RETORNO

AMADOS! DEPOIS DE UMA PARADA ,RETORNAMOS REVIGORADOS E CADA VEZ MAIS CERTOS EM CONTINUARMOS NOSSA APRENDIZAGEM.NESSE PERÍODO SOMENTE FORAM POSTADOS MENSAGENS EM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK,NA QUAL PARTILHAMOS ASSUNTOS TÃO RELEVANTES NESSE MOMENTO DE TRANSIÇÃO!VAMOS EM FRENTE QUERIDOS EM NOSSA CAMINHADA COM AMOR ,LUZ,FÉ E DEUS EM NOSSOS CORAÇÕES! NAMASTE

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

VALE A PENA LER DE NOVO - METATRON - REVEJAM SUAS CONDUTAS INTERNAS E TRANSFORMEM-SE

VALE A PENA LER DE NOVO - METATRON - REVEJAM SUAS CONDUTAS INTERNAS E TRANSFORMEM-SE


REVEJAM SUAS CONDUTAS INTERNAS E TRANSFORMEM-SE
Mensagem de Metatron
Canalização de Sandra M. Luz
06/12/2012

(Mensagem postada no Blog em Dezembro de 2012)


Amados, EU SOU Metatron.

Envolvo a todos e ao Universo com minha energia neste instante.

A mente humana a todo instante busca informações, mas estas informações só cumprem sua função divina, quando ela transforma, cria mudanças internas.

Uma infinidade de informações está sendo disponibilizadas, para que tenham consciência da importância do momento que vivenciam e da necessidade de mudarem suas consciências.

Muitos seres ainda estão ávidos apenas por informações. Iniciam seu dia buscando informações novas fora deles, mas desconhecem as informações mais importantes que estão dentro de si.

Outros ficam maravilhados com o que ouvem e leem e também com algumas energias que recebem.

Mas vocês podem muita mais que isto...

Não enviamos energias para que apenas se deleitem por alguns instantes, mas sim para que façam uma profunda transformação interna para avistarem dimensões mais elevadas.

O grande objetivo de suas jornadas é a evolução. E para que este processo ocorra é preciso caminhar para frente, trazer a cada instante de suas existências; energias, orientações que permitam caminhar por estradas mais seguras.

E então meus queridos todos vocês precisam caminhar para frente.

O despertar de suas consciências trazem a lembrança de suas missões divinas e da importância de serem cumpridas.

A todo instante estamos provando que estamos a um passo de seus pensamentos, e que desejamos ajuda-los.

Mas vocês ainda não fortaleceram a confiança, a fé em si, pois ainda colocam suas vidas na mão de alguém, ou mesmo do Criador e da hierarquia divina, e esperam que tudo seja feito por eles.

Se o objetivo é a evolução cabe a vocês busca-la e usa-la com sabedoria, confiança, coragem e fé.

Em tempo algum houve tanto envio de energia como o que vocês estão presenciando.

Isto identifica a importância deste momento, que permite a vocês e a seu planeta a oportunidade de ascensão, oportunidade esta que só retornará daqui a muitos anos.

Vocês desejaram isto, participar deste momento e foram devidamente trabalhados, para que hoje pudessem despertar e ajudar outros a despertar também.

Precisam urgentemente romper a barreira do medo, da descrença e assumirem seus postos, direcionando outros que estão à espera para serem despertados.

Vocês tem o poder de ensinar, conduzir e transformar tudo a sua volta e é preciso que usem seus poderes divinos através de seu chacra cardíaco.

Compreendam que os desequilíbrios que vivenciam internamente e externamente podem ser minimizados ou potencializados se vocês não fizerem a sua parte.

Muitos trabalhadores da luz receberam tarefas bastante complexas e necessitam de que outros também os auxiliem, entretanto ainda ocorre através daqueles já despertos uma necessidade de troca dificultando o trabalho a ser realizado.

A humanidade e seu planeta necessitam serem curados e para isto é necessário à união de todos. Quanto mais se unirem no amor e na luz, mais fluirá facilmente tudo em suas vidas porque este é o processo, tudo caminhar para frente.

Revejam suas condutas internas e transformem-se.

E é isto que compartilho com todos neste instante.

Deixo muita Luz e Amor em seus corações.


http://stelalecocq.blogspot.com/2013/10/vale-pena-ler-de-novo-metatron-revejam.html
É permitido compartilhar esta mensagem em sites e blogs desde que 
sejam respeita o texto original e os créditos ao autor.
sandramluz2010.blogspot.com
nososarcturianos.blogspot.com.br
sandramluz2011@gmail.com
Mensagem enviada por Sandra M Luz
Grata Sandra!

LUZ!
STELA

OS COMPANHEIROS CONSTANTES - A HISTORIA DA CRIAÇÃO - PARTE 3

OS COMPANHEIROS CONSTANTES - A HISTORIA DA CRIAÇÃO - PARTE 3


OS COMPANHEIROS CONSTANTES 
A HISTORIA DA CRIAÇÃO - PARTE 3
Canal: Aisha North
13.10.2013


Parte 1 aqui
Parte 2 aqui


Como sabe, as ações dos átomos não são aleatórias. Desde o início, todos foram pré-programados para exibirem características diferentes e como tal, se comportam de sua própria maneira distinta. Pré-programados desde o início, de modo a poderem adotar funções que lhes foram dadas. De fato este é o verdadeiro segredo por trás da aparência da massa, que não é nada, apenas uma névoa cintilante de partículas coalescentes de tal forma que parecem se conformar em um objeto sólido.

Todos são compostos por diferentes unidades destes pequenos operadores já ocupados de luz e energia, todos trabalhando em uníssono para formar um ser chamado "Aisha" ou "Pedro", ou o que quer que sejam. Pequenos operadores que também estão ocupados na formação de outros objetos tais como "pedra", "cadeira" ou "árvore" e todas as coisas que existem, sejam ou não de seu conhecimento.

E assim é com tudo, pois nada existe por acaso, programado para agir de uma determinada maneira. Sim, de fato estamos falando aqui do "deus da máquina", a força por trás das chamadas forças naturais e também por trás das chamadas leis da física e tudo o mais. Tudo isso de volta para uma única coisa, um único operador, a força dominante por trás de tudo, ou seja, a voz inconfundível do Criador. E, como sabe, você também é parte desta voz, assim como um produto dela, numa dualidade onde toda essa criação repousa.

Por isso, vamos continuar nosso relato sobre os outros lados da Criação. Como estávamos dizendo, tudo é regido por uma única voz, uma voz que assume um número infinito de vozes, uma vez que pode ser dividida em seus componentes, ou melhor, frações do que criou. Embora possa soar como a receita para o caos, de fato é a única receita para a criação.

Tudo o que precisa é ser capaz de se comunicar com todo o resto e, dessa forma, realmente um coro celestial de vozes, todos chamando uns aos outros e divulgando seus segredos. Como não há segredos na criação, toda partícula, cada fração única da mesma está a par de que todas outras estão fazendo.

Assim, também é você, ou melhor, partículas únicas e minúsculas que juntas formam o que chamamos de VOCÊ, ou seja, o seu veículo físico. Neste veículo físico, parte real e tangível que foi construído por estas peças desse mar de possibilidades, todas as entidades individuais se comportam tanto como espécimes singulares, todavia também como um objeto coerente.

Está de fato caminhado dentro de uma nuvem de entidades espirituais únicas, unindo-se para formar um único ente espiritual e como tal, talvez possa pensar no fato de não se desintegrar naquelas unidades individuais a qualquer momento. Bem, vamos apenas dizer que você faz isso em intervalos regulares, todavia esse é assunto para outra ocasião, quando voltarmos a êle.

Voltando para a história principal, onde de fato estávamos discutindo a dualidade, as frações que geram atrito e os blocos de construção que na voz do Criador transformam propostas em matéria é o resultado final. É realmente a porção, a quantidade que está neste ambiente.

Seu corpo, este veículo de carne que ao mesmo tempo é a voz, o concorrente, aquele que fez tudo acontecer. Então vê e caminha como um comprovante da criação da vida e que está aqui para mostrar isso para o resto dos habitantes deste mundo.

Como dissemos, você é realmente a vida, a respiração, o exemplo dessa dualidade. Dualidade que é necessária para criar o atrito necessário para criar. Criação é o que acontece quando diferentes lados colidem e, neste caso, é energia e consciência. E, assim como um molusco que precisa do pequeno grão de areia para criar a pérola, o fantasma da consciência precisa se esfregar contra uma forma menos intangível de energia, a fim de criar massa.

É assim que você é. A voz, o sussurro que a voz insistente fala para se tornar a partir do mar de possibilidades, embora também seja o que foi criado a partir desse mar de possibilidades por milhões e milhões de partículas obedientes que se juntam, de modo a formar um todo, em que possa residir.

É uma parte vital e vibrante desta mágica em todos os sentidos, embora também seja a magia, o único que faz a mágica acontecer. Que agora veio a ser o que pediu este segredo com o resto dos deuses criadores correndo por aí e sem saber, compartilhar este planeta em sua companhia.

Porque, como dissemos anteriormente, você que já conhece o segredo, deixará aqueles que ainda não conhecem saberem e, então, tudo tomará um rumo totalmente novo à medida que começam novamente do zero, recriando-se, subsidiando a recriação de todo este planeta.

Este é um grande ciclo de criação e destruição, de montagem e separação e agora, o tempo para a desmontagem completa de todos os modelos antigos e desatualizados está se aproximando rapidamente. Pode soar dramático, e é claro que é, mas é tudo parte da renovação de tudo em andamento.

Tudo sob o sol e além é constantemente relançado, evolui, cresce e se desenvolve por meio da aprendizagem, assim, como "modelo deste ano" que acabará por ser obsoleto, substituído por um novo com mais potência.

Não queremos dizer que algo como uma destruição em massa ou a eliminação completa de toda a humanidade vá acontecer, simplesmente nos referimos a essas partículas constituintes de vocês, bilhões e bilhões que têm servido a todos muito bem, mas que agora estão sendo substituídas num ritmo cada vez mais rápido.

Está de fato se tornando novo, será completamente remodelado de dentro para fora, partícula por partícula, átomo por átomo, célula por célula. Células que não serão substituídas por meras cópias de si mesmas. Serão substituídos por cópias muito mais avançadas de si mesmos, de modo que estarão se tornando algo muito novo, algo até agora não criado e por isso, transformando-se em uma marca, uma nova espécie anterior a nossa - a sua – muito apreciada, da qual não temos inveja de terem a chance de ser o centro de tudo isso.

São únicos tornando-se o novo, o intocado, o inexperiente, o território virgem que agora terá incontáveis possibilidades, pronta para prosperar em todos os sentidos neste novo ambiente energético posto em prática, a fim de tornar a sua condição de vida como novos seres ideais. São apenas os primeiros de um verdadeiro exército de uma nova espécie, a humanidade versão 2.0, totalmente reformulada, a fim de renovar inteiramente este ambiente.

Estão aqui para jogarem os jogos da paz, que darão uma nova luz para aprenderem a viver pelo amor da palavra. Não o que tem feito, acostumado em sua velha forma. Na velha aprendizagem, vivendo sob um jugo sobreposto de medo, um jugo que agora foi desmantelado a tal ponto que perdeu seus poderes sobre você.

E assim, os convidamos para sentarem-se, reconectados com o novo você e confiar em nós quando dizemos que não existe uma única parte que não seja desmontada e ressuscitada de tal forma, que por muito tempo realmente vá precisar de verdadeiramente sentir-se completamente em casa novamente.

VOCÊ é a voz da consciência, o criador que sussurrou a si ou ela mesma ao ser perguntado sobre mar de possibilidades de configurá-lo com este veículo formidável. É também quem pediu esta nova chance de se reeducar para ser equipado com este novo veículo do qual está se construindo. 

Dessa forma, é o criador de si mesmo, todavia também é uma casa de hóspedes e como tal, pedimos para tratarem-se com o máximo respeito, pois certamente merecem cada pequena fração única de que são.


http://stelalecocq.blogspot.com/2013/10/os-companheiros-constantes-historia-da_14.html
Aisha North – Channelingsand Words of Inspiration
Tradução: Cândido Pedro Jorge 
Fonte: Sementes das Estrelas

LUZ!
STELA

CONSCIÊNCIA CRÍSTICA

CONSCIÊNCIA CRÍSTICA


CONSCIÊNCIA CRÍSTICA
Bashar
através de Darryl Anka


Iniciaremos esta interação, esta comunicação, neste dia de seu tempo, mais uma vez agradecendo a cada um individualmente e a todos coletivamente por nos permitir esta oportunidade de nos comunicarmos com sua civilização desta maneira, nesta ocasião.

Sempre estas comunicações são uma expansão, uma expansão de nossa consciência do universo, no sentido em que conseguimos ver, através de vocês, muito mais maneiras diferentes que o universo tem de expressar-se a si mesmo devido às qualidades únicas de vocês. Isso para nós é uma dádiva.

Nós os agradecemos por compartilhar isso e gostaríamos de começar esta comunicação neste dia de seu tempo, com o seguinte conceito. Reconhecemos que, ao canalizarmos ou ao nos comunicarmos através de um lugar em particular de seu planeta nesta ocasião, a facilidade especial pela qual vocês estão tendo esta sessão tem a ver com os conceitos de uma consciência em seu planeta, chamada de consciência crística.

Gostaríamos de comentar um pouco mais sobre essa ideia neste tempo, de acordo com o espírito do lugar e com o tempo e a energia dentro dos quais vocês estão.

Em primeiro lugar, de maneira nenhuma queremos dizer, ao falar de consciência crística, como vocês a chamam, que ela é em algum grau para ser considerada como mais ou melhor do que qualquer outra maneira de pensar.

Vocês descobrirão que de nossa perspectiva, aquilo que vocês chamam de consciência crística teve, tem e terá muitas diferentes espécies de manifestações em seu planeta. A consciência crística e a natureza de Buda são as mesmas energias, a mesma consciência.

De fato, aquilo que vocês reconhecem como consciência crística manifestou-se e encarnou-se em seu planeta de muitas maneiras diferentes e sob diferentes formas. Em sua definição fundamental o que vocês chamam de consciência crística ou natureza de Buda é simplesmente oespírito coletivo do mundo, de todas as suas consciências combinadas.

Portanto, vocês também são consciência crística, natureza de Buda, o Grande Espírito, nesse sentido.

Como muitos de vocês estão começando a perceber, o conceito total não é tanto o conceito religioso da consciência crística, mas o despertar do espírito de unicidade, o espírito de amor, o espírito de criatividade dentro de cada um e de todos vocês. Esta é a chamada Segunda Vinda.

É claro que não é a segunda, pois isso já aconteceu muitas vezes. Isso foi apresentado a vocês e refletido para vocês de muitas maneiras e estilos diferentes daquilo que vocês chamam de origem das religiões em seu planeta, embora o que vocês chamam de religião em seu planeta nunca tenha sido a intenção de nenhum daqueles nos quais essas religiões foram baseadas.

O que vocês chamam de Jesus, o que chamam de Buda, o que chamam de Krishna, o que chamam de Wahoca, o que chamam de Maomé e todos os outros a que quiserem dar nome — nunca tiveram a intenção de começar o que vocês agora têm em seu planeta sob o formato de uma religião.

Eles nunca esperaram seguidores. Estavam dizendo a cada um de vocês que poderiam ser o mesmo que eles, ser como eles, agir da sua maneira. A frase "Eu Sou o caminho" simplesmente significa "Sejam assim" e estarão refletindo a mesma energia, a mesma consciência, a mesma ideia. Não significa seguir. Não significa criar um ritual em torno deles. Significa que vocês são um, que todos podem fazer as mesmas coisas.

Isso foi dito, na realidade, literalmente por muitos desses grandes instrutores de seu planeta. Mas, é claro que, devido a certos tipos de pensamentos de separação, de limitação e de crenças negativas, muitos de vocês sentem que não merecem reconhecer essa chama dentro de vocês, essa energia dentro de vocês, essa luz dentro de vocês.

Portanto, vocês se segregam desses ensinamentos, colocando-os em um pedestal mais alto do que aquele onde se colocam; não se consideram iguais a eles e assim criam rituais em torno deles, simplesmente agindo como seguidores em vez de fazedores, que é o que eles queriam partilhar com vocês, entregar a vocês — que vocês são tudo, nesse sentido, capazes de manifestar tudo, até mais do que eles manifestaram em seu planeta, cada um deles em especial.

Reconheçam que uma das razões pelas quais vocês têm em seu planeta essa assim chamada era transformacional, Nova Era, seja como for que desejem chamá-la, é que há um novo reconhecimento, um novo despertar de vocês.

Esse despertar é uma compreensão que não é sobre seguir alguém ou sobre rituais, mas sobre ser uno, sobre agir como se soubessem que são a Consciência Crística, a natureza de Buda, o espírito de Krishna.

O que vocês chamam de Deus, o que chamamos de Tudo Que Existe, o Infinito, como o quiserem chamar não importa, porque tudo é verdade. Lembrem-se de que quando falam sobre a ideia de alguma coisa ser onipotente, então ela é tudo o que pode ser e tudo o que vocês podem possivelmente imaginar ser; todas as representações são verdadeiras. Se fosse menos, então não haveria o Tudo Que Existe por definição.

Dessa forma, vocês podem chegar até ela a partir de qualquer número de diferentes caminhos, mas simplesmente reconheçam que são uma parte dela, que ela é uma parte de vocês. Vocês são simplesmente uma expressão diferente dela. Não estão separados dela. Ela não está separada de vocês. É tudo um único acontecimento energético, embora possa haver diferenciação e diversificação dentro dele, o que é belo em si.

É no reforço dessa individualidade que vocês verão a maior unidade e harmonia aparecerem em seu planeta. Pois vocês não podem ter verdadeira harmonia se não tiverem força em cada um dos componentes individuais, de maneira que cada um representa a si mesmo como é na verdade, como foi na verdade criado para ser.

Cada um de vocês é único por uma razão. A unidade não significa que vocês devam se tornar homogêneos e perder suas características identificadoras. Não. Significa que cada um de vocês tem que ser forte o suficiente dentro de si mesmo para respeitar sua individualidade ao máximo e respeitar todas os outros reflexos individuais do Infinito. Porque eles são todos reflexos do Infinito, e se eles realmente existem, eles têm uma razão para existir. Se não houvesse nenhuma razão para existirem, se eles não fossem aspectos do Infinito, eles não poderiam, por definição, existir.

A ideia que iremos discutir com vocês esta noite, não importa que tipo de questionamentos vocês tenham, é fundamentalmente sua capacidade de reconhecer e de se tornar mais cônscios do conceito de que vocês são seres auto-capacitados que têm assegurada a ideia única, como todos os seres têm, da livre escolha e da escolha de serem seus eus próprios, completos.

Não o que os outros dizem que devem ser, mas seu eu próprio verdadeiro, completo, com excitamento, com integridade, com alinhamento, intenção e ação. Ao escolher assim, vocês se tornam sua peça única do quebra-cabeça que, quando colocada junto às outras peças únicas, formará impecavelmente a figura inteira do infinito Tudo Que Existe.

Somente sendo essa peça inteira é que vocês poderão preencher o pedaço que é a forma de sua peça em especial. Se vocês tentarem ser uma peça de quebra-cabeça que não são, não preencherão aquele pedaço e não ajudarão a criar a figura completa.

Tentar ser alguém que não são, só porque alguém diz que vocês têm que ser isso ou aquilo, é a coisa mais difícil que podem fazer. Toda a dor, sofrimento e resistência que vocês experienciam em sua vida, vem do tentar ser alguém que não são.

Ser quem realmente são, ao agir em sua alegria, seu excitamento, seu amor, com integridade, alinhamento, intenção e ação, acabará na verdade por ser a coisa mais fácil que podem fazer, porque então tudo o que o universo terá que fazer é ajudar a ideia de vocês em sua maneira criada originalmente, em vez da ideia de vocês como algo que realmente não são.

Fundamentalmente, tudo o que experienciam sobre si mesmos é em algum sentido vocês, porque vocês são também um aspecto do Infinito. Mas, cada um de vocês têm uma ressonância, uma freqüência, uma vibração que é sua canção única. Sejam verdadeiros para essa canção. Cantem essa canção, e haverá um grande coro e harmonia em seu planeta. É simples, se vocês permitirem que seja.

Nós os agradecemos por nos permitir partilhar nesta ocasião estes pensamentos e reflexões. Queremos lembrar-lhes que estas são somente nossas perspectivas, conforme vemos seu mundo e vocês, de que vocês podem fazer estas coisas, se decidirem fazê-las. Mas, nunca lhes diremos o que fazer. É o seu planeta. Afinal, temos nossas próprias vidas para viver, nosso próprio planeta para cuidar. Não queremos o seu, muito obrigado.

Mas, em troca da dádiva que nos fizeram esta noite, ao permitir que nos comunicássemos desta forma nesta ocasião, peço-lhes agora, de que maneira poderemos ajudá-los? Vocês podem começar.

Eu posso agir muito logicamente: se fizer isso e aquilo, este será o resultado. Se não for o resultado, então posso ajustar meu pensamento e me movimentar para a coisa seguinte. O que não estou integrando são os sentimentos conectados com desapontamento ou humilhação que isso causou.

Qual é a relação entre emoções e sentimentos, e pensamento lógico, e de que maneira isso se relaciona com viver de maneira espiritual?

Quando algo acontece que não seja de acordo com o plano, sei que tudo irá dar certo, e que acabará se realizando, portanto é fácil para mim movimentar-me a partir daquele momento para o segundo seguinte e continuar até a próxima coisa. Mas, de alguma forma, estou ficando paralisado por não reconhecer nem lidar com as emoções.

A analogia do elevador

Vocês estão basicamente simplesmente carregando a bagagem da expectativa com vocês, naquilo que estão fazendo. A ideia é que sim, vocês podem ter um objetivo, mas existem muitas maneiras surpreendentes de poderem atingi-lo, além daquela que seu pensamento é capaz de compreender.

Portanto, a ideia é, sim, vocês podem ter um plano ou um caminho, vocês podem ter uma estrutura geral que acreditam que irão seguir, mas se não chegarem à fruição precisa exatamente daquela forma, isso quer dizer que existe algo talvez maior, mais rico e mais surpreendente do que sua mente é capaz de atingir.

Quando perceberem isso, naquele momento vocês farão com que não seja percebido como um erro ou um desapontamento, mas que vocês de repente serão elevados a um nível inesperado de clareza. Vocês permitirão a si mesmos serem surpreendidos e inspirados, serem emocionados e abalados, e sua curiosidade se tornará viva e dirá: "Isso não foi como o esperado, portanto alguma coisa maior está para acontecer."

Esse estado os elevará para ver o caminho mais claro, a figura maior. Vocês podem apertar o botão e tomar o elevador tanto para cima como para baixo. Quando chegarem no fim de um corredor, não esperem um elevador, mas é sua a escolha do caminho a seguir.

Só porque não esperaram o elevador não significa que tenham que descer até o porão e se lastimar: "Oh, existe um elevador! Isso significa que o único caminho que posso seguir é para baixo."

Os elevadores também vão para cima. (Às vezes eles vão lado a lado, mas isso não chegamos a compreender!) A ideia é que, simplesmente, à chegada de um elevador inesperado, vocês têm uma escolha entre os botões para subir e para descer. Escolham o que preferirem. Aceitem reconhecer que nunca é uma interrupção, nunca um bloqueio, mas uma flecha apontando para uma direção inesperada, possivelmente plena de muito mais do que vocês estavam imaginando.

Então, vocês se emocionarão, serão iluminados e também lhes será permitido ver a figura maior por sua própria escolha, porque tomarão o elevador sempre para cima, para o terraço, de onde há uma bela vista da ideia inteira. Será que isso os ajuda?

Certamente que sim.

É realmente uma forma de responder a sua vida, em vez de reagir a ela.

Negar a emoção...

Não, não. Vocês aceitam reconhecer que se escolherem sentir de determinada maneira, precisam permanecer naquele sentimento a fim de compreender o que o sentimento está lhes mostrando sobre suas crenças. Sentimentos são sempre reações ou respostas a crenças.

A crença está ali primeiro, portanto se vocês têm um sentimento negativo ou um sentimento que não preferem, isso é uma reação a alguma coisa que vocês acreditam ser verdadeira. O sentimento os coloca frente a frente com o fato de que vocês têm essa crença.

Se não preferirem o sentimento, se não preferirem a crença, essa é uma oportunidade para se examinarem, para descobrir que bagagem de expectativas vocês estiveram carregando, e se não a preferirem, podem deixá-la cair e pegarem uma nova bagagem.

Usem o sentimento como uma oportunidade. Nunca evitem o sentimento, fiquem com ele. O sentimento está ali para mostrar-lhes o que precisam compreender sobre si mesmos, de maneira que, ao compreendê-lo, vocês possam transmutar o sentimento. Vocês não se livram de sentimentos, vocês os mudam.

Vocês têm apenas uma única energia com a qual trabalhar, é isso.

Todas as coisas que vocês sentem, todas as coisas que fazem ou todas as coisas que pensam, são a mesma energia única. Vocês podem apenas mudá-la de uma coisa para outra. Não podem livrar-se dela ou varrê-la para debaixo do tapete; precisam ficar dentro dela e deixar que ela lhes mostre o que está lá. Não a neguem. Então, ela lhes ensinará.

Vocês atravessarão o processo e serão [iluminados] por ele. Ganharão mais prática em compreender que seus sentimentos estão aí para ajudá-los, e terão menos reação e mais resposta a eles. Então eles, lentamente mas com certeza — ou rapidamente e com certeza — se transformarão de sentimentos negativos em sentimentos positivos em sua vida.

Isso ajuda a esclarecer a situação para vocês?

Sim, ajuda.


http://stelalecocq.blogspot.com/2013/10/consciencia-cristica.html

LUZ!
STELA

CONSCIÊNCIA CRÍSTICA CONSCIÊNCIA CRÍSTICA Bashar através de Darryl Anka Iniciaremos esta interação, esta comunicação, neste dia de seu tempo, mais uma vez agradecendo a cada um individualmente e a todos coletivamente por nos permitir esta oportunidade de nos comunicarmos com sua civilização desta maneira, nesta ocasião. Sempre estas comunicações são uma expansão, uma expansão de nossa consciência do universo, no sentido em que conseguimos ver, através de vocês, muito mais maneiras diferentes que o universo tem de expressar-se a si mesmo devido às qualidades únicas de vocês. Isso para nós é uma dádiva. Nós os agradecemos por compartilhar isso e gostaríamos de começar esta comunicação neste dia de seu tempo, com o seguinte conceito. Reconhecemos que, ao canalizarmos ou ao nos comunicarmos através de um lugar em particular de seu planeta nesta ocasião, a facilidade especial pela qual vocês estão tendo esta sessão tem a ver com os conceitos de uma consciência em seu planeta, chamada de consciência crística. Gostaríamos de comentar um pouco mais sobre essa ideia neste tempo, de acordo com o espírito do lugar e com o tempo e a energia dentro dos quais vocês estão. Em primeiro lugar, de maneira nenhuma queremos dizer, ao falar de consciência crística, como vocês a chamam, que ela é em algum grau para ser considerada como mais ou melhor do que qualquer outra maneira de pensar. Vocês descobrirão que de nossa perspectiva, aquilo que vocês chamam de consciência crística teve, tem e terá muitas diferentes espécies de manifestações em seu planeta. A consciência crística e a natureza de Buda são as mesmas energias, a mesma consciência. De fato, aquilo que vocês reconhecem como consciência crística manifestou-se e encarnou-se em seu planeta de muitas maneiras diferentes e sob diferentes formas. Em sua definição fundamental o que vocês chamam de consciência crística ou natureza de Buda é simplesmente o espírito coletivo do mundo, de todas as suas consciências combinadas. Portanto, vocês também são consciência crística, natureza de Buda, o Grande Espírito, nesse sentido. Como muitos de vocês estão começando a perceber, o conceito total não é tanto o conceito religioso da consciência crística, mas o despertar do espírito de unicidade, o espírito de amor, o espírito de criatividade dentro de cada um e de todos vocês. Esta é a chamada Segunda Vinda. É claro que não é a segunda, pois isso já aconteceu muitas vezes. Isso foi apresentado a vocês e refletido para vocês de muitas maneiras e estilos diferentes daquilo que vocês chamam de origem das religiões em seu planeta, embora o que vocês chamam de religião em seu planeta nunca tenha sido a intenção de nenhum daqueles nos quais essas religiões foram baseadas. O que vocês chamam de Jesus, o que chamam de Buda, o que chamam de Krishna, o que chamam de Wahoca, o que chamam de Maomé e todos os outros a que quiserem dar nome — nunca tiveram a intenção de começar o que vocês agora têm em seu planeta sob o formato de uma religião. Eles nunca esperaram seguidores. Estavam dizendo a cada um de vocês que poderiam ser o mesmo que eles, ser como eles, agir da sua maneira. A frase "Eu Sou o caminho" simplesmente significa "Sejam assim" e estarão refletindo a mesma energia, a mesma consciência, a mesma ideia. Não significa seguir. Não significa criar um ritual em torno deles. Significa que vocês são um, que todos podem fazer as mesmas coisas. Isso foi dito, na realidade, literalmente por muitos desses grandes instrutores de seu planeta. Mas, é claro que, devido a certos tipos de pensamentos de separação, de limitação e de crenças negativas, muitos de vocês sentem que não merecem reconhecer essa chama dentro de vocês, essa energia dentro de vocês, essa luz dentro de vocês. Portanto, vocês se segregam desses ensinamentos, colocando-os em um pedestal mais alto do que aquele onde se colocam; não se consideram iguais a eles e assim criam rituais em torno deles, simplesmente agindo como seguidores em vez de fazedores, que é o que eles queriam partilhar com vocês, entregar a vocês — que vocês são tudo, nesse sentido, capazes de manifestar tudo, até mais do que eles manifestaram em seu planeta, cada um deles em especial. Reconheçam que uma das razões pelas quais vocês têm em seu planeta essa assim chamada era transformacional, Nova Era, seja como for que desejem chamá-la, é que há um novo reconhecimento, um novo despertar de vocês. Esse despertar é uma compreensão que não é sobre seguir alguém ou sobre rituais, mas sobre ser uno, sobre agir como se soubessem que são a Consciência Crística, a natureza de Buda, o espírito de Krishna. O que vocês chamam de Deus, o que chamamos de Tudo Que Existe, o Infinito, como o quiserem chamar não importa, porque tudo é verdade. Lembrem-se de que quando falam sobre a ideia de alguma coisa ser onipotente, então ela é tudo o que pode ser e tudo o que vocês podem possivelmente imaginar ser; todas as representações são verdadeiras. Se fosse menos, então não haveria o Tudo Que Existe por definição. Dessa forma, vocês podem chegar até ela a partir de qualquer número de diferentes caminhos, mas simplesmente reconheçam que são uma parte dela, que ela é uma parte de vocês. Vocês são simplesmente uma expressão diferente dela. Não estão separados dela. Ela não está separada de vocês. É tudo um único acontecimento energético, embora possa haver diferenciação e diversificação dentro dele, o que é belo em si. É no reforço dessa individualidade que vocês verão a maior unidade e harmonia aparecerem em seu planeta. Pois vocês não podem ter verdadeira harmonia se não tiverem força em cada um dos componentes individuais, de maneira que cada um representa a si mesmo como é na verdade, como foi na verdade criado para ser. Cada um de vocês é único por uma razão. A unidade não significa que vocês devam se tornar homogêneos e perder suas características identificadoras. Não. Significa que cada um de vocês tem que ser forte o suficiente dentro de si mesmo para respeitar sua individualidade ao máximo e respeitar todas os outros reflexos individuais do Infinito. Porque eles são todos reflexos do Infinito, e se eles realmente existem, eles têm uma razão para existir. Se não houvesse nenhuma razão para existirem, se eles não fossem aspectos do Infinito, eles não poderiam, por definição, existir. A ideia que iremos discutir com vocês esta noite, não importa que tipo de questionamentos vocês tenham, é fundamentalmente sua capacidade de reconhecer e de se tornar mais cônscios do conceito de que vocês são seres auto-capacitados que têm assegurada a ideia única, como todos os seres têm, da livre escolha e da escolha de serem seus eus próprios, completos. Não o que os outros dizem que devem ser, mas seu eu próprio verdadeiro, completo, com excitamento, com integridade, com alinhamento, intenção e ação. Ao escolher assim, vocês se tornam sua peça única do quebra-cabeça que, quando colocada junto às outras peças únicas, formará impecavelmente a figura inteira do infinito Tudo Que Existe. Somente sendo essa peça inteira é que vocês poderão preencher o pedaço que é a forma de sua peça em especial. Se vocês tentarem ser uma peça de quebra-cabeça que não são, não preencherão aquele pedaço e não ajudarão a criar a figura completa. Tentar ser alguém que não são, só porque alguém diz que vocês têm que ser isso ou aquilo, é a coisa mais difícil que podem fazer. Toda a dor, sofrimento e resistência que vocês experienciam em sua vida, vem do tentar ser alguém que não são. Ser quem realmente são, ao agir em sua alegria, seu excitamento, seu amor, com integridade, alinhamento, intenção e ação, acabará na verdade por ser a coisa mais fácil que podem fazer, porque então tudo o que o universo terá que fazer é ajudar a ideia de vocês em sua maneira criada originalmente, em vez da ideia de vocês como algo que realmente não são. Fundamentalmente, tudo o que experienciam sobre si mesmos é em algum sentido vocês, porque vocês são também um aspecto do Infinito. Mas, cada um de vocês têm uma ressonância, uma freqüência, uma vibração que é sua canção única. Sejam verdadeiros para essa canção. Cantem essa canção, e haverá um grande coro e harmonia em seu planeta. É simples, se vocês permitirem que seja. Nós os agradecemos por nos permitir partilhar nesta ocasião estes pensamentos e reflexões. Queremos lembrar-lhes que estas são somente nossas perspectivas, conforme vemos seu mundo e vocês, de que vocês podem fazer estas coisas, se decidirem fazê-las. Mas, nunca lhes diremos o que fazer. É o seu planeta. Afinal, temos nossas próprias vidas para viver, nosso próprio planeta para cuidar. Não queremos o seu, muito obrigado. Mas, em troca da dádiva que nos fizeram esta noite, ao permitir que nos comunicássemos desta forma nesta ocasião, peço-lhes agora, de que maneira poderemos ajudá-los? Vocês podem começar. Eu posso agir muito logicamente: se fizer isso e aquilo, este será o resultado. Se não for o resultado, então posso ajustar meu pensamento e me movimentar para a coisa seguinte. O que não estou integrando são os sentimentos conectados com desapontamento ou humilhação que isso causou. Qual é a relação entre emoções e sentimentos, e pensamento lógico, e de que maneira isso se relaciona com viver de maneira espiritual? Quando algo acontece que não seja de acordo com o plano, sei que tudo irá dar certo, e que acabará se realizando, portanto é fácil para mim movimentar-me a partir daquele momento para o segundo seguinte e continuar até a próxima coisa. Mas, de alguma forma, estou ficando paralisado por não reconhecer nem lidar com as emoções. A analogia do elevador Vocês estão basicamente simplesmente carregando a bagagem da expectativa com vocês, naquilo que estão fazendo. A ideia é que sim, vocês podem ter um objetivo, mas existem muitas maneiras surpreendentes de poderem atingi-lo, além daquela que seu pensamento é capaz de compreender. Portanto, a ideia é, sim, vocês podem ter um plano ou um caminho, vocês podem ter uma estrutura geral que acreditam que irão seguir, mas se não chegarem à fruição precisa exatamente daquela forma, isso quer dizer que existe algo talvez maior, mais rico e mais surpreendente do que sua mente é capaz de atingir. Quando perceberem isso, naquele momento vocês farão com que não seja percebido como um erro ou um desapontamento, mas que vocês de repente serão elevados a um nível inesperado de clareza. Vocês permitirão a si mesmos serem surpreendidos e inspirados, serem emocionados e abalados, e sua curiosidade se tornará viva e dirá: "Isso não foi como o esperado, portanto alguma coisa maior está para acontecer." Esse estado os elevará para ver o caminho mais claro, a figura maior. Vocês podem apertar o botão e tomar o elevador tanto para cima como para baixo. Quando chegarem no fim de um corredor, não esperem um elevador, mas é sua a escolha do caminho a seguir. Só porque não esperaram o elevador não significa que tenham que descer até o porão e se lastimar: "Oh, existe um elevador! Isso significa que o único caminho que posso seguir é para baixo." Os elevadores também vão para cima. (Às vezes eles vão lado a lado, mas isso não chegamos a compreender!) A ideia é que, simplesmente, à chegada de um elevador inesperado, vocês têm uma escolha entre os botões para subir e para descer. Escolham o que preferirem. Aceitem reconhecer que nunca é uma interrupção, nunca um bloqueio, mas uma flecha apontando para uma direção inesperada, possivelmente plena de muito mais do que vocês estavam imaginando. Então, vocês se emocionarão, serão iluminados e também lhes será permitido ver a figura maior por sua própria escolha, porque tomarão o elevador sempre para cima, para o terraço, de onde há uma bela vista da ideia inteira. Será que isso os ajuda? Certamente que sim. É realmente uma forma de responder a sua vida, em vez de reagir a ela. Negar a emoção... Não, não. Vocês aceitam reconhecer que se escolherem sentir de determinada maneira, precisam permanecer naquele sentimento a fim de compreender o que o sentimento está lhes mostrando sobre suas crenças. Sentimentos são sempre reações ou respostas a crenças. A crença está ali primeiro, portanto se vocês têm um sentimento negativo ou um sentimento que não preferem, isso é uma reação a alguma coisa que vocês acreditam ser verdadeira. O sentimento os coloca frente a frente com o fato de que vocês têm essa crença. Se não preferirem o sentimento, se não preferirem a crença, essa é uma oportunidade para se examinarem, para descobrir que bagagem de expectativas vocês estiveram carregando, e se não a preferirem, podem deixá-la cair e pegarem uma nova bagagem. Usem o sentimento como uma oportunidade. Nunca evitem o sentimento, fiquem com ele. O sentimento está ali para mostrar-lhes o que precisam compreender sobre si mesmos, de maneira que, ao compreendê-lo, vocês possam transmutar o sentimento. Vocês não se livram de sentimentos, vocês os mudam. Vocês têm apenas uma única energia com a qual trabalhar, é isso. Todas as coisas que vocês sentem, todas as coisas que fazem ou todas as coisas que pensam, são a mesma energia única. Vocês podem apenas mudá-la de uma coisa para outra. Não podem livrar-se dela ou varrê-la para debaixo do tapete; precisam ficar dentro dela e deixar que ela lhes mostre o que está lá. Não a neguem. Então, ela lhes ensinará. Vocês atravessarão o processo e serão [iluminados] por ele. Ganharão mais prática em compreender que seus sentimentos estão aí para ajudá-los, e terão menos reação e mais resposta a eles. Então eles, lentamente mas com certeza — ou rapidamente e com certeza — se transformarão de sentimentos negativos em sentimentos positivos em sua vida. Isso ajuda a esclarecer a situação para vocês? Sim, ajuda. http://stelalecocq.blogspot.com/2013/10/consciencia-cristica.html LUZ! STELA

CONSCIÊNCIA CRÍSTICA CONSCIÊNCIA CRÍSTICA Bashar através de Darryl Anka Iniciaremos esta interação, esta comunicação, neste dia de seu tempo, mais uma vez agradecendo a cada um individualmente e a todos coletivamente por nos permitir esta oportunidade de nos comunicarmos com sua civilização desta maneira, nesta ocasião. Sempre estas comunicações são uma expansão, uma expansão de nossa consciência do universo, no sentido em que conseguimos ver, através de vocês, muito mais maneiras diferentes que o universo tem de expressar-se a si mesmo devido às qualidades únicas de vocês. Isso para nós é uma dádiva. Nós os agradecemos por compartilhar isso e gostaríamos de começar esta comunicação neste dia de seu tempo, com o seguinte conceito. Reconhecemos que, ao canalizarmos ou ao nos comunicarmos através de um lugar em particular de seu planeta nesta ocasião, a facilidade especial pela qual vocês estão tendo esta sessão tem a ver com os conceitos de uma consciência em seu planeta, chamada de consciência crística. Gostaríamos de comentar um pouco mais sobre essa ideia neste tempo, de acordo com o espírito do lugar e com o tempo e a energia dentro dos quais vocês estão. Em primeiro lugar, de maneira nenhuma queremos dizer, ao falar de consciência crística, como vocês a chamam, que ela é em algum grau para ser considerada como mais ou melhor do que qualquer outra maneira de pensar. Vocês descobrirão que de nossa perspectiva, aquilo que vocês chamam de consciência crística teve, tem e terá muitas diferentes espécies de manifestações em seu planeta. A consciência crística e a natureza de Buda são as mesmas energias, a mesma consciência. De fato, aquilo que vocês reconhecem como consciência crística manifestou-se e encarnou-se em seu planeta de muitas maneiras diferentes e sob diferentes formas. Em sua definição fundamental o que vocês chamam de consciência crística ou natureza de Buda é simplesmente o espírito coletivo do mundo, de todas as suas consciências combinadas. Portanto, vocês também são consciência crística, natureza de Buda, o Grande Espírito, nesse sentido. Como muitos de vocês estão começando a perceber, o conceito total não é tanto o conceito religioso da consciência crística, mas o despertar do espírito de unicidade, o espírito de amor, o espírito de criatividade dentro de cada um e de todos vocês. Esta é a chamada Segunda Vinda. É claro que não é a segunda, pois isso já aconteceu muitas vezes. Isso foi apresentado a vocês e refletido para vocês de muitas maneiras e estilos diferentes daquilo que vocês chamam de origem das religiões em seu planeta, embora o que vocês chamam de religião em seu planeta nunca tenha sido a intenção de nenhum daqueles nos quais essas religiões foram baseadas. O que vocês chamam de Jesus, o que chamam de Buda, o que chamam de Krishna, o que chamam de Wahoca, o que chamam de Maomé e todos os outros a que quiserem dar nome — nunca tiveram a intenção de começar o que vocês agora têm em seu planeta sob o formato de uma religião. Eles nunca esperaram seguidores. Estavam dizendo a cada um de vocês que poderiam ser o mesmo que eles, ser como eles, agir da sua maneira. A frase "Eu Sou o caminho" simplesmente significa "Sejam assim" e estarão refletindo a mesma energia, a mesma consciência, a mesma ideia. Não significa seguir. Não significa criar um ritual em torno deles. Significa que vocês são um, que todos podem fazer as mesmas coisas. Isso foi dito, na realidade, literalmente por muitos desses grandes instrutores de seu planeta. Mas, é claro que, devido a certos tipos de pensamentos de separação, de limitação e de crenças negativas, muitos de vocês sentem que não merecem reconhecer essa chama dentro de vocês, essa energia dentro de vocês, essa luz dentro de vocês. Portanto, vocês se segregam desses ensinamentos, colocando-os em um pedestal mais alto do que aquele onde se colocam; não se consideram iguais a eles e assim criam rituais em torno deles, simplesmente agindo como seguidores em vez de fazedores, que é o que eles queriam partilhar com vocês, entregar a vocês — que vocês são tudo, nesse sentido, capazes de manifestar tudo, até mais do que eles manifestaram em seu planeta, cada um deles em especial. Reconheçam que uma das razões pelas quais vocês têm em seu planeta essa assim chamada era transformacional, Nova Era, seja como for que desejem chamá-la, é que há um novo reconhecimento, um novo despertar de vocês. Esse despertar é uma compreensão que não é sobre seguir alguém ou sobre rituais, mas sobre ser uno, sobre agir como se soubessem que são a Consciência Crística, a natureza de Buda, o espírito de Krishna. O que vocês chamam de Deus, o que chamamos de Tudo Que Existe, o Infinito, como o quiserem chamar não importa, porque tudo é verdade. Lembrem-se de que quando falam sobre a ideia de alguma coisa ser onipotente, então ela é tudo o que pode ser e tudo o que vocês podem possivelmente imaginar ser; todas as representações são verdadeiras. Se fosse menos, então não haveria o Tudo Que Existe por definição. Dessa forma, vocês podem chegar até ela a partir de qualquer número de diferentes caminhos, mas simplesmente reconheçam que são uma parte dela, que ela é uma parte de vocês. Vocês são simplesmente uma expressão diferente dela. Não estão separados dela. Ela não está separada de vocês. É tudo um único acontecimento energético, embora possa haver diferenciação e diversificação dentro dele, o que é belo em si. É no reforço dessa individualidade que vocês verão a maior unidade e harmonia aparecerem em seu planeta. Pois vocês não podem ter verdadeira harmonia se não tiverem força em cada um dos componentes individuais, de maneira que cada um representa a si mesmo como é na verdade, como foi na verdade criado para ser. Cada um de vocês é único por uma razão. A unidade não significa que vocês devam se tornar homogêneos e perder suas características identificadoras. Não. Significa que cada um de vocês tem que ser forte o suficiente dentro de si mesmo para respeitar sua individualidade ao máximo e respeitar todas os outros reflexos individuais do Infinito. Porque eles são todos reflexos do Infinito, e se eles realmente existem, eles têm uma razão para existir. Se não houvesse nenhuma razão para existirem, se eles não fossem aspectos do Infinito, eles não poderiam, por definição, existir. A ideia que iremos discutir com vocês esta noite, não importa que tipo de questionamentos vocês tenham, é fundamentalmente sua capacidade de reconhecer e de se tornar mais cônscios do conceito de que vocês são seres auto-capacitados que têm assegurada a ideia única, como todos os seres têm, da livre escolha e da escolha de serem seus eus próprios, completos. Não o que os outros dizem que devem ser, mas seu eu próprio verdadeiro, completo, com excitamento, com integridade, com alinhamento, intenção e ação. Ao escolher assim, vocês se tornam sua peça única do quebra-cabeça que, quando colocada junto às outras peças únicas, formará impecavelmente a figura inteira do infinito Tudo Que Existe. Somente sendo essa peça inteira é que vocês poderão preencher o pedaço que é a forma de sua peça em especial. Se vocês tentarem ser uma peça de quebra-cabeça que não são, não preencherão aquele pedaço e não ajudarão a criar a figura completa. Tentar ser alguém que não são, só porque alguém diz que vocês têm que ser isso ou aquilo, é a coisa mais difícil que podem fazer. Toda a dor, sofrimento e resistência que vocês experienciam em sua vida, vem do tentar ser alguém que não são. Ser quem realmente são, ao agir em sua alegria, seu excitamento, seu amor, com integridade, alinhamento, intenção e ação, acabará na verdade por ser a coisa mais fácil que podem fazer, porque então tudo o que o universo terá que fazer é ajudar a ideia de vocês em sua maneira criada originalmente, em vez da ideia de vocês como algo que realmente não são. Fundamentalmente, tudo o que experienciam sobre si mesmos é em algum sentido vocês, porque vocês são também um aspecto do Infinito. Mas, cada um de vocês têm uma ressonância, uma freqüência, uma vibração que é sua canção única. Sejam verdadeiros para essa canção. Cantem essa canção, e haverá um grande coro e harmonia em seu planeta. É simples, se vocês permitirem que seja. Nós os agradecemos por nos permitir partilhar nesta ocasião estes pensamentos e reflexões. Queremos lembrar-lhes que estas são somente nossas perspectivas, conforme vemos seu mundo e vocês, de que vocês podem fazer estas coisas, se decidirem fazê-las. Mas, nunca lhes diremos o que fazer. É o seu planeta. Afinal, temos nossas próprias vidas para viver, nosso próprio planeta para cuidar. Não queremos o seu, muito obrigado. Mas, em troca da dádiva que nos fizeram esta noite, ao permitir que nos comunicássemos desta forma nesta ocasião, peço-lhes agora, de que maneira poderemos ajudá-los? Vocês podem começar. Eu posso agir muito logicamente: se fizer isso e aquilo, este será o resultado. Se não for o resultado, então posso ajustar meu pensamento e me movimentar para a coisa seguinte. O que não estou integrando são os sentimentos conectados com desapontamento ou humilhação que isso causou. Qual é a relação entre emoções e sentimentos, e pensamento lógico, e de que maneira isso se relaciona com viver de maneira espiritual? Quando algo acontece que não seja de acordo com o plano, sei que tudo irá dar certo, e que acabará se realizando, portanto é fácil para mim movimentar-me a partir daquele momento para o segundo seguinte e continuar até a próxima coisa. Mas, de alguma forma, estou ficando paralisado por não reconhecer nem lidar com as emoções. A analogia do elevador Vocês estão basicamente simplesmente carregando a bagagem da expectativa com vocês, naquilo que estão fazendo. A ideia é que sim, vocês podem ter um objetivo, mas existem muitas maneiras surpreendentes de poderem atingi-lo, além daquela que seu pensamento é capaz de compreender. Portanto, a ideia é, sim, vocês podem ter um plano ou um caminho, vocês podem ter uma estrutura geral que acreditam que irão seguir, mas se não chegarem à fruição precisa exatamente daquela forma, isso quer dizer que existe algo talvez maior, mais rico e mais surpreendente do que sua mente é capaz de atingir. Quando perceberem isso, naquele momento vocês farão com que não seja percebido como um erro ou um desapontamento, mas que vocês de repente serão elevados a um nível inesperado de clareza. Vocês permitirão a si mesmos serem surpreendidos e inspirados, serem emocionados e abalados, e sua curiosidade se tornará viva e dirá: "Isso não foi como o esperado, portanto alguma coisa maior está para acontecer." Esse estado os elevará para ver o caminho mais claro, a figura maior. Vocês podem apertar o botão e tomar o elevador tanto para cima como para baixo. Quando chegarem no fim de um corredor, não esperem um elevador, mas é sua a escolha do caminho a seguir. Só porque não esperaram o elevador não significa que tenham que descer até o porão e se lastimar: "Oh, existe um elevador! Isso significa que o único caminho que posso seguir é para baixo." Os elevadores também vão para cima. (Às vezes eles vão lado a lado, mas isso não chegamos a compreender!) A ideia é que, simplesmente, à chegada de um elevador inesperado, vocês têm uma escolha entre os botões para subir e para descer. Escolham o que preferirem. Aceitem reconhecer que nunca é uma interrupção, nunca um bloqueio, mas uma flecha apontando para uma direção inesperada, possivelmente plena de muito mais do que vocês estavam imaginando. Então, vocês se emocionarão, serão iluminados e também lhes será permitido ver a figura maior por sua própria escolha, porque tomarão o elevador sempre para cima, para o terraço, de onde há uma bela vista da ideia inteira. Será que isso os ajuda? Certamente que sim. É realmente uma forma de responder a sua vida, em vez de reagir a ela. Negar a emoção... Não, não. Vocês aceitam reconhecer que se escolherem sentir de determinada maneira, precisam permanecer naquele sentimento a fim de compreender o que o sentimento está lhes mostrando sobre suas crenças. Sentimentos são sempre reações ou respostas a crenças. A crença está ali primeiro, portanto se vocês têm um sentimento negativo ou um sentimento que não preferem, isso é uma reação a alguma coisa que vocês acreditam ser verdadeira. O sentimento os coloca frente a frente com o fato de que vocês têm essa crença. Se não preferirem o sentimento, se não preferirem a crença, essa é uma oportunidade para se examinarem, para descobrir que bagagem de expectativas vocês estiveram carregando, e se não a preferirem, podem deixá-la cair e pegarem uma nova bagagem. Usem o sentimento como uma oportunidade. Nunca evitem o sentimento, fiquem com ele. O sentimento está ali para mostrar-lhes o que precisam compreender sobre si mesmos, de maneira que, ao compreendê-lo, vocês possam transmutar o sentimento. Vocês não se livram de sentimentos, vocês os mudam. Vocês têm apenas uma única energia com a qual trabalhar, é isso. Todas as coisas que vocês sentem, todas as coisas que fazem ou todas as coisas que pensam, são a mesma energia única. Vocês podem apenas mudá-la de uma coisa para outra. Não podem livrar-se dela ou varrê-la para debaixo do tapete; precisam ficar dentro dela e deixar que ela lhes mostre o que está lá. Não a neguem. Então, ela lhes ensinará. Vocês atravessarão o processo e serão [iluminados] por ele. Ganharão mais prática em compreender que seus sentimentos estão aí para ajudá-los, e terão menos reação e mais resposta a eles. Então eles, lentamente mas com certeza — ou rapidamente e com certeza — se transformarão de sentimentos negativos em sentimentos positivos em sua vida. Isso ajuda a esclarecer a situação para vocês? Sim, ajuda. http://stelalecocq.blogspot.com/2013/10/consciencia-cristica.html LUZ! STELA

CONSCIÊNCIA CRÍSTICA CONSCIÊNCIA CRÍSTICA Bashar através de Darryl Anka Iniciaremos esta interação, esta comunicação, neste dia de seu tempo, mais uma vez agradecendo a cada um individualmente e a todos coletivamente por nos permitir esta oportunidade de nos comunicarmos com sua civilização desta maneira, nesta ocasião. Sempre estas comunicações são uma expansão, uma expansão de nossa consciência do universo, no sentido em que conseguimos ver, através de vocês, muito mais maneiras diferentes que o universo tem de expressar-se a si mesmo devido às qualidades únicas de vocês. Isso para nós é uma dádiva. Nós os agradecemos por compartilhar isso e gostaríamos de começar esta comunicação neste dia de seu tempo, com o seguinte conceito. Reconhecemos que, ao canalizarmos ou ao nos comunicarmos através de um lugar em particular de seu planeta nesta ocasião, a facilidade especial pela qual vocês estão tendo esta sessão tem a ver com os conceitos de uma consciência em seu planeta, chamada de consciência crística. Gostaríamos de comentar um pouco mais sobre essa ideia neste tempo, de acordo com o espírito do lugar e com o tempo e a energia dentro dos quais vocês estão. Em primeiro lugar, de maneira nenhuma queremos dizer, ao falar de consciência crística, como vocês a chamam, que ela é em algum grau para ser considerada como mais ou melhor do que qualquer outra maneira de pensar. Vocês descobrirão que de nossa perspectiva, aquilo que vocês chamam de consciência crística teve, tem e terá muitas diferentes espécies de manifestações em seu planeta. A consciência crística e a natureza de Buda são as mesmas energias, a mesma consciência. De fato, aquilo que vocês reconhecem como consciência crística manifestou-se e encarnou-se em seu planeta de muitas maneiras diferentes e sob diferentes formas. Em sua definição fundamental o que vocês chamam de consciência crística ou natureza de Buda é simplesmente o espírito coletivo do mundo, de todas as suas consciências combinadas. Portanto, vocês também são consciência crística, natureza de Buda, o Grande Espírito, nesse sentido. Como muitos de vocês estão começando a perceber, o conceito total não é tanto o conceito religioso da consciência crística, mas o despertar do espírito de unicidade, o espírito de amor, o espírito de criatividade dentro de cada um e de todos vocês. Esta é a chamada Segunda Vinda. É claro que não é a segunda, pois isso já aconteceu muitas vezes. Isso foi apresentado a vocês e refletido para vocês de muitas maneiras e estilos diferentes daquilo que vocês chamam de origem das religiões em seu planeta, embora o que vocês chamam de religião em seu planeta nunca tenha sido a intenção de nenhum daqueles nos quais essas religiões foram baseadas. O que vocês chamam de Jesus, o que chamam de Buda, o que chamam de Krishna, o que chamam de Wahoca, o que chamam de Maomé e todos os outros a que quiserem dar nome — nunca tiveram a intenção de começar o que vocês agora têm em seu planeta sob o formato de uma religião. Eles nunca esperaram seguidores. Estavam dizendo a cada um de vocês que poderiam ser o mesmo que eles, ser como eles, agir da sua maneira. A frase "Eu Sou o caminho" simplesmente significa "Sejam assim" e estarão refletindo a mesma energia, a mesma consciência, a mesma ideia. Não significa seguir. Não significa criar um ritual em torno deles. Significa que vocês são um, que todos podem fazer as mesmas coisas. Isso foi dito, na realidade, literalmente por muitos desses grandes instrutores de seu planeta. Mas, é claro que, devido a certos tipos de pensamentos de separação, de limitação e de crenças negativas, muitos de vocês sentem que não merecem reconhecer essa chama dentro de vocês, essa energia dentro de vocês, essa luz dentro de vocês. Portanto, vocês se segregam desses ensinamentos, colocando-os em um pedestal mais alto do que aquele onde se colocam; não se consideram iguais a eles e assim criam rituais em torno deles, simplesmente agindo como seguidores em vez de fazedores, que é o que eles queriam partilhar com vocês, entregar a vocês — que vocês são tudo, nesse sentido, capazes de manifestar tudo, até mais do que eles manifestaram em seu planeta, cada um deles em especial. Reconheçam que uma das razões pelas quais vocês têm em seu planeta essa assim chamada era transformacional, Nova Era, seja como for que desejem chamá-la, é que há um novo reconhecimento, um novo despertar de vocês. Esse despertar é uma compreensão que não é sobre seguir alguém ou sobre rituais, mas sobre ser uno, sobre agir como se soubessem que são a Consciência Crística, a natureza de Buda, o espírito de Krishna. O que vocês chamam de Deus, o que chamamos de Tudo Que Existe, o Infinito, como o quiserem chamar não importa, porque tudo é verdade. Lembrem-se de que quando falam sobre a ideia de alguma coisa ser onipotente, então ela é tudo o que pode ser e tudo o que vocês podem possivelmente imaginar ser; todas as representações são verdadeiras. Se fosse menos, então não haveria o Tudo Que Existe por definição. Dessa forma, vocês podem chegar até ela a partir de qualquer número de diferentes caminhos, mas simplesmente reconheçam que são uma parte dela, que ela é uma parte de vocês. Vocês são simplesmente uma expressão diferente dela. Não estão separados dela. Ela não está separada de vocês. É tudo um único acontecimento energético, embora possa haver diferenciação e diversificação dentro dele, o que é belo em si. É no reforço dessa individualidade que vocês verão a maior unidade e harmonia aparecerem em seu planeta. Pois vocês não podem ter verdadeira harmonia se não tiverem força em cada um dos componentes individuais, de maneira que cada um representa a si mesmo como é na verdade, como foi na verdade criado para ser. Cada um de vocês é único por uma razão. A unidade não significa que vocês devam se tornar homogêneos e perder suas características identificadoras. Não. Significa que cada um de vocês tem que ser forte o suficiente dentro de si mesmo para respeitar sua individualidade ao máximo e respeitar todas os outros reflexos individuais do Infinito. Porque eles são todos reflexos do Infinito, e se eles realmente existem, eles têm uma razão para existir. Se não houvesse nenhuma razão para existirem, se eles não fossem aspectos do Infinito, eles não poderiam, por definição, existir. A ideia que iremos discutir com vocês esta noite, não importa que tipo de questionamentos vocês tenham, é fundamentalmente sua capacidade de reconhecer e de se tornar mais cônscios do conceito de que vocês são seres auto-capacitados que têm assegurada a ideia única, como todos os seres têm, da livre escolha e da escolha de serem seus eus próprios, completos. Não o que os outros dizem que devem ser, mas seu eu próprio verdadeiro, completo, com excitamento, com integridade, com alinhamento, intenção e ação. Ao escolher assim, vocês se tornam sua peça única do quebra-cabeça que, quando colocada junto às outras peças únicas, formará impecavelmente a figura inteira do infinito Tudo Que Existe. Somente sendo essa peça inteira é que vocês poderão preencher o pedaço que é a forma de sua peça em especial. Se vocês tentarem ser uma peça de quebra-cabeça que não são, não preencherão aquele pedaço e não ajudarão a criar a figura completa. Tentar ser alguém que não são, só porque alguém diz que vocês têm que ser isso ou aquilo, é a coisa mais difícil que podem fazer. Toda a dor, sofrimento e resistência que vocês experienciam em sua vida, vem do tentar ser alguém que não são. Ser quem realmente são, ao agir em sua alegria, seu excitamento, seu amor, com integridade, alinhamento, intenção e ação, acabará na verdade por ser a coisa mais fácil que podem fazer, porque então tudo o que o universo terá que fazer é ajudar a ideia de vocês em sua maneira criada originalmente, em vez da ideia de vocês como algo que realmente não são. Fundamentalmente, tudo o que experienciam sobre si mesmos é em algum sentido vocês, porque vocês são também um aspecto do Infinito. Mas, cada um de vocês têm uma ressonância, uma freqüência, uma vibração que é sua canção única. Sejam verdadeiros para essa canção. Cantem essa canção, e haverá um grande coro e harmonia em seu planeta. É simples, se vocês permitirem que seja. Nós os agradecemos por nos permitir partilhar nesta ocasião estes pensamentos e reflexões. Queremos lembrar-lhes que estas são somente nossas perspectivas, conforme vemos seu mundo e vocês, de que vocês podem fazer estas coisas, se decidirem fazê-las. Mas, nunca lhes diremos o que fazer. É o seu planeta. Afinal, temos nossas próprias vidas para viver, nosso próprio planeta para cuidar. Não queremos o seu, muito obrigado. Mas, em troca da dádiva que nos fizeram esta noite, ao permitir que nos comunicássemos desta forma nesta ocasião, peço-lhes agora, de que maneira poderemos ajudá-los? Vocês podem começar. Eu posso agir muito logicamente: se fizer isso e aquilo, este será o resultado. Se não for o resultado, então posso ajustar meu pensamento e me movimentar para a coisa seguinte. O que não estou integrando são os sentimentos conectados com desapontamento ou humilhação que isso causou. Qual é a relação entre emoções e sentimentos, e pensamento lógico, e de que maneira isso se relaciona com viver de maneira espiritual? Quando algo acontece que não seja de acordo com o plano, sei que tudo irá dar certo, e que acabará se realizando, portanto é fácil para mim movimentar-me a partir daquele momento para o segundo seguinte e continuar até a próxima coisa. Mas, de alguma forma, estou ficando paralisado por não reconhecer nem lidar com as emoções. A analogia do elevador Vocês estão basicamente simplesmente carregando a bagagem da expectativa com vocês, naquilo que estão fazendo. A ideia é que sim, vocês podem ter um objetivo, mas existem muitas maneiras surpreendentes de poderem atingi-lo, além daquela que seu pensamento é capaz de compreender. Portanto, a ideia é, sim, vocês podem ter um plano ou um caminho, vocês podem ter uma estrutura geral que acreditam que irão seguir, mas se não chegarem à fruição precisa exatamente daquela forma, isso quer dizer que existe algo talvez maior, mais rico e mais surpreendente do que sua mente é capaz de atingir. Quando perceberem isso, naquele momento vocês farão com que não seja percebido como um erro ou um desapontamento, mas que vocês de repente serão elevados a um nível inesperado de clareza. Vocês permitirão a si mesmos serem surpreendidos e inspirados, serem emocionados e abalados, e sua curiosidade se tornará viva e dirá: "Isso não foi como o esperado, portanto alguma coisa maior está para acontecer." Esse estado os elevará para ver o caminho mais claro, a figura maior. Vocês podem apertar o botão e tomar o elevador tanto para cima como para baixo. Quando chegarem no fim de um corredor, não esperem um elevador, mas é sua a escolha do caminho a seguir. Só porque não esperaram o elevador não significa que tenham que descer até o porão e se lastimar: "Oh, existe um elevador! Isso significa que o único caminho que posso seguir é para baixo." Os elevadores também vão para cima. (Às vezes eles vão lado a lado, mas isso não chegamos a compreender!) A ideia é que, simplesmente, à chegada de um elevador inesperado, vocês têm uma escolha entre os botões para subir e para descer. Escolham o que preferirem. Aceitem reconhecer que nunca é uma interrupção, nunca um bloqueio, mas uma flecha apontando para uma direção inesperada, possivelmente plena de muito mais do que vocês estavam imaginando. Então, vocês se emocionarão, serão iluminados e também lhes será permitido ver a figura maior por sua própria escolha, porque tomarão o elevador sempre para cima, para o terraço, de onde há uma bela vista da ideia inteira. Será que isso os ajuda? Certamente que sim. É realmente uma forma de responder a sua vida, em vez de reagir a ela. Negar a emoção... Não, não. Vocês aceitam reconhecer que se escolherem sentir de determinada maneira, precisam permanecer naquele sentimento a fim de compreender o que o sentimento está lhes mostrando sobre suas crenças. Sentimentos são sempre reações ou respostas a crenças. A crença está ali primeiro, portanto se vocês têm um sentimento negativo ou um sentimento que não preferem, isso é uma reação a alguma coisa que vocês acreditam ser verdadeira. O sentimento os coloca frente a frente com o fato de que vocês têm essa crença. Se não preferirem o sentimento, se não preferirem a crença, essa é uma oportunidade para se examinarem, para descobrir que bagagem de expectativas vocês estiveram carregando, e se não a preferirem, podem deixá-la cair e pegarem uma nova bagagem. Usem o sentimento como uma oportunidade. Nunca evitem o sentimento, fiquem com ele. O sentimento está ali para mostrar-lhes o que precisam compreender sobre si mesmos, de maneira que, ao compreendê-lo, vocês possam transmutar o sentimento. Vocês não se livram de sentimentos, vocês os mudam. Vocês têm apenas uma única energia com a qual trabalhar, é isso. Todas as coisas que vocês sentem, todas as coisas que fazem ou todas as coisas que pensam, são a mesma energia única. Vocês podem apenas mudá-la de uma coisa para outra. Não podem livrar-se dela ou varrê-la para debaixo do tapete; precisam ficar dentro dela e deixar que ela lhes mostre o que está lá. Não a neguem. Então, ela lhes ensinará. Vocês atravessarão o processo e serão [iluminados] por ele. Ganharão mais prática em compreender que seus sentimentos estão aí para ajudá-los, e terão menos reação e mais resposta a eles. Então eles, lentamente mas com certeza — ou rapidamente e com certeza — se transformarão de sentimentos negativos em sentimentos positivos em sua vida. Isso ajuda a esclarecer a situação para vocês? Sim, ajuda. http://stelalecocq.blogspot.com/2013/10/consciencia-cristica.html LUZ! STELA

MENSAGEM PARA 14 A 20 DE OUTUBRO DE 2013

MENSAGEM PARA 14 A 20 DE OUTUBRO DE 2013


Canalização: Gulcin Onel



Focalize-se na água, tente entender e sentir a natureza dela.

O fluir e a suavidade da água, mas também seu poder de perfurar pedras.

Observe seu curso, suas ondas e submissão.

Imagine.

Imagine o que acontece na ausência da água.

Passe algum tempo à beira da água esta semana.

Converse com a água, conte a ela suas preocupações, remorsos, irritações.

Deixe que partam...

Então coloque seus desejos em um barco, deixe que a água o encaminhe ao porto na hora certa.

Observe como a água se move como se dançasse: mova seu corpo, dance, faça esportes, faça caminhadas.

Acredite: os sonhos se realizam.

Caminhe na água.

Deixe a água penetrar em todas as suas células.

Seja como a água.

Abrace e beije a Natureza com proteção de pais cuidadosos e de um humano preparados para o nascimento de Novas Gerações.

Preste atenção aos seus sonhos,

Cuide de seus sonhos.

OCHUN



Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com

SANANDA, MELQUISEDEQUE E HILARION - A ALQUIMIA DO CORAÇÃO

SANANDA, MELQUISEDEQUE E HILARION - A ALQUIMIA DO CORAÇÃO

A ALQUIMIA DO CORAÇÃO
Mensagem de Sananda, Melquisedeque e Hilarion
Canalizada por Elsa Farrus
Em 14 de outubro de 2013



Querida menina, somos Sananda, Melquisedeque e Hilarion.

Estamos processando novos códigos de luz que chegarão a todos vocês em forma de espera de cura e que lhes permitirão aumentar sua capacidade para compreender e recordar as circunstâncias em que vocês, em outra vida e planos, estiveram fora do plano, fora do eixo.

Todos ao longo de muitas vidas e de muitos caminhos, incluindo nós, os mestres, têm vivido e experimentado de tudo.

Faz parte do crescimento como seres vivos, como seres de luz e como sementes estelares, inclusive agora que nós temos uma clara visão de como funciona o coração, por isso a mestria do coração, não por hierarquia, continuamos aprendendo e crescendo através de nossa consciência e apoio a vocês em seus processos.

Nós também, os chamados mestres ascendidos, somos seres com vida própria que continuamos crescendo em nosso plano de consciência.

A única diferença é que passamos por esta disciplina que agora vocês experimentam: o manejo e a integração das emoções.

Antigamente cada um passava por ela por conta própria e alcançava sua vibração seguinte.

Agora o processo é massivo, por isso as constantes injeções solares que limpam os registros de dor e raiva a nível planetário.

São muitas as vertentes que vocês terão que enfrentar, muitos os caminhos que terão que reestruturar vocês mesmos, e muitos os vazios que experimentarão, até que a sua confiança na vida seja tanta que o véu de separação desapareça nos próximos meses.

Já estão no fim do corredor, a mudança é agora e é muito lindo ver como a cada dia mais e mais pessoas descobrem que estão aqui na Terra para alguma coisa e não temem aceitar outros mundos, outros caminhos, pelo contrário.

Nas próximas horas daqui até 19 de outubro, a consciência crística individual de todos vocês se abre, inclusive daqueles que avançaram no caminho e já têm esta consciência; estes a abrirão mais profundamente: por isso as grandes crises de choro e as grandes tomadas de consciência da realidade.

A consciência arco-íris de união da luz e vibração de todos os seus chakras começa agora a ser mais ativa do que nunca, mais forte e mais presente, por isso os sonhos ou meditações destes dias trazem imagens desconexas ou muito simbólicas em relação ao seu presente, que inclusive não fazem sentido, mas que na realidade são limpezas de seu DNA.

Nestes dias, a força entrante é quase esmagadora, por isso a choradeira, a tristeza, mas, sobretudo, o cansaço físico, agora mais do que nunca, é consequência das transformações a nível de corpo físico.



Quando cada um de vocês aceitar uma realidade de sua vida cotidiana, a energia da aceitação fará com que um novo cristal de sua aura e seu corpo físico (cálcio, ferro, sangue, etc.) tome uma forma mais concreta, mais ventilada, mais expandida.

Em resumo: mais vivo!!

Por isso esse cansaço, porque não estão conscientes da grande quantidade de mudanças físicas que ocorrem em seu corpo a cada instante, não somente as próprias como digestão, respiração, etc., mas também as metamorfoses das partes atrofiadas em vocês, que se reativam com o raio platino e com a luz entrante.

Tudo isso abre espaço para a frequência esmeralda, ou seja, a cura consciente de seus corpos emocionais e a força de caminhar em sua verdade e seu propósito desde a ordem.

Nestes dias recomendamos aumentar a ingestão de sal: o sódio regula as mudanças elétricas, em conjunto com nutrientes e água - isso aliviará seu cansaço físico.

Vocês já estão terminando a abertura do timo para estabelecer contato direto com a frequência cristalina esmeralda, ou seja, a frequência de diálogo constante com o coração e a compreensão de um bem maior para que as coisas aconteçam.

Vocês foram geneticamente projetados com um sistema completo de luz e de união entre todos os átomos de seus corpos.

Depois, com as decisões próprias, as sacudidas na densidade, etc., todo ele se apagou e se desconectou por fases.

Desde 1948 até agora, a entrada massiva de luz para a ascensão tem reativado essas memórias e conexões, por isso vocês começaram a despertar desde a lua cheia de outubro, o Diwali, que algumas culturas fazem a celebração da luz sobre a escuridão, há mais nomes em mais culturas... estabelecerá um grande crescimento.

É possível que alguns de vocês vejam como engrenagens ao meditar, como se se movessem maquinarias dentro de seu corpo ou do de Gaia; são os mecanismos de aceleração da luz e do tempo que irão permitir vocês incorporarem toda essa energia em suas próprias engrenagens, os discos solares de seu plexo solar que, em conexão com a frequência esmeralda, os alinham com novos cristais de Gaia que estão sendo reconectados pelas meditações de grupos ou os trabalhos das pessoas em certos pontos geográficos, orientados por nós.

Isso ativará mais a unificação e a frequência esmeralda, ou seja, a luz e a força do coração unificado à compreensão que permite entrar no amor sem condições, sem pautas, na confiança plena nos processos da vida, "o que vocês chamam de FÉ", mas que pode dar más interpretações porque a fé é cega e a confiança é plena.

Ela não necessita de esforço ou crenças, simplesmente se sente dentro de si, se expande a cada decisão e se multiplica para o ambiente sem dizer uma só palavra ao exterior para convencer a ninguém.

Queridos irmãos, desfrutem dos pequenos momentos de descanso e tentem oferecer a vocês alguns minutinhos ao sol, mesmo que seja no meio da rua, para regenerar seu DNA e prossigam amorosamente com as mudanças que estão operando em vocês à medida que aceitam seu passado e o liberam.

Em amor, irmãos, estamos junto com vocês desde o sol central de Alcyon.

Novamente um abraço,
Sananda, Hilarion e Melquisedeque.



Obrigada a todos por compartilhar as canalizações.

Um forte abraço,
Elsa.



Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/

SEJA BEM VINDO AO NAMASTÊ



OLÁ PESSOAL!!

ESPERO QUE VOCÊS ENCONTREM OS ASSUNTOS QUE PROCURAM E POSSAM AJUDÁ-LOS DE ALGUMA MANEIRA, POIS ESSE SITE FOI FEITO PARA TODOS NÓS ,QUE BUSCAMOS CONHECIMENTOS E SABEDORIA PARA PODERMOS ESTARMOS EM SINTONIA COM A NOVA ERA !
BOM DIVERTIMENTO À TODOS!!

NAMASTÊ

Only Message Esoteric Here!!

DEARS BROTHERS AND SISTERS!! Each day come and take a few minutes of your attention and emanation of light to Gaia and so we have a stream of people pouring love and light to all mankind and Gaia! Only write in this box and know that every brother participates and the number of people sending their energy for our beloved planet! Kisses in the heart of each brother, lightworker! OR COMMENTS OF POSTS HERE! NAMASTE-NOVAERA

TESTE PSICOLÓGICO JAPONÊS

IMPRESSIONANTE TESTE PSICOLÓGICO JAPONÊS. Clique aqui: http://www.ociocriativo.com.br/trivias/pub/teste1.htm http://www.ociocriativo.com.br/trivias/pub/teste1.htm

PARTICIPE DESSE MOMENTO DE ORAÇÃO

PARTICIPE DESSE MOMENTO DE ORAÇÃO

Like -FACEBOOK

AMADA MARIA E JESUS CRISTO

Ocorreu um erro neste gadget