidos a esse carma. Enquanto você crê nisso, isso lhe é submetido. E, durante esse tempo, aqueles que representam os Arcontes sobre a Terra, desde extremamente longo tempo compreenderam que não havia qualquer carma, exceto aquele em que se crê.

E é por isso que eles podem fazer o Mal sem jamais serem punidos. E eles não poderão ser punidos, por isso.

E vocês, durante esse tempo, acreditam que se fazem o Bem, vão colher o Bem. É maravilhoso, não é ?

Questão: a música pode ser igualmente «falseada», mesmo se fazemos referência a um músico tal como Johann Sebastian Bach ?

Existiram muitos músicos que estavam ligados ao que chamamos a Música das Esferas, ou seja, que está além da matriz.

Entretanto, a partir do momento em que um som existe na superfície deste planeta, a partir do momento em que vocês ouvem um pedaço de música que os transporta, obviamente que os transporta, não é falso.

Mas se vocês aceitam o princípio de que tudo é falso nesse mundo, necessariamente é falso e falsificado, mesmo as coisas as mais belas.

Quando vocês tocarem a Existência, viverão o que é a Música das Esferas. A Música das Esferas, ou Música Angélica, nada tem a ver, mesmo com concertos brandenburgueses, ou com o vôo como a Valquíria de Wagner.

Tudo isso é muito bonito mas nada tem a ver com a Música das Esferas. Estritamente nada a ver. Entretanto, isso foi suporte Vibratório para vocês. E esses suportes Vibratórios permitiram-lhes, assim mesmo, recordarem, em alqum lugar, mesmo de maneira subconsciente, de sua dimensão de Eternidade, não é ?

A música é feita para isso. A beleza da natureza também. Há, assim mesmo, em tudo o que é falso e desta ilusão, elementos que estão aí para lembrá-los de sua Essência primeira. A música faz parte disso, falsificada ou não.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Então, caros amigos, vou lhes apresentar minhas bênçãos e retornar agora para preparar nosso trabalho com os Arcanjos, às 19h (hora francesa), não é ?

E vou deixar o lugar, junto desse canal, para acompanhá-los de maneira mais direta, ao Venerado Sri Aurobindo. Eu lhes digo, quanto a mim, até muito breve, e agradeço por todas essas questões. Eu lhes dou todo meu Amor. Até breve.

______________________________
Mensagem do Venerável OMRAAM (Aïvanhov) no site francês:



***



Versão para o português: Célia G.
http://leiturasdaluz.blogspot.com/2010/01/om-aivanhov-30-de-janeiro...


Postado por Célia G.
***

TERAPIA POR REGRESSÃO



TERAPIA POR
REGRESSÃO





Está
na hora de tratar a regressão a vidas anteriores como um processo científico
abordando, acima de tudo, o seu aspecto espiritual!




É vasta a literatura a respeito de
regressão, mas há muitas cogitações sobre a veracidade dos relatos e vivências
que pessoas, tendo passado pelo processo de regressão, descreveram a respeito do
que seriam justamente essas suas vidas anteriores.




Um livro que considero importante em
terapia por regressão de nossa autoria e que virtualmente lança a terapia por
regressao (tpr) é o TERAPIA POR REGRESSÃO - TEORIA E
METODOLOGIA que é resultado de muitos anos de
pesquisa, de terapêutica e de prática de regressão a vidas anteriores, vem de
encontro a essa situação, até hoje cogitativa a respeito da regressão a vidas
anteriores e a apresenta num contexto de ciência propriamente dita.




Faltava considerar a regressão também
sob o ponto de vista espiritual.




Muitos textos análogos já mostram a
regressão como reveladora de verdades maiores que se justificam pelas vidas
anteriores mencionadas.




Assim, pessoas revivem vidas
anteriores o que é muito válido e que pondera para demonstrar que o fenômeno de
vidas anteriores é efetivamente realidade.




Esse livro tem o condão de criar
conceitos espiritualistas a respeito do processo de regressão e daquilo que dele
advém e demonstrar que a vida prossegue. E tudo isso segundo uma estrutura onde
se demonstra que a revelação pode ser absolutamente esgotativa e precisa.




"O Ser é a
matéria prima da regressão."




Vidas e intervidas são acessadas
segundo as bases do processo apresentado pelo autor.




Terapia eficientíssima, resultado da
reunião ordenada de sessões de regressão é apresentada pela primeira vez nesse
texto. As bases para a formação de terapeutas nesse importante domínio são
expostas.




A regressão é mostrada
cientificamente, inclusive com equações e princípios que utilizam uma base de
modelos, inclusive matemáticos, aplicados ao assunto, abrindo campo a outras
considerações para seu desenvolvimento.




O autor quebra paradigmas apresentando
a regressão ao falar claramente a respeito de Espírito, corpo astral,
influências externas e tantos outros aspectos que aqui são demonstrados estarem
tão freqüentemente operantes sobre nós.




Tudo repousa no não físico.



A vida é demonstrada como sequência
ininterrupta de processos em vida física e em vida desencarnada do próprio Ser.
Os princípios fundamentais dessa sequência existencial são considerados e
demonstram que o Ser é espírito revestido de corpos que esse Espírito tem que
saber conduzir e conduzir-se.




Essa terapia, que se mostra muito
eficiente, tem condição de resolver problemas profundos do hoje para qualquer um
dotado de boa vontade. Ela é apresentada aqui, com naturalidade, a partir da
exposição dos seus princípios básicos e de sua abrangência o que resulta em
explicação coerente do próprio processo da vida e, como consequência,
libertando, harmonizando e aliviando.




Dessa forma, dores físicas daquele que
sofre de males físicos bem como dores espirituais daquele que sofre de tristeza,
de saudade, de maledicência, de desânimo, de remorso, de falta de perdão, de
mágoa, de ódio, de falta de força de vontade e tantos outros aspectos, são
aliviadas e resolvidas.




Essa terapia nova e eficiente é uma
Terapia do Espírito.








Mérito importante do autor está na sua
disposição de apresentar uma terapia que parte do Espírito, resolve os aspectos
a ele associados, desde o plano sutil em todas as suas nuances e principalmente
pela conscientização, e vem daí para o físico, fazendo com que o resultado de
transmutação positiva se projete, a partir de então, para o próprio físico e
para a vida física de forma geral.




Equações aplicadas aos processos da
indução, da regressão, do efeito da terapia por regressão e outras, constituem
as bases científicas lançadas por esse livro.




Com esse livro, o processo de
regressão assume a proporção efetiva de um processo e a regressão se apresenta
como uma ciência.




Não há mais que se ficar cogitando se
o fenômeno da regressão existe e se “Vidas anteriores” existem!




Não apenas vidas anteriores são
apresentadas como realidade, mas, da mesma forma, a Grande Vida que é a
somatória de vidas e intervidas integral que constitui a sequência existencial
do próprio Ser, se mostra em sua total realidade por esse processo descortinando
todos os valores do próprio Ser e permitindo atuação efetiva no agora.




É demonstrado que todo o conteúdo
provindo de uma memória maior, que o autor indica ser a memória mental, é
perfeitamente acessável.




Esse livro traz o quanto a Regressão
de vidas revela, efetivamente, a vida.




Com o conteúdo desse livro, passamos a
ver a regressão de forma muito mais ampla do que fora apresentado até agora. Ele
demonstra que não há que se reviver apenas momentos de uma vida passada, mas
todo o contexto de vida do Ser!! Assim procedendo, as vantagens consciencias são
evidentes.




Está demonstrado que a regressão é
aplicável, com a mesma facilidade e extensão a toda uma vida anterior, à vida
que lhe precede, àquela que lhe vem em seguida, ao período intervidas anterior,
ao próximo período intervidas e até o momento atual.




Espírito, corpo astral e corpo mental
em interação com o corpo físico da vida atual, são absoluta realidade e esse
livro os apresenta integradamente. Dessa forma, a solução de aspectos no agora,
inclusive do físico, são conseguidas por que a regressão permite conscientização
e descarga emocional liberando a pessoa, como Ser, com relação a resquícios
pelos quais tenha passado outrora, embora com outra roupagem, e que, a partir
dessa conscientização, são sanados.




A regressão é reveladora do espírito
independente de qualquer conotação religiosa !




A nós está apresentado um instrumento
de terceiro milênio na forma do processo da regressão.




Saibamos
utilizá-lo sabiamente.




A obra do autor, da qual esse livro é
importante pilar, repousa sobre uma filosofia abrangente denominada Consciencismo e que, por si só, é ampliação dos conteúdos
principais de diversas escolas espiritualistas, sem restrições. Algumas das
bases matemáticas do consciencismo são apresentadas ao lado dos princípios
gerais dessa própria filosofia, também em outros textos do autor.




Aqui, processos de eliminação de
manchas do corpo astral, de códigos do corpo mental e que sejam de conotação
negativa bem como processos de interferência astral (obsessão) são apresentados
lado a lado com assédios advindos de Seres Extraterrenos menos elucidados como
os modernos “grays” e a tpr trata todos esses processos de forma natural em seu
contexto terapêutico.




Uns terão mais facilidade de acolhida
à filosofia apresentada nesse livro, outros a verão com dificuldade talvez, mas
é inegável que todos perceberão o quanto “a regressão revela a vida.”




Vida é o desafio. Consciência é a
conquista. Deus e o Universo são a meta.

SEJA BEM VINDO AO NAMASTÊ



OLÁ PESSOAL!!

ESPERO QUE VOCÊS ENCONTREM OS ASSUNTOS QUE PROCURAM E POSSAM AJUDÁ-LOS DE ALGUMA MANEIRA, POIS ESSE SITE FOI FEITO PARA TODOS NÓS ,QUE BUSCAMOS CONHECIMENTOS E SABEDORIA PARA PODERMOS ESTARMOS EM SINTONIA COM A NOVA ERA !
BOM DIVERTIMENTO À TODOS!!

NAMASTÊ

Only Message Esoteric Here!!

DEARS BROTHERS AND SISTERS!! Each day come and take a few minutes of your attention and emanation of light to Gaia and so we have a stream of people pouring love and light to all mankind and Gaia! Only write in this box and know that every brother participates and the number of people sending their energy for our beloved planet! Kisses in the heart of each brother, lightworker! OR COMMENTS OF POSTS HERE! NAMASTE-NOVAERA

TESTE PSICOLÓGICO JAPONÊS

IMPRESSIONANTE TESTE PSICOLÓGICO JAPONÊS. Clique aqui: http://www.ociocriativo.com.br/trivias/pub/teste1.htm http://www.ociocriativo.com.br/trivias/pub/teste1.htm

PARTICIPE DESSE MOMENTO DE ORAÇÃO

PARTICIPE DESSE MOMENTO DE ORAÇÃO

Like -FACEBOOK

AMADA MARIA E JESUS CRISTO

Ocorreu um erro neste gadget