RETORNO

AMADOS! DEPOIS DE UMA PARADA ,RETORNAMOS REVIGORADOS E CADA VEZ MAIS CERTOS EM CONTINUARMOS NOSSA APRENDIZAGEM.NESSE PERÍODO SOMENTE FORAM POSTADOS MENSAGENS EM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK,NA QUAL PARTILHAMOS ASSUNTOS TÃO RELEVANTES NESSE MOMENTO DE TRANSIÇÃO!VAMOS EM FRENTE QUERIDOS EM NOSSA CAMINHADA COM AMOR ,LUZ,FÉ E DEUS EM NOSSOS CORAÇÕES! NAMASTE

terça-feira, 8 de maio de 2012

SUMÁRIOS REDUZIDOS CANALIZAÇÕES DO MÊS DE ABRIL DE 2012


SUMÁRIOS REDUZIDOS CANALIZAÇÕES DO MÊS DE ABRIL DE 2012 http://www.autresdimensions.com

PARTE IX – O FINAL
SUMÁRIOS REDUZIDOS

SUMÁRIOS REDUZIDOS CANALIZAÇÕES DO MÊS DE ABRIL DE 2012
(Canalizações do site http://www.autresdimensions.com)

SUMÁRIOS DA COLECTÂNEA BIDI

BIDI (29 Março 2012)
É muito difícil para uma forma que tem um conteúdo, considerar que esse conteúdo possa estar presente além da forma e além mesmo do seu conteúdo.▬ As palavras que são empregadas são destinadas a questioná-los sobre o seu papel, porque existem apenas três lugares possíveis: a pessoa, o SI, o Absoluto (ou Final); entre os dois primeiros e o último, a compreensão não permite que através dos dois primeiros se chegue ao terceiro. ▬ A forma tornou-se um hábito; o SI será sempre uma separação; o Absoluto (o Final) é a ausência de toda a forma e de toda a separação. ▬ O “nada fazer e ficar tranquilo” (que vos tem sido pedido) não é uma diversão, mas uma forma de lucidez da pessoa e do SI acerca do real e do irreal ou do relativo e do absoluto. ▬ Vocês são o Absoluto e o Final, além mesmo de todo o sentido de estar numa forma ou de ser um conteúdo. ▬ A minha vinda traduzir-se-á de uma forma dinâmica, nesse conteúdo, para além do aspecto energético Vibratório, porque as questões que abordaremos serão capaz de fazer eclodir o que tem de eclodir. ▬ Os tempos de ausência de palavras estão, também, inscritos na lógica de nossos reencontros. ▬ Não julguem; não me julguem; posso garantir-lhes que, rapidamente, um mecanismo de transcendência pôr-se-á a caminho.

BIDI-1 (08 Abril 2012)
O “medo e a confiança” são apenas duas extremidades de uma barreira intransponível, situada no ego e na pessoao medo e a confiança inscrevem-se no que é linearo Absoluto não conhece a linearidade; ele é, justamente, a total transcendência do espaço/tempo (conhecido); querer substituir o medo pela confiança, instala-o na dualidade e reforça a sua própria pessoa. ▬ Lembre-se que o Ilimitado sempre esteve aí, presente, sempre inscrito além da consciência. ▬ Você não é o que viveu, nem o que vive, nem o que há a viver; você é a vida; você não é quem nasceu nem quem vai morrer. ▬ Compreenda que não se trata de rejeitar, como um acto de negação, o que atravessou em sua história; mas a história não será, jamais, o que você é no SI e, ainda menos no Absoluto; considere tudo como não tendo existência própria, porque você não é nem essa história, nem essa confiança, nem essa pessoa. ▬ A cultura, a educação, o ensino, a moral, o afecto, e todas as leis observáveis nesse mundo, sempre foram imaginadas por essa dualidade; a sua parte desconhecida, nomeada Absoluto ou Final, não lhes aparece enquanto o aspecto discursivo do mental estiver presente. ▬ O conhecimento é apenas uma ignorância daquilo que é. ▬ O que os olhos veem, leva-o sempre à vontade de compreender e a pôr em acção o mental e o julgamento. ▬ Deixe o mental entregue às suas funções e à sua utilidade, e olhe-o nesse momento: será, então, fácil vê-lo agir e compreender que você não é o que age. ▬Elimine tudo o que conhece; qualquer que seja a sua vida, o seu passado, as suas emoções porque elas inscrevem-se na lei da dualidade; deve sair do seu conhecido, não como uma rejeição, mas aceitando que nada é daquilo que conhece; o que o ego interpreta como sendo conhecimento, é uma farsa. ▬ Enquanto acreditar que anda à procura do Absoluto, não o encontrará, jamais, porque ele sempre esteve aí. ▬ Do ponto de vista do Absoluto, o ego, a pessoa, esse mundo e a sua própria história não existem. ▬ O Absoluto não é para procurar porque é ele que o encontra, a partir do instante em que sai do conhecido, da referência e de todo o ilusório conhecimento que é apenas uma farsa. ▬ Nada há de mais simples que o Absoluto; o que é complicado é o mental e o ego. ▬ A Alegria e a Simplicidade sempre estiveram aí; querer a Alegria e a Simplicidade é considerar que ela não está presente. ▬ Deixe esse corpo viver, deixe viver os seus pensamentos, deixe-os trabalhar. ▬ Elimine o que é da ordem da dinâmica efémera (como comer, dormir); elimine, também, o que é da ordem do hábito; você não é nada disso. ▬ O Absoluto não é nem um querer, nem um objectivo, nem um caminho. ▬ Nenhuma manifestação dual pode contrariar, travar ou bloquear o Absoluto. ▬ Toda a fisiologia desse corpo, do mental e das emoções é baseada na dualidade; conceber que há uma tarefa a cumprir, um caminho a efectuar, um yoga a praticar é da competência da personalidade e do ego, jamais do Absoluto; ocupe se quiser, o seu corpo e o seu mental, mas aceite o princípio de farsa e de ilusão; não há que rejeitar o que quer que seja, mas apenas que transcender os aspectos que são véus e máscaras colocadas sobre o Absolutoé necessário terminar com a vaidade de crer que há algo a procurar, algo a realizar e mesmo algo a libertar. ▬ O Absoluto é o Todo e o Nada. ▬ Se estão tranquilos e em paz, se estão além daquilo que observa, se estão além do testemunho, do conceito, da percepção, do consciente ou inconsciente, se saem da referência, da projecção, do sentido de antecipação, então, vocês deixam o lugar para a Verdade, para o Absoluto. ▬ A única prova do Absoluto é o Êxtase e preliminarmente a Onda de Vida. ▬ Você não pode estar preso ao que quer que seja; toda a amarra é um travão. ▬ Não há qualquer esforço a fazer; não há que demonstrar qualquer vontade; você não pode continuar preso nem ser tributário de uma verdade relativa, porque ela é apenas uma etapa; e o Absoluto não é uma etapa. ▬ O Absoluto vivido e inscrito numa forma, continua a fazer viver essa forma; não há oposição nem antagonismo; o Absoluto pode pôr fim às ilusões, mas não à ilusão desse corpo, porque aquele que é Liberado Vivo não pode ser mais levado para a morte, para qualquer ilusão. ▬ Há um antes e um depois do ponto de basculamento do Absoluto, para a pessoa; esse antes e esse depois podem ser idênticos ou radicalmente diferentes. ▬ Ser Liberado Vivo é não mais ser tributário de qualquer moral, de qualquer sociedade, de qualquer relação; é poder continuar a estar nesse mundo, mas sabendo que ali não está porque o consideram um jogo; vocês descobriram a máscara e a farsa; tornaram-se o testemunho vivo do Absoluto, estão descondicionados mesmo estando presentes em algumas condições. ▬ O ponto de basculamento apenas depende de você; não através de uma acção ou um desejo, mas através de uma ausência total de ideal ou de busca; é necessário desprender-se de tudo e fazer vazio sem colocar questões; uma forma de aceitação do nada e de que não há recompensa e muito menos espírito de conquista; devem estar Presentes na Vida; sem actividade, sem acção, sem reivindicação; fazer silêncio de actividades e expressões (corporais, sexuais, visuais ou verbais), mas ainda mais fazer silêncio Interior, da imobilidade, da não vontade.

BIDI-2 (08 Abril 2012)
A resistência ao Final (ao Absoluto), resulta do medo do Desconhecido, o medo do que não existe, para todo aquele que está no finito e na experiência do SI; apenas num acto de capitulação total é que a transcendência é feita; o facto de não existir uma ponte para o estado Final, é o elemento mais traumatizante, tanto para o ego como para o SIo paradoxo do ego e do SI é, mesmo sendo limitados e efémeros, considerarem-se, ambos, eternos▬ Nada do que lhes é conhecido ou cognoscível conduzi-los-á ao Absoluto, nem releva do Absoluto. ▬ Há um conjunto de procedimentos que consiste em ver o que é finito, a fim de ali não aderir; esse procedimento e investigação, conduzirá ao ponto de basculamentoisso não vai passar sem algumas manifestações de cólera, de tristeza, de alegria (de perturbações interiores e exteriores). ▬ O Absoluto é Amor, Luz e Vibração; mesmo os mais violentos processos da consciência (despertar do Canal do Éter, Kundalini) representam apenas uma ilusão a mais; restará a você encontrar-se no “não ser”, na “não Consciência”. ▬ O Absoluto conhece, qualquer ensinamento, qualquer limite, qualquer estruturasaiam de toda a ideia, de toda a bagagem espiritual. ▬ A meditação é apenas destinada a ser observador do seu próprio mental; se o mental desaparece sem sono, totalmente, a Onda de Vida nasce. ▬ O Abandono do SI é a última e única possibilidade; no Abandono do SI há o basculamento, há o Absoluto que o encontra; é necessário, portanto, passar do “eu sou” ou do SI ao “eu não sou” ou ao “não SI”. ▬ Quando a forma chega ao fim, vocês devem também passar por algumas etapas; apenas quando da última etapa, que é a aceitação, é que há capitulação e rendição do ego e do SI. ▬ Realizar o Absoluto é transcender, do efémero ao eterno, da forma ao sem forma, do limitado ao Ilimitado. ▬ O Final revela-se no “neant”esse algo não pode ser procurado, porque logo que é procurado foge; ele pode apenas ser encontrado na evidência de uma não procura que põe fim à busca. ▬ É a partir do instante em que deixam de controlar, dominar, dirigir é que a Onda de Vida e o Absoluto tomam o controlo, a direcção da Vida. ▬ O Silêncio é o sinal de resolução; ele é preparação a partir do instante em que não é preenchido por mais nada, nem desejo, nem projecção. ▬ Vocês dão peso e densidade ao efémero, reivindicando a Eternidade; isso não pode funcionar desse modo. ▬ Não é o seu mental que vai encontrar o Absoluto, é o Absoluto que vai dissolver o seu mental, a partir da altura em que aceitar capitular, ou seja, perder a cabeça. ▬Aquele que tem medo da loucura faz apenas reflectir a sua própria loucura;aquele que tem medo do vazio faz apenas reflectir o seu próprio vazio; é uma questão de projecção, ou de fantasma, que apenas tem realidade na personalidade, que vem reforçar a personalidade.

BIDI (09 Abril 2012)
O Absoluto não tem causa; querer procurar uma causa manda-o de volta a essa causalidade e consequentemente à Dualidade; a causalidade apenas permite explicar este mundo; a causalidade permite explicar as leis da acção/reacção, as leis da Alma, mas, jamais a lei do Absoluto; a causalidade não pode, então, estar inscrita no seio do Absoluto; colocar-se como Absoluto vai levá-lo às portas do que o ego chama o “nada” e depois viver a experiência que é Absoluta. ▬ Desde que o ser humano inscreveu sua consciência, dentro das esferas do Absoluto, a história não tem mais sentidoa história não é mais que uma hipótese querendo dar ao mental, a certeza que ele pode explicar o presente através do passado; ora, nenhum presente é explicado pelo passado; aqueles que tendem a querer que a história se repita vão criar cerimónias, comemorações, aniversários que mantêm o peso do passado no seu próprio presente; enquanto o presente for colorido por um qualquer passado, vocês não podem pretender a Unidade e o Absoluto ou viver o Absoluto; o Absoluto não está presente senão no momento; o único meio de encontrá-lo é viver o momento, na totalidade; não há passado, não há futuro; a única maneira de tocar o Absoluto é parando o tempo (o tempo linear);saiam, então, de toda a história, pois vocês não são uma nem nenhuma história; alimentar uma históriaalimentar uma lenda pessoal, afasta-os do Absoluto e da Verdade; reviver não faz nenhum sentido para o Absoluto. ▬Pergunte apenas a si mesmo: “o que sou eu”?; e quando vir que não pode definir o “o que sou eu” ou “Eu sou”, você trocará o “Eu sou” pelo “não ser” o que quer que diga o ego; esta aproximação do Absoluto é de uma lógica implacável;esta pesquiza irá conduzi-los além de toda a manifestação, além do ser e do não ser, para estabelecê-los, num primeiro tempo, dentro do “não ser” no qual existe o Ser e que confere o Absoluto. ▬ O não julgamento traduz-se em não carregar um olhar separado e dividido; não há melhor maneira de viver o Absoluto. ▬Vocês não são nem esse corpo, nem essa alma, nem esse espírito, nem essa vida, nem esse passado; vocês são a Vida. ▬ A lei da acção/ reacção vai fazer tudo para mantê-los nas suas redes; ela dá-lhes a compreender as leis da encarnação, do carma, da astrologia, da energia; mas eu terminarei dizendo que você está para além de toda a causalidade. ▬ O Absoluto não é um mundo; ele não é um universo, nem mesmo um multiverso; ele está para além de tudo que é criado; ele é o suporte de toda a criação. ▬ O que foi aberto ao nível da Luz (o Despertar e a Realização do SI) não foi um erro, mas sim uma grande etapa em direção ao Absoluto; o Despertar para o Absoluto (que sempre esteve lá) chegou mais facilmente, hoje, pelo desaparecimento das franjas de interferência do astrala questão não é viver o Absoluto, mas ser o Absoluto; a melhor atitude é a espontaneidade da criança; é a única que está, totalmente, imersa na experiência; sem julgamento, sem um ponto de referência, sem projecção. ▬ É preciso esvaziar-se, é preciso deixar-se lavar e limpar; esta fase é mais ou menos longa; ela implica alguma forma de neutralidade; a casa está limpa, você pode, então, Desposar o Seu Duplo; neste estado de vazio instala-se o Absoluto; esvaziar-se é o que é chamado o abandono do SIo vazio é a plenitude, a plenitude é o vazio; essas duas palavras são aquelas que melhor representam esta fase anterior ao Último;antes de tudo não faças nada, sobretudo não empreenda nada; mas não se impeça de fazer as suas obrigações; acima de tudo não julgue; aproveite e disfrute esta fase porque é um prelúdio do Casamento Místico; deixe acontecer, completamente. ▬ A Dimensão não é senão uma representação, uma gama de Vibrações, uma gama de exploração da consciência;se você é o Absoluto, tem a flexibilidade e a Liberdade de morar nele, ou manifestar-se em qualquer Dimensão. ▬ Não suponha nada do Absoluto, porque tudo que venha a supor só poderá ser estabelecido através da sua experiência e do seu conhecido;não projecte nada sobre o Absoluto, porque ao projectar está a afastar-se dele. ▬ A refutação do que não é, está para além da aceitação; a refutação é um acto activo, a aceitação é um acto passivoa refutação é uma dinâmica, é essa investigaçãoessa investigação não é um jogo mental, mas sim, um exercício espiritual. ▬ Fixe-se sobre o seu próprio mecanismo de observação, e não sobre o que é observado; você vai encontrar o observador, e vai perceber que não há mais observador, mas apenas as coisas observadas; e que o observado não passa de uma projecção de uma outra coisa, que está por trás do observador; naquele momento você poderá bascular; não antes; a melhor maneira é não fazer nada, é deixar acontecer e sair, mesmo, da dinâmica da observação, do que é observado, do próprio observador. ▬ O que é para estabilizar, é o que já está estabilizado e o que nunca mudou ou desapareceu e que é o Absoluto: aí onde não há mais observador, o observado e aquele que está por trás do observador.

BIDI – PARTE 1 (13 Abril 2012)
A 1ª Vantagem de ser Absoluto: o EU e o SI não poderão vos satisfazer, de forma alguma, para além da duração da vida; a 2ª Vantagem de ser Absoluto: no Absoluto não existem flutuações como existem na vida (um dia feliz, outro dia infeliz). ▬ Vocês passam o tempo de um estado para outro estado, de um centro de interesses para outro centro de interesses; o Absoluto responde de uma só vez a todas as vossas interrogações. ▬ Precisam de deixar as muletas, precisam de deixar tudo aquilo a que pensam ter chegado; vocês não chegaram a lado nenhum, porque não há nenhum lado a onde chegar. ▬ Não te oponhas ao teu próprio mental, porque o reforçarás cada vez maisesse é o jogo que jugaste durante dezenas de anos; o EU/jogo terminou; não te oponhas a eleele será sempre mais forte do que tu, no seio do ego; então, não o escutes; não lhe respondas; não lhe atribuas nenhuma validade; constatarás que, pouco a pouco, ele se soltarárefuta-o sem te opores. ▬ Quando tomarem consciência de que não são, nem o décor, nem a cena, nem o actor, nem o espectador, nem o teatro, o que restará? O que vocês são, além de toda a fraude. ▬ O Bem é construído através da experiência deste mundonenhuma experiência deste mundo é a experiência do Absoluto, porque o Absoluto não será, jamais, uma experiência. ▬ A maior das angústias ocorre quando nos apercebemos de que não somos, nem o actor, nem o décor, nem mesmo o teatro no qual se desenrola esta hipotética peça de teatro, que é uma tragédia; mas, se viverem o Absoluto, isso não será jamais uma tragédia; mas antes uma comédia. ▬ Há que deixar agir, que deixar fazer, nada dirigir e, a um dado momento, espontaneamente, no seio do SI, a Onda da Vida se tornará o que tu Ésnesse momento, nenhum limite e nenhum fim será vivido como realo mais assustador é aceitar nada mais fazer, nada mais olhar, a fim de que a Onda da Vida se apodere de ti. ▬ É preciso inverter a noção de movimento: não és tu que vives a Onda da Vida, mas a Onda da Vida que te vive; isso mudará tudo;como vos disseram os Anciãos, permaneçam tranquilos e em Paz. ▬ Quando a Onda das Vida trabalha, não trabalhes, não te ocupes disso; não a refutes, vai para além disso.

BIDI – PARTE 2 (13 Abril 2012)
O sono, o vazio, a impressão de não ter lógica participam de uma espécie de início para o Absoluto. ▬ Todo o desejo é feito para ser satisfeito, mas quando é satisfeito nasce um outro desejo; eis, então, a estupidez da procura espiritual; não há nada a procurar; não há nada para encontrarpercebam isso. ▬ O que quer que faça ou não faça, o mais importante é que perceba que você não é nada do que foi realizado. ▬ Lembrem-se que o Absoluto não é uma consciênciaa consciência é já uma projecçãoe toda a projecção encontra afinidade com outra projecção, isto é, com uma consciência. ▬ O Absoluto não é um movimento; o movimento percebido pela acção da Onda da Vida é o reajustamento do ego, ao SI, ao Absoluto; o Absoluto É imóvel.

BIDI – PARTE 3 (13 Abril 2012)
A Vibração vai se tornar mais intensa até que o ego (ou o SI) capitule; naquele momento, vocês não serão mais esse corpo, mas todos os corpos. ▬ Você não pode representar ou conceber o Absoluto como qualquer coisa a que deva chegar, ou como um estado em que se deve estabelecer; ele já está aí; ele já está estabelecido; ouse dizer: «Eu sou o Absoluto». ▬ Há uma necessidade visceral do ego querer reconduzir tudo ao conhecido; o Absoluto não é conhecido, nem pode ser conhecido; ele apenas pode ser vivenciado; é o momento em que cessa toda a projecção e cessa toda a vontade de identificação com um corpo, com uma história, com uma vida passada e com um mundo. ▬ O Absoluto está sempre presente; ele torna-se presente, a partir do momento em que estiver vazio de Si, e não antes.
 ▬ «Eu sou UM» conduz ao SI, à experiência do Despertar e à Realização; mas, o Absoluto nada tem a ver com o Despertar, com a Realização, ou com o SI, já que o Absoluto é o «não SI». ▬ O Absoluto é a desconstrução total de tudo que foi construído.
▬ «Eu sou o Absoluto» não é um procedimento, nem uma afirmação; se prenunciar a frase «Eu sou o Absoluto» sem o ser, constatará muito depressa a mentira; ousar ser o Absoluto é sê-lo; o ego irá, sempre, recusar prenunciar esta frase; tente e verá. ▬ Mesmo no Êxtase, qualquer que seja a duração, a permanência ou a irregularidade, isso não o autoriza a estabelecer-se, de maneira definitiva, no «não SI»; isso significa que o Absoluto está aí; porque leva algum tempo a atingir o ponto de inflexão, o ponto de basculamento, ou seja, para estabelecer, totalmente, a transcendência.

SUMÁRIOS DE OURTRAS CANALIZAÇÕES

ARC. ANAEL (09 Abril 2012)
Todos os preparativos da Terra terminaram; todos os preparativos do seu corpo terminaram; resta manifestar a Alegria mais Absoluta no Casamento Místico da Terra e do Sol. ▬ A Realização foi uma etapa de consciencialização do SIisso foi denominado o Despertar ou a Realizaçãomas nem o Despertar, nem a Realização podem conferir-lhe a Liberdade final, a Liberdade total ligada ao Absoluto e ao Último; isso passa necessariamente pelo Abandono do SI; o Abandono do SI representa o momento chamado de Crucificação e Ressurreiçãoele está directamente conectado, à abertura da Porta KIRISTI; o Abandono do SI representa o Casamento Místico consigo mesmo. ▬ Nós os convidamos a Abandonar o próprio SI, a deixarem-se Desposar, a deixarem-se penetrar pela Onda de Vida; a isso são chamados de maneira irreversível de diferentes formas; pela própria Onda de Vida e pela capacidade nova de comungar com cada Irmão e Irmã, com cada Arcanjo, com cada parcela da Eternidade. ▬ Só o olhar que estava separado pode acreditar na sua própria separação; hoje, o tempo da separação terminouhoje, mais do que nunca, o seu futuro está inscrito no Absoluto; vocês não estão separados do que quer que seja, há apenas a personalidade, às vezes ainda presente, que pode separar e estabelecer limites a esta União, a esta Verdade. ▬ Vocês irão conservar esta carne até ao momento em que a Terra tiver decidido; vocês irão permanecer nesse corpo, mas não estarão mais limitados por esse corpo, até ao momento em que esse próprio corpo se tornar Transparentenada mais há a temer, nada mais há a conquistar, há apenas o render de armas da personalidade e do SI. ▬ O momento chegou e é agora; o momento colectivo da Terra é possível a cada sopronão procurem a data porque a data chegounão procurem mais o momento porque cada momento corresponde a isso; resta-lhes deixar ser o que São; resta-lhes beneficiar do que São neste efémero; o Absoluto revelou-se a alguns de vocês; ele irá revelar-se para muitos, gradualmente à medida do tempo. ▬ A época da Páscoa passou, resta agora viver esta Primavera, esta Ressurreição de si mesmos que os conduzirá ao Verão; muitas coisas irão transcorrer em vocês como neste mundo. ▬ Muitos dos seus Irmãos e Irmãs, vão se despertar, vão entrar em rebelião porque têm medo; e, vocês são aqueles que vão amenizar os medos; vocês fazem parte daqueles que, pela sua simples Presença, sem qualquer alinhamento, sem qualquer vontade pessoal, vão trabalhar para a Liberdade. ▬ O contacto, a Comunhão e a Fusão irão se estabelecer por uma modificação importante da Onda de Vida, da sua propagação neste corpo e, também, pela modificação intensa dos diferentes sons, aumentando e amplificando o estado de Êxtase. ▬ A Comunhão tornar-se-á cada vez mais fácil sem, no entanto, que os corpos se toquem; a carne é transcendida, ela é Transmutada, ela é chamada a viver sua Transmutação e sua Ressurreição nos espaços de Cristal da 5ª Dimensão e de outras dimensões. ▬ Não há mais limites, não há mais barreiras, excepto aquelas que vocês ainda permitiram e que vão se dissolver por elas mesmas; não procurem alguma doença, não procurem alguma desculpa, não procurem algum alibi porque tudo está aí, tudo está consumado. ▬ Nós somos UMportanto, enquanto Arcanjo ANAEL, eu os convido a este Banquete Celesteo Banquete chama toda a gente; então, abandonem o SIo abandono do SI é um canto; se prestarem atenção, irão constatar que, assim que se aproximam de outra consciência, em Espírito, em Verdade, o seu som modifica-se e amplifica-se. ▬ O corpo não será mais um obstáculo, nem mais uma prisão, mas, sim, o local onde se realiza este Último, este Absoluto. ▬ A refutação é o princípio que consiste em se desviarem de tudo que não é proveniente do Amor; existem circunstâncias prévias que implicam olhar com lucidez e clareza, tudo que não é do Absoluto; quando tiverem eliminado o que não é do Absoluto, ou seja, tudo que conheceram, então, nesse instante poderão desposar o Absoluto, inteiramente; esta refutação é, apenas, um exercício, dito espiritual. ▬ Vejam a refutação com Amor, sem julgamento, sem um olhar crítico, simplesmente aceitando: vocês não são esse corpo, nem esses olhos, nem essa doença, nem seus filhos, nem sues pais, nem mesmo esta vida que vivenciaram; refutem isso e a Onda da Vida irá se lançar sobre vocês.

OMRAAM (09 Abril 2012)
Vocês não podem conhecer o Absoluto se não penetrarem na Onda da Vida; num primeiro momento é a Onda da Vida que vos penetra; é o Duplo que vos penetra; depois é preciso que penetrem o Duplo; isso não acontecerá só num sentido; isso acontece nos dois sentidos. ▬ Vocês podem estar em múltiplos lugares e múltiplas Dimensões ao mesmo tempo; vocês não estão localizados, é o espaço/tempo em que vivem que vos localiza nesse corpo; vocês não estão localizados, mas para o vosso cérebro é impossível entender; vocês são muito limitados; você pode estar, ao mesmo tempo, no seu corpo e unificado com outra consciência noutro lugar, e com dezenas de consciências, simultaneamente; você não é mais tributário de uma forma; quando se dirige para o Absoluto, não há mais distância entre o SI e os outros SI; então, pode estar nesse corpo, como no corpo de um Arcanjo, como no corpo de um Irmão ou Irmã; não há mais pertença a uma identidade fixa. ▬ Até agora, vocês tinham o hábito de ser o único inquilino desse corpo; é necessário que pensem que não são mais o único inquilino; lembrem-se: no SI, já, nada está separado; todos aqueles que estão ligados à sua pequena pessoa e que querem proteger os seus domínios, ainda não estão prontos para viver isso; porque têm a impressão de ser violados, terão muita dificuldade para viver a Onda da Vida. ▬ A vida sexual, com a Onda da Vida, é muito perigosa: há uma actividade espontânea da kundalini que vai gerar processos energéticos muito violentos. ▬ Há uma amplificação: as energias estão aumentadas, tanto no alto, como em baixo; isso pode dar muitas vibrações ao nível do corpo; têm a impressão que a caixa torácica se move, ou que os órgãos genitais começam a mover-se internamente; há seres que vão começar a viver vibrações cada vez mais importantes: é a Transmutação da matéria; é a Ascensão; é o planeta grelha antes da hora; é necessário que as células se transformem, para quem vai partir com o corpo; esta é uma regeneração total do corpo etérico. ▬ As necessidades fisiológicas estão profundamente modificadas; há quem vá rejuvenescer, enquanto outros vão envelhecer. ▬ Uma vez que entram num processo de elevação da Onda da Vida, vão constatar que o som se amplifica. ▬ Para viver a Onda da Vida é melhor não comer à noite, porque é quando estamos deitados que ela é mais forte, na fase de instalação; o Êxtase é mais fácil com o estômago vazio do que com o estômago cheio. ▬ Lembro de que tudo foi completado, de um modo magistral, ao nível da Ancoragem de Luz, foi qualquer coisa de magnífico (o que conseguimos para evitar sofrimentos, sobre a Terra, é extremamente importante)rendam graças, porque é extraordinário terem tempo para se prepararem; não sejam impacientes; muito pelo contrário; como lhes disse Maria: “o tempo dos profetas e das profecias foi amplamente cortado”; a Onda da Vida é a recompensa que lhes dá a Terra pelo trabalho que completaram.


IRMÃO K (10 Abril 2012)
A consciência é um meio que permite a percepção, através da distância existente entre o sujeito e o objectoé a distância que cria a percepçãoesta percepção apoia-se num suporte que é o corpoa percepção pode também ser assimilada a uma mudança de gama de frequências daquilo que é percebidoa percepção é a base da mudança, que faz passar de um estado a outro estado, de uma etapa a outra etapapodemos dizer que a percepção no limite, cria o mundo e, que a «não percepção» faz desaparecer o mundo. ▬ Todos os estados de Luz são expansões da Consciência, levando a viver uma Consciência diferente, Unificada ou Unitária. ▬ Viver o Absoluto leva-vos a considerar as percepções como um elemento relativo, quaisquer que sejam as etapas, de expansão ou de contraçãoessas etapas participam num movimento. ▬ Se aceitarem realizar as pesquisas que vos foram indicadas, vocês irão aperceber-se que, a um dado momento se propõem à «não percepção»; é um mecanismo onde vão consciencializar-se que existe qualquer coisa que é imutável; que não é mais nem uma percepção nem uma consciência, mas que é de qualquer maneira a trama que contém tudo o resto; nesse momento, vocês identificam, claramente, que existe qualquer coisa que nunca se moveu, que sempre esteve lá, que é uma «não percepção». ▬ As circunstâncias muito particulares da Terra, fazem com que não possa existir diferença, entre aquele que percorre a outra margem, que se estabelece no Absoluto, e aquele que não vive nada; não porque ele não acredite ou rejeite, mas porque a capacidade não nasceu nele: não há possibilidade de percepção e, portanto, de mudança; essa «não percepção» pode representar um trunfo, no sentido em que estão virgens de percepções diferentes; ou, então, vocês estão tributários de contração, de medos e angústias, de dúvidas; neste caso, peço-vos que aceitem que não São isso; é neste sentido que os diálogos com BIDI são para vos fazer descobrir o ponto de Basculamento. ▬ O problema que mais vos autolimita é acreditarem ser esse corpo, essa procura, essa vivência. ▬ Lembrem-se que a Onda da Vida não diferencia uma árvore, dum ser humano e de um pássaro: ela é a mesma para toda a espécie de vida, quer essa espécie a reconheça ou não, a viva ou não. ▬ Lembrem-se que todos os obstáculos não são vocês, mas antes todas as crenças que ainda estão presentes: aquilo que acreditam e que não é o Infinito, nem o Absoluto. ▬ Mais do que nunca é preciso que aceitem que não são, de forma nenhuma, esse passado que viveram; é preciso desembaraçarem-se das vossas percepções passadas, independentemente da forma como isso vos afecta; porque essa percepção do passado impede-vos de viver a parcepção Presente. ▬ Se a Onda da Vida não nasce e se, hoje, nenhuma percepção emerge, é apenas uma questão de posicionamento, de colocação. ▬ Lembrem-se que é sempre o olhar sobre vocês mesmos que vos condiciona: é o peso das crenças, o peso da experiência passada, que vos priva da experiência presente. ▬ De facto, não são vocês que passam para o outro lado, é o outro lado que vem até vocês, espontânea e naturalmente; vocês não se deslocam, simplesmente deslocaram o olhar. ▬ Aos que não vivem a percepção, tenho necessidade de vos dizer: não se ocupem da percepçãomas, ocupem-se do que percebido em relação ao vosso passado e que vem entravar o que é para viver.

GEMMA GALGANI (10 Abril 2012)
Eu venho como Estrela da Unidade tentar desenvolver o que pode representar, traduzir e manifestar o que é o Casamento Místico; ele representa uma forma de transcendência final da carne (desse corpo), um encontro íntimo consigo mesmo, com o outro, com o Cristo. ▬ O Casamento Místico é um Encontroum Encontro que marca a ferro quente a consciência e o corpo e desemboca na vivência do Absoluto; o Casamento Místico conclui-se numa passagem (última) entre a Dualidade e a Unidade. ▬ O Duplo vai se aproximar de um modo imprevisto, sem nenhum desejo, num momento que não depende de vocês, de uma meditação ou de um estado particular; a maioria das vezes, isso irá coincidir com o momento em que a Onda da Vida ou o Êxtase, parece encanta-los e levá-los para além de onde estão, para além do corpo. ▬ No corpo existe uma porta de entrada do Duplo; e a maioria das vezes essa porta está situada atrás das costas; tudo que chega por trás pode criar alguma surpresa; há, de facto, uma Presença que está atrás de vocês, e que vos convida a tornarem-se ela e a esquecerem-se do que são; isso por vezes acciona dúvidas e questões; estas podem traduzir-se no medo de se perder; mas a mordedura do Amor é intensa porque, nesse momento, o Coração vive um abrasamento no Fogo, um calor, uma Vibração, um tremor em todo o peito (ou nas costas), um tremor intenso, no qual as células participam, no qual todo o peito estremece; o Duplo vai perguntar se querem Desposá-lo;nesse momento surgem dois mecanismos: uma tensão e, simultaneamente, um medo de perder-se juntamente com um sentimento de não existir senão através do Outro. ▬ O Duplo, essa presença, parece crescer cada vez mais e ocupar o espaço do Coração, das costas e de toda a carne; a carne é realmente Desposada e transformada, de maneira íntima, nesse momento; o corpo inteiro é percorrido por calafrios, Vibrações, tremores; acontece, também, nesse momento, que a consciência parece sair para fora do corpo, destacar-se para que possam ver todos os momentos passados das suas vidas (que precisam de renunciar). ▬ O Duplo pode também tomar o aspecto de um Irmão ou de uma Irmã que vive o mesmo processo. ▬O medo do Nada, o medo da Dissolução vai ocupar todo o espaço, ao mesmo tempo que um Amor indizível vos enche e preenche. ▬ O Êxtase, como uma onda, que varreu tudo na sua passagem, devastou tudo que acreditavam ser, até ao presente; cada respiração pode durar uma Eternidade; assim o Casamento Místico pode ser consumado, ou não; ele reflui e volta às vezes; até ao momento em que o seu sim é um sim convicto, sem outra hipótese além de tornar-se o Outro, sem vontade de separação do que quer que seja; se tal acontece vocês têm a percepção de ser a Onda da Vida, que é ao mesmo tempo uma Presença, que parece fundir-se com o Universo, com todos os seres humanos, com todas as consciências existentes em todos os lugares; o Todo é de tal modo vasto, de tal modo intenso que parece impossível contê-lo no espaço e nos limites da carne do corpo;deixa de saber separar o Êxtase de qualquer sofrimento; o Apelo do Amor, do Duplo, é muito mais forte do que tudo aquilo que é possível e imaginável; a gama das percepções afoga completamente a consciênciae, a um dado momento, as barreiras cedem: não há mais barreiras, não há mais obstáculos; tudo que era passado (que pôde ver) desaparecenão há mais interrogações sobre o futurodeixam de saber o que é o passado e o que é o futuro; vocês estão simplesmente nessa União, nesse Deslumbramento; deixam de saber se são aquele que morreu ou se são o Outro que nasceu em vocês; tudo o que foi enunciado pode acontecer de uma vez só, ou reproduzir-se durante tempos intermináveis; neste último caso, até ao momento em que o Casamento é consumado, sempre que o Outro se afasta, o sentimento de vazio é cada vez mais intenso; e então, pouco a pouco, a Paz substitui tudo isso; vocês tomam consciência de que são inteiros e de que não são mais o que eram; vocês tornam-se a Onda da Vida, o Absoluto. ▬ A palavra Amor torna-se uma possibilidade de Ser; o corpo não vos perturba mais; vocês amam indiscriminadamente (todas as consciências são iguais); torna-se impossível, pararem com essa União; vocês estão plenamente no corpo, mas não são esse corpo; vocês estão, efectivamente, marcados a ferro quente; mesmo o estado de Êxtase torna-se pacífico, enquanto cresce em intensidade e potência. ▬ Os condicionamentos da personalidade, da sociedade, não permitiram preparar-vos para isso. ▬ Tudo isso pode passar-se no espaço de um segundo como pode reproduzir-se durante dias e semanas; não existem regras. ▬ Nunca mais serão submetidos, ao condicionamento, ao mental, à sua história, às suas emoções, às dúvidas; nunca mais a falta poderá ser imaginada. ▬ O Duplo será totalmente integrado; o seu olhar será capaz de abrasar o Irmão ou a Irmã; essa consumação vai mudar todas as vossas relações, tudo que está presente na vossa vida; vocês não podem fazer outra coisa senão sorrir e ter o mesmo brilho de Amor nos olhos. ▬ Não há idade, não há restrição alguma, que possa limitar ou impedir isso, a não se vocês mesmos.



OMRAAM (11 Abril 2012)
Eu tinha uma mensagem a dar-lhes, da parte dos Anciãos: «preparem-se»; é uma preparação interior para as Núpcias Místicas porque o Sol tem encontro com a Terra. ▬ Rezem para que os três dias não aconteçam agora; quanto mais tudo está desfasado, melhor é; com um pouco de sorte, isso acontecerá de um momento para o outro, sem que nada aconteça antes. ▬ Bebam muitobebam muitos líquidos, ou sumos de frutasabsorvam líquidosvocês têm necessidade de muita água.


MA ANANDA MOYI (11 Abril 2012)
Eu vou tentar traduzir-lhes a sua Passagem que vai levá-los a viver o Último e o Absoluto; Passagem e Transcendência que vai conduzi-los da Unidade ao Êxtase do Último. ▬ Chegará o momento em que a retração da alma poderá fazê-los dizer(na personalidade e no SI): «que bom»; o essencial é pôr fim à distância entre vocês e tudo o resto. ▬ A passagem da Alegria ao Êxtase não é uma simples passagem: trata-se de uma Transcendência; vários Anciãos lhes disseram para, nesses momentos, nada fazer, ficarem tranquilos, e nem, mesmo, tentarem observar; o mais simples e o mais difícil, é nada fazer. ▬ É preciso, de algum modo, aceitar nada fazer e tudo doar, sem qualquer reflexão, sem qualquer condição. ▬ A partir do momento em que se doam e renunciam, na totalidade, a partir do momento em que dizem «sim», então o Casamento Místico ocorre e dá-lhes o Tudo e a Totalidade; é o momento em que tudo deve ser deixado; é o salto no vazio, na angústia, na Dissolução. ▬ Quando a consciência mais Desperta se projecta e transparece, então o salto pode ocorrer de maneira instantânea. ▬ É-lhes preciso tudo perderem para se tornarem esse Todo que São, desde a Eternidade. ▬ Nenhum conhecimento vos será útil; o conhecimento, na personalidade e no SI, é ignorância para o Absoluto;é apenas quando aceitarem a vossa própria ignorância que a Onda da Vida e o Absoluto vos fecunda. ▬ Não podem pretender ser alguma coisa, aí na Ilusão, e pretender o Absoluto; quanto melhor aceitarem nada ser, fundirem-se no que chamam de «nada», melhor se realizará o Absoluto. ▬ Pouco a pouco nós vos levaremos e conduziremos diante deste Último; ele é, totalmente, vazio; são vocês que são o vazio enquanto permanecerem na personalidade. ▬ Hoje podemos dizer que para viver o Absoluto não têm de meditar. ▬ Favoreçam tudo que os fará permanecer tranquilos; digam que neste período específico da Terra, nada há a procurar, nada há a buscar, nada há a manifestar; em primeiro lugar Ser e, depois, Nada Ser; este depois não está separado.

UM AMIGO (12 Abril 2012)

O YOGA DA ETERNIDADE. ▬ Hoje, eu desejo apresentar-lhes o Yoga da Eternidade que é tudo, excepto um ensinamento. ▬ O Yoga da Eternidade dirige-se à Verdade, ao que está atrás de quem escuta, ao que está atrás de quem observa, ao que está além do que vão ouvir. ▬ Cessem de procurar o que quer que seja porque vocês São, em verdade, o que procuram; aliviem-se de tudo que não é do AQUI e AGORA. ▬ A Verdade Absoluta apenas pode ser concebida através de verdades relativas, servindo-se delas para subir, até ao momento em que a escada pode ser rejeitadavocês estão nesse momento, individualmente. ▬ Mantenham-se tranquilos; cultivem a imobilidade, a serenidade, a tranquilidade e não apenas a imobilidade do corpo. ▬ Pratiquem os gestos e as focalizações que lhes pareçam uteis; mas, assim que isso for focalizado, têm de perceber que não são isso, tão pouco. ▬ Lembrem-se de que não são vocês que procuram o Absoluto, mas que é o Absoluto que se revela porque ele sempre esteve aí. ▬ Repousem; trabalhem apenas o necessário e o que a vida lhes pedir; repousem, não somente no facto de nada fazer, mas também no facto de nada ser. ▬ Olhem além do que lhes é dado ver. ▬ Naquele momento, tomem consciência de que nada há a observar e deixem a própria consciência se dissolver nesse vazio, assumir a sua própria dissolução; deixem desenrolar o que absolutamente não lhes diz respeito. ▬ A Onda da Vida vai evoluir; deixem que o movimento se estabeleça, permanecendo na imobilidade; assim que o movimento tiver atingido todo o corpo, deixem a Onda da Vida penetrá-los e penetrem-na. ▬ Vocês nada são do que chega porque o Absoluto não tem que chegar: ele fica apenas na retaguarda, estando por toda a parte. ▬ O que quer que o corpo, ou a Vibração, ou a consciência, diga a vocês, nada escutem, nada façam, nada aceitem. ▬ A impressão que têm do outro lado é também uma ilusão, porque não são vocês que passam para o outro lado, mas o Absoluto que os penetra e fecunda; que o Duplo esteja aí, ou não, deixem fazer, deixem Ser. ▬ Fiquem cada vez mais imóveis, lúcidos e, sobretudo, mais Transparentes; deixem passar tudo que passa: não parem nada; vocês estão quase lá; a Eternidade, o Absoluto, vai começar a aparecer. ▬ Não parem; assim é o Yoga da Eternidade; além de toda a vigilância, de toda a prática, de todo o querer; isso não é um trabalho, nem um exercício; é a estria Verdade, o estrito Absoluto. ▬ Não escutem ninguém, nem dentro, nem fora; mas não se fechem; permaneçam Transparentes; não julguem.

ARC. ANAEL (14 Abril 2012)
Vocês estão no nível da Ressurreição e não da Crucificação; é o momento em que Ele disse: “não me toquem, ainda não estou entregue ao meu Pai”. ▬ O objectivo não é reforçar a consciência; enquanto há consciência, há um observador, há uma testemunha; enquanto há um observador ou um testemunho, não pode existir o Absoluto. ▬ A Onda da Vida sobe e sai pela cabeça, ao nível do que é denominado a Fonte de Cristal, então realizando o exercício chamado Tantrismo Sagrado. ▬ Os Mestres ascendidos pertencem à loja negra; isso já foi explicado; os Mestres ascendidos apenas ascenderam no seu ego; esses são os ensinamentos da Alma, não os ensinamentos do Espírito e muito menos o acesso ao Absoluto; esses foram os de aprisionamento; eles nunca foram válidos, embora justos e verdadeiros, mas a finalidade é falsa; o único objectivo é criar e manter a prisão da Alma e em nenhum caso libertar a Alma e muito menos o Espírito; eles alimentaram o mental e o ego; não existe ninguém que tenha seguido estes ensinamentos e que tenha sido libertado; ele está acorrentado a um materialismo intransigente; eles não representam senão a matriz astral e um auto aprisionamento no brilho do ego, mesmo ao nível do SI; eles aprisionaram-se no livre-arbítrio e no carma que apenas existe para a personalidade; o carma não existe para o SI.

IRMÃO K (14 Abril 2012)
O Absoluto é o que é desconhecido, ilimitado, incognoscível, não perceptível e incapaz de consciencialização. ▬ O Desconhecido não é um lugar a onde ir(apesar de lhe ter chamado a Outra Margem), mas, sim, a Outra margem, o Desconhecido que vem ter com vocês, quando todo o conhecido se dissolver e desaparecer; o conhecido é tanto a história e a memória da pessoa, como o conjunto dos afectos, das emoções, das ideias, das concepções e das perceções de um indivíduo, a dado momento. ▬ Em momento nenhum o Absoluto e a Liberdade podem ser apreendidos, já que não são nem etapas, nem estados, mas, sim, uma outra realidade. ▬ É muito delicado para o ego (para o SI ainda mais) ousar desenvencilhar-se de tudo que foi conquistado, experimentado e manifestado, gradualmente à medida que era descoberto. ▬ O Absoluto não é para ser concebido como um objectivo, porque jamais será um objectivo; é um estado (para além de todo o estado) que ocorre a partir do momento em que vocês estão vazios de tudo que está ligado à personalidade, e mesmo ao SI. ▬ Se vocês fossem capaz de permanecer tranquilos, em paz, o Absoluto revelar-se-ia naturalmente e entrariam nos espaços da Liberdade onde a consciência não existe. ▬ O mais importante é a experiência ou o conjunto de experiências que vão aproximá-los do Absoluto. ▬ Vocês estão na posse de todos os meios uteis, necessários e suficientes, para aceder a esta finalidade (o Absoluto), que acede, na realidade a vocês; não faça disso uma obrigação. ▬ Quando lhe foi pedido para nada fazer, pedimos-lhes, na realidade, para deixar a vida fluir através de vocês. ▬ Lembrem-se, também, de que o Absoluto jamais seria uma procura, mas a antítese da procura. ▬ O Absoluto jamais será um estado ou uma etapa: ele apenas representa a quintessência de um caminho espiritual daquele que caminhou muito tempo e que descobre a insatisfação de não ter respostas. ▬ O Absoluto já está aí, ele não pode ser expresso, nem mesmo tomado pela consciência. ▬ O maior dos paradoxos é aceitar, simultaneamente, a encarnação, mesmo sabendo que isso é destinado a se transformar; enquanto existir um processo de negação do que quer que seja vivenciado, não podem aceder ao Absoluto. ▬ Não há qualquer vontade expressa por aqueles que vivem o Absoluto; este é um estado particular onde a consciência é transcendida, onde não existe qualquer consciência, qualquer obstáculo; a Transparência e a Espontaneidade são a Verdade de quem se estabelece nisso. ▬ Se não vivem a Onda da Vida não a procurem porque ela não pode ser obtida; a única maneira de lá chegar é esvaziar-se de tudo que, até agora, podia representar um sentido de honra, de dever e de serviço. ▬ Quanto mais permanecerem na neutralidade, mais acolherão o que chega e mais rapidamente terminarão com a personalidade e com a individualidade. ▬ Logo que consciencializem o Absoluto, irão constatar que se torna mais fácil estabelecer, comunicações, Comunhões, actos de Amor e, independentemente da presença com quem Vibram, começam a unificar-se com a outra consciência. ▬ O mais importante neste período, é tentar permanecer centrado; quer estejam instalados no EU, no SI ou no Absoluto; o mais importante é não brutalizar esse corpo, o mais importante é liga-lo à natureza, dedicando-lhe algum tempo. ▬ É importante deixar viver o que é para viver, sem qualquer avidez, sem qualquer reivindicação. ▬ Se aceitarem fazer silêncio irão constatar, facilmente, a mudança de olhar prestes a ocorrer, a mudança de ponto de vista. ▬ Independentemente do que a vida lhe oferecer, será preciso ir no sentido do fluxo, porque toda a resistência é em vão, quaisquer que sejam os acontecimentos, porque todos eles contribuem para estabelecê-los na Beleza, na Verdade. ▬ Lembrem-se que este tempo não é mais para qualquer conhecimento exterior; é o tempo da urgência absoluta (sem precipitação e tranquilos) para descobrir os espaços de Paz, os mais absolutos, com ou sem a nossa Presença. ▬ Chegará um momento em que toda a noção de consciência irá desaparecer, quanto mais penetrarem neste silêncio, neste estado que antecede o Último. ▬ Lembrem-se de que cada coisa está no seu lugar correcto, assim como vocês; vocês estão estritamente no lugar correcto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo!Namastê

SEJA BEM VINDO AO NAMASTÊ



OLÁ PESSOAL!!

ESPERO QUE VOCÊS ENCONTREM OS ASSUNTOS QUE PROCURAM E POSSAM AJUDÁ-LOS DE ALGUMA MANEIRA, POIS ESSE SITE FOI FEITO PARA TODOS NÓS ,QUE BUSCAMOS CONHECIMENTOS E SABEDORIA PARA PODERMOS ESTARMOS EM SINTONIA COM A NOVA ERA !
BOM DIVERTIMENTO À TODOS!!

NAMASTÊ

Only Message Esoteric Here!!

DEARS BROTHERS AND SISTERS!! Each day come and take a few minutes of your attention and emanation of light to Gaia and so we have a stream of people pouring love and light to all mankind and Gaia! Only write in this box and know that every brother participates and the number of people sending their energy for our beloved planet! Kisses in the heart of each brother, lightworker! OR COMMENTS OF POSTS HERE! NAMASTE-NOVAERA

TESTE PSICOLÓGICO JAPONÊS

IMPRESSIONANTE TESTE PSICOLÓGICO JAPONÊS. Clique aqui: http://www.ociocriativo.com.br/trivias/pub/teste1.htm http://www.ociocriativo.com.br/trivias/pub/teste1.htm

PARTICIPE DESSE MOMENTO DE ORAÇÃO

PARTICIPE DESSE MOMENTO DE ORAÇÃO

Like -FACEBOOK

AMADA MARIA E JESUS CRISTO

Ocorreu um erro neste gadget