RETORNO

AMADOS! DEPOIS DE UMA PARADA ,RETORNAMOS REVIGORADOS E CADA VEZ MAIS CERTOS EM CONTINUARMOS NOSSA APRENDIZAGEM.NESSE PERÍODO SOMENTE FORAM POSTADOS MENSAGENS EM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK,NA QUAL PARTILHAMOS ASSUNTOS TÃO RELEVANTES NESSE MOMENTO DE TRANSIÇÃO!VAMOS EM FRENTE QUERIDOS EM NOSSA CAMINHADA COM AMOR ,LUZ,FÉ E DEUS EM NOSSOS CORAÇÕES! NAMASTE

domingo, 20 de novembro de 2011

MUDANÇAS ESSENCIAIS ESTÃO ENTRANDO EM AÇÃO COM GRANDE RAPIDEZ



 
MUDANÇAS ESSENCIAIS ESTÃO ENTRANDO
EM AÇÃO COM GRANDE RAPIDEZ
Jesus através de John Smallman em 20 de novembro de 2011




Seu tempo de luta está chegando ao fim, pois o momento do mais glorioso despertar está se aproximando.

Tem sido uma jornada longa e dolorosa que normalmente parece não ter fim, pois vocês se esforçavam para entender, com suas capacidades mentais severamente limitadas que vocês permitiram que seus corpos lhes oferecessem, o significado que essa jornada tinha para vocês.

Tem sido realmente desconcertante tentar dar sentido à ilusão que não tem propósito, exceto o de convencê-los de que o que vocês têm vivenciado dentro dela era a Vontade de Deus para vocês.

A Vontade de Deus para vocês é que vocês tenham alegria eterna, não a dor e o sofrimento da ilusão!

Ele quer que vocês despertem dela, a intenção d'Ele é que vocês despertem, e, portanto, vocês despertarão.

Despertar É o seu destino, é inevitável e irrevogável, porque lhes é impossível permanecer adormecidos permanentemente, sonhando com a ilusão, quando é a Vontade de seu Pai, e a sua, que vocês despertem para experienciar com alegria e maravilha a Realidade de sua existência eterna em Unidade com Ele.

Quando vocês escolheram ir dormir e sonhar, Ele prometeu que este estado não duraria, e Ele lhes deu o meio para despertar - a Chama Eterna, ardendo dentro de cada um de vocês, para guiá-los para Casa - e a luminosidade dessa Luz Divina é sentida e percebida até por aqueles que estão adormecidos mais profundamente.

Muitos de vocês têm trabalhado com a Chama Eterna por muitas vidas na ilusão para ajudar suas irmãs e irmãos a despertar.

Agora esses grandes esforços estão mostrando resultados, e em breve vocês perceberão que trabalho maravilhoso vocês têm feito na ajuda a eles.

O amor que vocês têm mantido, demonstrado e compartilhado, apesar dos esforços de alguns muito insanos e mal orientados para impedi-los, desencorajá-los e desacreditá-los, vocês continuamente têm fortalecido e intensificado por éons para alcançar agora um pico, pois quase toda a humanidade está ciente de que as enormes mudanças em suas atitudes e comportamentos são essenciais.

Consequentemente, essas mudanças essenciais estão entrando em ação com grande rapidez por todo o mundo.

A mídia ainda os estaria fazendo acreditar que estas são ações isoladas e sem conexão de pessoas comportando-se nervosa e irracionalmente, quando, de fato, elas atingiram um momentum que está se acelerando, é imparável, e está entrelaçando e conectando as intenções amorosas e pacíficas de muitos de vocês por todo o mundo.

O Amor de Deus, que envolve todos vocês em todos os momentos, é infinito em Seu poder; assim que vocês escolherem abrir seus corações para receber a abundância de energia motivadora que o Amor fornece, vocês se encaminharão com velocidade e entusiasmo crescentes para o momento do seu despertar.

Nada terá o poder, o encantamento ou a capacidade de desviá-los de seu caminho pretendido.

Vocês continuarão a avançar, demonstrando paz e amor em ação, e iluminando brilhante e claramente o caminho para todos os que serão atraídos a seguir vocês no caminho para casa.

Todos os aparentes obstáculos ao seu progresso serão simplesmente dissolvidos, desintegrados ou evaporados perante o esplendor da Luz Divina que vocês estão mantendo e demonstrando.

Vocês, e todos os que viajam com vocês, realmente chegarão à sua sagrada Destinação, e na sua chegada as comemorações começarão!

Seu amoroso irmão, Jesus.


fonte: http://johnsmallman2.wordpress.com/
Tradução: SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/

COLETÂNEA: O CUBO - A ESTRUTURA GEOMÉTRICA PERFEITA ** - AUTRES DIMENSIONS





Quem aqui nunca ouviu que para melhorarmos como pessoa, temos que aparar nossas arestas, sendo lapidados pouco a pouco, pois nessa realidade 3DD, a figura geométrica que é considera perfeita é a esfera.
Nossa alma entra nesse "jogo" de aprimoramento (de aparar as arestas) para se transformar nessa esfera, porém, nunca conseguirá sair da 3D, pois:

"a falsificação é a curvatura" - AÏVANHOV-03-05-11


"a estrutura geométrica perfeita, que contém todas as outras formas, é o Cubo" - AÏVANHOV-03-07-11

"a Liberdade corresponde ao Cubo, não ao Círculo". - AÏVANHOV-03-07-11

______________________________________________

Se vocês esticam o cubo, o que acontece, pelos dois eixos?
Vocês obtém um octaedro.
Se vocês multiplicam o octaedro, vocês obterão as duas formas perfeitas mais complexas que faltam.
Mas tudo isso é algo, como dizer..., que não se pode representar, mesmo se se é muito forte em geometria.
Quando se está nas outras Dimensões, isso se vive como mover o dedinho, de algum modo, quando se está encarnado.

Questão: todas as formas que você evoca, ligadas à Luz, são construídas com linhas retas. Por quê?
Porque a falsificação é a curvatura.
Mesmo a forma Unificada que vocês chamam as fractais, desenvolvem-se segundo curvas, mas essas curvas são quebradas, como se diz.
E o fator de progressão de uma curva para outra é um fator ligado a uma equação correspondente a uma forma geométrica perfeita.

Questão: por que ser tão fascinada pelo cubo e suas construções geométricas?

Então, aí, cara amiga, porque é uma forma de perfeição.
E é, para você, uma imagem da perfeição.
O.M. AÏVANHOV – 3 de maio de 2011


A arquitetura dos Universos é criada a partir do Cubo, que contém o conjunto de formas geométricas de todos os Universos e de todos os Multiversos, em todas as Dimensões.
O.M. AÏVANHOV – 4 de agosto de 2011


Questão: poderia falar do Cubo Metatrônico e de sua prática?
Bem amado, a revelação da Luz Metatrônica ou do Cubo Metatrônico requereria um conjunto de conhecimentos extremamente secos e extremamente abstratos.
Vamos, se querem, efetivamente, ir ao mais simples e o que lhes foi dado é, certamente, o mais sucinto possível, para não incorporar um conhecimento exterior, a fim de privilegiar uma vivência Interior.
A forma do cubo é a forma geométrica perfeita, que contém todas as outras formas.
Nesse Cubo Metatrônico existe certo número de arquétipos veiculados que correspondem (assim como a forma sugere) a uma estruturação específica e a uma disposição específica da Luz e da matéria (qualquer que seja essa matéria), que não se limita absolutamente ao mundo carbonado, mas que vai bem além.
Assim, o desenvolvimento do Cubo corresponde a uma forma de andamento da Luz na Luz e na forma, permitindo pôr em sintonia a Luz e a forma, a fim de permitir a essa forma, literalmente, ser iluminada pela Luz.
Esse processo corresponde ao que lhes foi revelado, chamados os Atalhos, que ligam as Portas.
A primeira Efusão do Cubo Metatrônico localizou-se, quanto a ela, entre as diferentes Cruzes que existem na cabeça (chamadas Cruzes Crísticas anteriores, Cruzes Crísticas posteriores e Cruzes centradas), ligadas diretamente à Lemniscata Sagrada e aos Quatro Pilares.
Assim, portanto, o Cubo é inscrito uma primeira vez numa estrutura compreendida na Coroa Radiante da cabeça.
A revelação dessa Coroa Radiante da cabeça (através do Cubo Metatrônico) fez-se por certo número de Circuitos que não julgamos bom revelar-lhes quanto aos seus trajetos, existentes entre a cabeça e o Coração.
A revelação da Luz faz-se, por conseguinte, a partir do peito até a parte inferior do corpo, tomando certo número de Circuitos chamados Atalhos, ligando as Portas entre elas, essas Portas que representam, em certa medida, os pontos de interação da Consciência Unificada com a Consciência dual.
Não é necessário retornar mais numa análise intelectual ou complexa do que é chamado o Cubo.
Poderemos, efetivamente, encará-lo de acordo com um ângulo matemático, de acordo com um ângulo geométrico, de acordo com um ângulo cosmológico, mas que nos levaria demasiado distante.
O importante, uma vez mais, mesmo em relação a isso, é viver a revelação da Luz e não compreendê-la.
Diversos elementos, que os Anciões julgaram bom dar a vocês, concernentes às denominações dessas Portas (que correspondem, como vocês sabem, às Estrelas) e às funções dessas Portas, também, foram revelados.
Mas o conhecimento dessas funções não é a vivência dessas funções.
Assim, portanto, não é desejável sobrecarregar seu mental, enquanto ele está desaparecendo.
ANAEL – 5 de agosto de 2011


Ao revelar-se, as arestas do Cubo e as faces do Cubo, ao nível do corpo, vão movimentar certo número de funcionamentos que lhes são, ainda hoje, para a maior parte, desconhecidos, mesmo se vocês vivam deles as primícias ou algumas manifestações, eu diria, mais completas, para alguns de vocês.
O desenvolvimento do Cubo Metatrônico vai seguir uma sequência lógica, permitindo que se apoiem, através dos Atalhos, em estruturas existentes e em circuitos novos, chamados Atalhos de Luz, o que permitirá uma comunicação que havia sido interrompida entre esses pontos, devido mesmo à falsificação.
SRI AUROBINDO – 4 de julho de 2011


A revelação do Cubo Metatrônico é, de algum modo, o último impulso da Luz Vibral que lhes permite, justamente, passar ao Fogo do Coração e, portanto, à Crucificação.
A ativação das cinco frequências, dadas pelo Senhor Metatron quando do verão de 2009, foi um primeiro impulso.
A revelação das doze Estrelas foi um segundo impulso.
A revelação do Cubo Metatrônico é o terceiro e último impulso.
Ele terá, portanto, batido em sua porta por três vezes.
Não haverá outras vezes.
SRI AUROBINDO – 4 de julho de 2011


Questão: junto a alguns povos, é o Círculo, dividido em quatro partes iguais, que está na base da vida. Ele representa, então, a Unidade, o equilíbrio, mais que o Triângulo ou o Quadrado?
Mas são apenas interpretações e representações.
A estrutura geométrica perfeita não é o Círculo.
A estrutura geométrica perfeita, que contém todas as outras formas, é o Cubo.
Agora, que existem representações à base de Triângulo, elas são conhecidas, tanto pelas forças involutivas como pelas forças da Luz Unificada.
Conforme a ponta, nesse Universo, esteja no alto ou embaixo.
O Triângulo com ponta no alto, vocês sabem, é o símbolo dos Iluminatis.
O Triângulo com ponta embaixo, quando é triplo, é o símbolo de Sírius.
São representações.
Mas o Círculo, que é considerado como perfeito em muitas tradições ditas primitivas, é uma representação desse mundo e de seu confinamento.
A Liberdade corresponde ao Cubo, não ao Círculo.
Agora, ao nível dos povos, quaisquer que sejam, a representação pode ser profundamente diferente.
Por exemplo, nas populações que estão na África, a Unidade é representada pelo ponto etc.
É função também, obviamente, do que é veiculado pelas lendas, do que é veiculado pela história.
Mas, eu repito, são apenas representações, e essas representações recorrem apenas a concepções mentais ou a imaginários mentais.
O.M. AÏVANHOV – 3 de julho de 2011


Assim, a revelação, mesmo nesse espaço tridimensional, do Cubo Metatrônico, vai concluir o trabalho preparatório da Ascensão propriamente dita.
ANAEL – 2 de julho de 2011


Pode-se dizer também que a Merkabah é a reversão do Cubo.
Mas não é o veículo de Existência.
É o veículo que lhes permite efetuar a transição desse corpo físico limitado ao seu corpo de Existência.
Mas ela é ativada assim que os Novos Corpos estão ativos, assim que a Coroa Radiante da Cabeça está ativa.
Não é uma decisão que vai ativá-la.
É uma Vibração.
É necessário mantê-la; é o que vocês fazem quando trabalham na Merkabah interdimensional coletiva.
O.M. AÏVANHOV – 3 de junho de 2011


Questão: poderia explicar o que é o Cubo Metatrônico?
O que posso dizer, simplesmente, é que o que foi definido como o Quadrado, presente entre os dois braços horizontais da Cruz Anterior Crística e da Cruz Posterior Crística (ou seja, CLAREZA-PRECISÃO e UNIDADE-PROFUNDIDADE) está diretamente religado a uma das faces do Cubo, ou seja, um quadrado.
Mas, para que o quadrado torne-se cubo, é necessário que o desenvolvimento geométrico, no espaço dos eixos das Cruzes Fixa e Mutáveis, transforme-se, o ponto ER estando ao centro.
Há conexões, por intermédio das seis pirâmides que constituem o Cubo, ligadas entre o ponto ER e cada um da projeção interior do ponto ER, para dois pontos, dando uma aresta.
O Cubo Metatrônico é uma representação Vibratória.
Ele é representado, também, esse Cubo Metatrônico, pelas doze Estrelas presentes ao redor da cabeça, mas essas doze Estrelas estão religadas duas a duas.
Isso vocês sabem.
Elas estão religadas e passam por um ponto ER central, no plano.
Se vocês colocam sua estendida, isso faz um plano.
Mas, o desenvolvimento interdimensional e multidimensional do Cubo se faz num cubo, ou seja, que o que estava nos eixos e nas Cruzes tornam-se as arestas e os ângulos do Cubo.
É isso que recria, de algum modo, a multidimensionalidade.
Veja o Protocolo Yoga Integrativo
O.M. AÏVANHOV - 20 de maio de 2011


As doze portas de Yerushalayim, abertas em sua cabeça, permitem inserir, em vocês, o Canto do Cubo, o Canto da Unidade.
METATRON – 14 de maio de 2011


Foi feita a relação com o quadrado que está presente em sua cabeça e que se revela, e que representa o que se chama Yéroushalaïm, a Embarcação de Luz, mas sua própria Embarcação de Luz, que é sua Merkabah Interdimensional, que se inscreve num cubo, nas cinco formas geométricas perfeitas que são agora constituídas, e que vão estender-se, ou seja, passar do quadrado para o cubo, com suas arestas em número preciso, e que vai permitir-lhes juntarem-se à sua Morada de Paz Suprema, ou seja, Yéroushalaïm Celeste, passando por sua própria Yéroushalaïm, que corresponde ao retorno do Cristo e à densificação de Metatron, nesta Dimensão.
O.M. AÏVANHOV – 3 de maio de 2011


Questão: o cubo, como uma caixa, abre-se, portanto, para revelar e criar os Universos?
O desenvolvimento de que você fala, de abertura do cubo, é ligado à primeira forma perfeita que é, de fato, a pirâmide triclínica que é ligada, diretamente, à estrutura da Civilização dos Triângulos, pertencendo à 24ª Dimensão, onde situam-se os Hayoth Ha Kodesh, e outras Consciências, é claro.
É o Triângulo elementar, de que falou Metatron, no ano passado, situado ao nível de, efetivamente, 4 x 3 = 12 Estrelas.
O.M. AÏVANHOV – 3 de maio de 2011


Questão: o que você chama o Cubo Metatrônico?
O Senhor METATRON é um Arcanjo, não tendo forma.
Trata-se de um Tubo de Luz, que é construído, muito exatamente, à imagem semelhante da Fonte.
Aproximando-se de sua Dimensão, o símbolo Vibratório desta Dimensão, falsificada ou não, é o Cubo.
METATRON toma, portanto, em suas estruturas, essa forma.
Não existe o menor antropomorfismo para o Senhor METATRON.
Esse Arcanjo é construído à imagem da Fonte.
Ele é, de algum modo, a Imagem, o Espelho e a Cópia em conformidade com a Fonte.
Aproximando-se desta Dimensão, aproximando-se do Sol, esse Tubo de Luz transforma-se, na 5ª Dimensão, como um Cubo.

Questão: por qual razão?
O Universo é Forma.
Tudo é Forma, Tudo é Vibração.
Querer explicar uma razão relevaria de um ato mental que não tem qualquer significado.
O que eu posso dizer, simplesmente, é que as Formas Geométricas chamadas «Perfeitas», remetem aos Arquétipos do Universo.
Desde a Pirâmide Triclínica, passando pelo Cubo, até o Icosaedro.
Trata-se de arranjos da própria Luz.
UM AMIGO – 2 de maio de 2011


Questão: a quê corresponde a forma esférica?
A uma limitação do Cubo.

Questão: isso explica a forma esférica dos planetas de nosso Sistema, portanto limitado?Inteiramente.
É o que é chamado também a curvatura do espaço-tempo.

Questão: na Unidade, a quê teria correspondido a forma da Terra?
A uma das Formas Geométricas Perfeitas.

Questão: isso significa que a Geometria Sagrada não é falsificada?
A Vibração é Forma.
Como é possível falsificar uma forma?
A utilização de formas pode, em contrapartida, ser desviada.
UM AMIGO – 2 de maio de 2011



Trechos extraídos das mensagens do site http://www.autresdimensions.com
Traduzidas para o português por:
Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com e
Zulma Peixinho http://portaldosanjos.ning.com
Seleção e Edição: www.mestresascensos.com

http://minhamestria.blogspot.com/

À MINHA, À NOSSA DOCE E AMADA MÃE TERRA ...


Aaaahh "minha" Doce e Amada Mãe Terra ...
Exuberante Nave que nos abriga em seus braços verdes e azuis, num passeio cósmico rumo ao Infinito,
Quisera eu poder abraçá-la também e, em meus braços apertá-la suavemente junto ao meu coração.

Um dia precisarei retornar para as Estrelas ... para aquele lugar tão distante de Ti ...
Porém, querida Mãe, sua suave presença nunca irá apagar-se de minha memória.

E, neste pensamento de despedida, meu coração enche-se de gratidão ...
Tanta, mais tanta gratidão minha Mãe, que este sentimento explode de meus olhos, banhando teu chão.

Nada, nada mesmo tenho à pedir à Fonte Suprema que a tudo criou ...
Minto para mim mesma, tenho sim um único pedido a fazer:
Que, ao partir, possa vê-la do Espaço sem fim, envolvida na Luz da Ascensão!

Te amo minha Mãe, te amo tanto, mais tanto que, talvez, não consiga separar-me de Ti!

Mharcya de Sá

    Uma das mensagens mais pertinentes de Carl Sagan para a humanidade. (LEGENDADO PT-BR)


    "Quem somos nós?

    Os 10 códigos e linguagens mais misteriosos


    Postado por Maria Afonso no site do ICA

    Existem muitos exemplos misteriosos e não resolvidos de sistemas de escrita, códigos, cifras, linguagens e mapas, que ainda precisam ser decifrados e quebrados. Essa lista vai focar em dez que não parecem ser forjados e são menos conhecidos do que alguns exemplos mais famosos, como o Mapa Vineland e o Manuscrito Voynitch.
    Mapas, linguagens, códigos e cifras são quebrados e decodificados sempre, às vezes após anos de dura pesquisa e cálculos. Uma pesquisa recente é com o uso de computadores para decifrar linguagens antes desconhecidas e ininteligíveis. Um sucesso recente foi a decodificação da Cifra Copiale, um manuscrito de 105 páginas escritas à mão, que parece ser do fim do século 18. De acordo com um recente artigo do New York Times, a decodificação das primeiras 16 páginas mostra que a Cifra Copiale parece ser uma “detalhada descrição ritualística de uma sociedade secreta, que aparentemente tinha uma fascinação por cirurgias oculares e oftalmologia”. O texto, agora decifrado, fala sobre fazer símbolos místicos, retirar pelos da sobrancelha de candidatos, e fazê-los jurar lealdade e segredo. Veja aqui mais dez misteriosos códigos, mapas e linguagens:
    10 – Cifras da Biblioteca Inglesa
    Na Biblioteca Inglesa, há pelos menos três livros/manuscritos que foram escritos inteiramente em códigos. O primeiro tem o título de “A Astúcia das Bruxas”, com autoria de Bem Ezra Aseph, de 1657. O segundo tem o mais interessante (e longo) título: “A Ordem do Altar, Mistérios Antigos onde apenas Mulheres Bruxas eram Admitidas: Sendo a Primeira Parte dos Segredos Preservados na Associação das Moças Unidas e Agregados”, de 1835. O terceiro tem o título com o som mais misterioso: “Mistérios de Vesta”, possivelmente de 1850. Vocês, decifradores com acesso à Biblioteca Inglesa: mãos à obra!
    9 – Linguagem desconhecida do Peru
    A recente descoberta de uma carta com 400 anos, escrita por um desconhecido autor espanhol, revelou uma linguagem peruana nunca vista antes. A carta foi encontrada nas ruínas de uma antiga igreja colonial espanhola em El Brujo, no norte do Peru, em 2008. Mas somente agora linguistas entenderam que a escrita na carta guarda as chaves para uma língua completamente nova. No outro lado da carta, estão notas que parecem traduzir a linguagem estranha para o espanhol e numeral árabe.
    Mesmo que a nova língua tenha relações com o idioma Quechua, ainda falado pelos indígenas do Peru, é evidente que ela é completamente nova e desconhecida. É possível que seja uma das duas mencionadas em textos contemporâneos – “Quingnam” ou “Pescadora”, que quer dizer “linguagem dos pescadores”. O idioma é provavelmente baseado na cultura unca, já que os numerais indicam que eles usavam um sistema base de dez números (os maias usavam um com vinte). É também possível que as duas sejam apenas uma língua, e as dicas na carta talvez ajudem os linguistas e estudiosos a traduzir a desconhecida linguagem.
    8 – O Código Cartográfico de Ptolomeu
    Esse não é exatamente um código ou cifra, mas um segredo similar que precisa ser decodificado para responder a um mistério histórico: o da localização das cidades germânicas (em comparação com as cidades e geografia germânicas modernas), que devem ter sido encontradas pelos romanos. Os romanos encontraram vários alemães, e relataram isso com frequência, mas onde eram as cidades onde ekes encontram os germânicos, enquanto estavam na Alemanha? Isso permaneceu um mistério já que ninguém conseguia relacionar as 96 cidades listadas em um mapa histórico da Alemanha com um moderno.
    O famoso grego do século 2, Claudius Ptolomeu, incluiu um mapa da “Germânia Magna” em sua Geografia. No ano 150 antes de Cristo, Ptolomeu decidiu inventar o primeiro Google Earth, e criou 26 mapas coloridos em peles de animais, dizendo ser o mapa de todo o então conhecido mundo. Como nunca havia visitado a Alemanha, ele deve ter usado outros documentos para desenhar seu mapa. Então lá está o mapa, mas ninguém conseguia relacionar os encontros com os romanos e as 96 cidades que Ptolomeu marcou em seu trabalho com as cidades germânicas de hoje. Foi assim, até agora.
    Após trabalhar por seis anos, uma equipe de Berlim formada por pesquisadores e cartógrafos acadêmicos agora dizem ter finalmente descoberto como transformar as coordenadas das cidades germânicas de Ptolomeu para as coordenadas atuais. O que tornou isso possível foi a dramática descoberta de uma cópia antiga da Geografia de Ptolomeu, na biblioteca do Palácio Toptaki, em Istambul, Turquia. A descoberta apresenta um grande número de cidades, como, por exemplo, a do leste germânico hoje chamada Jena, que Ptolomeu chamou de “Bicurgium”. A cidade moderna de Essen era chamada de “Navalia” e a de Fürstenwalde, também no leste, parece ter existido há mais de 2000 anos, e era conhecida como “Susudata”, palavra derivada do termo alemão para “sustain”, ou “sow’s wallow”. Esse é o único exemplo nessa lista que parece ter sido completamente resolvido.
    7 – Os códigos de Feynman
    Nos primórdios da internet, lá em 1987, alguém que alegava ser um estudante graduado do brilhante físico Dr. Richard Feynman postou uma mensagem em uma lista virtual de decodificadores, dizendo que o professor Feynman recebeu de um amigo – um cientista de Los Alamos – três exemplos de um código desafio para que ele resolvesse. A pessoa responsável pela postagem afirmou que Feynman mostrou os códigos para ele, e também disse que o professor não conseguiu resolvê-los. Assim, o estudante os colocou na internet, na esperança que outros os resolvessem. Logo após a postagem, um dos três foi decodificado por John Morrison. O desafio acabou por ser uma versão codificada da abertura dos contos de Chaucer Canterburry, em inglês medieval. Os outros dois ainda permanecem sem solução. Você pode ver os códigosaqui.
    6 – A Transcrição de Anthon
    O que são os misteriosos “Caractors” na Transcrição de Anthon? A resposta para essa pergunta talvez esclareça se um ponto central da religião Mórmon foi comprovado ou não. A Transcrição é de fato um pequeno pedaço de papel escrito à mão e creditado a Joseph Smith Jr., o fundador da religião Mórmon. É dito que no papel há várias linhas dos caracteres que Smith viu nas Placas Douradas (o registro antigo de onde Smith diz ter traduzido o Livro de Mórmon) – especificamente a escrita reformada egípcia, que estava nas placas descobertas por Smith, e reveladas para ele em 1823.
    O papel recebeu seu nome pelo fato de, em 1828, ter sido entregue para Charles Anthon, conhecido na época por ser um expert em escrita clássica na Universidade de Columbia, para que autenticasse e traduzisse os caracteres. Alguns dos seguidores da religão Mórmon afirmam que Anthon certificou independentemente a autenticidade dos caracteres em uma carta para Martin Harris. Harris foi uma das Três Testemunhas que garantiram ter visto as placas douradas, de onde Joseph Smith diz ter traduzido o Livro de Mórmon. De acordo com Harris, Anthon disse que a escrita era egípcia, chaldaiac, assíria e arábe, e que eram “símbolos verdadeiros”. Apenas depois de Anthon descobrir que o papel era de Smith e da religião Mórmon, é que ele voltou atrás na sua certificação. Ele negou essa história e disse que sempre soube que o documento era uma farsa.
    Mas então o que são os “Caractors”?
    De acordo com Anthon, “as marcas no papel parecem ser meramente uma imitação de vários caracteres alfabéticos, e possuíam, na minha opinião, nenhum significado que os conectasse”. É possível que os “Caractors” sejam apenas rabiscos aleatórios; mas esse não parece ser o caso. Muito provavelmente, os “Caractors” na Transcrição de Anthon foram emprestados de diferentes fontes, talvez uma versão abreviada da Bíblia, com símbolos aleatórios para dar a aparência de uma língua verdadeira. Mas também é possível que os “Caractors” sejam exatamente o que Jospeh Smith diz ser. Até que eles sejam traduzidos e decifrados, nós não podemos saber.
    5 – Os códigos do HMAS Sydney
    Um dos mais fascinantes códigos não resolvidos é, além de um mistério, um caso político da Segunda Guerra Mundial. O que se sabe é que o HMAS Sydney era um navio de batalha australiano, que, em 19 de novembro de 1941, envolveu-se em uma batalha com o navio auxiliar alemão Kormoran. O Sydney era maior, mais poderoso e com mais armamento, se comparado ao Kormoran. Ainda assim, durante a batalha, o Sydney naufragou com todos dentro – 654 no total -, enquanto o menor sofreu apenas algumas casualidades. O fato do Sydney ter sido derrotado por um navio menor alemão é comumente atribuído à proximidade dos dois durante o conflito, e o efeito rápido e surpreendente do Kormoran. Entretanto, alguns pensam que o navio alemão usou artifícios ilegais, ou mesmo que um subamarino japonês estava envolvido. A verdade sobre o que aconteceu na batalha agora aparece como parte de uma elaborada farsa.
    E é aqui onde os Códigos do Sydney entram. O capitão do Kormoran, Detmers, foi capturado e enviado para um campo de prisioneiros australiano após o barco afundar. Anos depois, em 1945, Detmers tentou escapar do campo, mas foi recapturado. Quando foi encontrado, ele estava com um diário que parecia cifrado em Vigenère (um tipo de código). Detmer colocou pequenos pontos embaixo de certas letras no diário. O documento foi enviado para especialistas australianos, e suas análises indicaram que ele estava cifrado em Vigenère, tipo já decodificado. De acordo com as análises, ele estava tentando esconder uma descrição do encontro entre o Sydney e o Kormoran. Mas por que Detmers usaria um código que todos sabiam já ter sido quebrado e fácil de decifrar?
    O mistério aumenta após outros documentos australianos afirmarem que o diário não estava escrito com a cifra Vigenère, mas com um código alemão da II Guerrra Mundial.
    Outra decifração do diário de Detmer diz que o código usado foi o britânico Playfair, que também já havia sido quebrado, em 1941. Por que, novamente, Detmer usaria um código inglês que ele provavelmente nem conhecia (ou mesmo que conhecesse, ele saberia que já havia sido decifrado antes da guerra)?
    Qual será então a resposta? Detmers usou o código facilmente decifrável Vigenère? Ele usou um código alemão desconhecido? Ou o Playfair inglês?
    Uma possível resposta é que o diário não foi codificado por Detmers, mas por autoridades britânicas ou australianas querendo dar a aparência de que estava em código. E ao usar qualquer um dos três códigos mencionados, todos já desvendados, qualquer um que encontrasse o documento poderia facilmente decifrá-lo. Ainda, a decodificação do diário produziria uma narrativa feita para reforçar as descrições inglesas e australianas dos eventos, que fizeram com que uma embarcação de guerra mais poderosa fosse destruída, com total perda de vidas, por outra menos poderosa.
    Então o mistério real dos Códigos Sydney talvez seja: será que podemos saber quem os criou, e com quais propósitos?
    4 – As Cifras de Bellaso
    Em 1553, um criptógrafo italiano, Giovan Battista Bellaso, publicou um manual criptográfico chamado “La Cifra del Sig. Giovan Battista Bellaso”. Ele depois publicou outras duas edições, em 1555 e 1564. Foi nesses dois outros volumes que Bellaso incluiu códigos desafiantes para os leitores tentarem decifrá-los. Ele escreveu sobre suas cifras: “elas contém coisas maravilhosas que são interessantes de saber”. Bellaso prometeu revelar o conteúdo das cifras caso ninguém as resolvesse em um ano, promessa que acabou não cumprindo. Assim, as sete cifras continuaram inquebráveis até que um recluso inglês, chamado Tony Gaffney, conseguiu resolver uma, em 2009. O que ele descobriu é que o código revela uma inesperada conexão com a medicina astrológica da Renascença. O seu sucesso é ainda maior sabendo que ele não consegue ler em italiano.
    Geffney decifrou depois a cifra número 7 de Bellaso. Isso foi ainda mais marcante já que a 7 era de um tipo completamente diferente usado pelo autor. Provavelmente, as outras cinco cifras de Belasso continuam intactas.
    3 – Le Livre des Sauvages
    Emmanuel-Henri-Dieudonné Domenech foi um abade francês, missionário e autor que respondeu ao chamado para desenvolver a Igreja Católica no Texas, em 1846, pegando um navio para a América. Ele ficou primeiro em St. Louis, completando seus estudos teológicos, e foi então para Castroville, Texas. Depois voltou para a França, onde se encontrou com o Papa, e retornou ao Texas, em Brownsville, na época da guerra entre o México e os Estados Unidos. Depois, voltou para a França, depois para o México, depois novamente para a Europa (e retornando ainda mais uma vez para a América, na década de 80 do século 19). Acabou passando seus últimos anos de vida como um autor eclesiástico viajante.
    Talvez tenham sido as numerosas travessias do Atlântico, ou tempo demais no Texas, que fizeram com que Domenech produzisse um estranho e misterioso documento, que foi redescoberto na Bibliotheque de l’Arsenal, em Paris. O livro, conhecido como “Le Livre des Sauvages” era, de acordo com o autor, não o seu trabalho, mas de americanos nativos – um tipo curioso de documento. Isso foi rapidamente comprovado como falso por críticos germânicos, que notaram o uso contínuo de palavras e símbolos do alemão. Mas o livro tinha mais: estranhos desenhos. Os críticos pensaram que os diferentes rabiscos e imagens, desconhecidos símbolos, e misteriosos desenhos no texto fossem apenas rascunhos aleatórios de uma criança. Mas as repetidas figuras desenhadas parecem o trabalho de um adulto, especificamente de um com muitos problemas sexuais. Os desenhos e figuras são, no mínimo, bizarros. Você pode ver alguns exemplos aqui.
    Há centenas de páginas disso no “Le Livre des Sauvages”. Entretanto, as figuras também incluem pequenos pedaços de material cifrado, que podem ou não ser parte de um código maior. Mas quem gostaria de decifrar o que está sendo dito com tantos desenhos sexuais?
    2 – As anotações de Ricky McCormick
    No dia 30 de junho de 1999, o corpo de Ricky McCormick, 41 anos, foi encontrado em um campo em St. Charles County, Missouri, EUA. Sem diploma e desempregado, McCormick era conhecido por ter problemas de coração e pulmão, vivendo hora sim hora não com sua mãe, e recebendo pensão por incapacidade física. Ele já havia sido preso uma vez por múltiplas ofensas. Seu corpo foi encontrado a vários quilômetros de onde ele vivia, sem sinal de agressão, e a causa da morte nunca foi definida.
    Dentro de seus bolsos foram encontradas duas notas escritas à mão, que pareciam estar em código. Seriam pistas para a sua morte? Os especialistas em cifras do FBI e a Associação Americana de Criptologia tentaram, e falharam, em decifrar os significados das notas. Os códigos e a morte de Ricky estão listados como um dos maiores casos não resolvidos nessa divisão do FBI.
    Doze anos depois, o FBI mudou sua visão e agora acredita que McCormick talvez tenha sido assassinado. Eles também acreditam que o que estava escrito nas anotações talvez explique a sua morte, e leve até o assassino, ou assassinos. Em 29 de março desse ano, o FBI pediu aos decifradores do mundo pque ajudassem a determinar o significado das mensagens. Alguns dias após a divulgação das mensagens na internet, o site da organização americana foi inundado com recados do público oferecendo ideias, sugestões e assistência. De acordo com membros da família de McCormick, ele costumava usar mensagens codificadas desde que era criança, mas aparentemente ninguém em sua família alguma vez soube como decifrá-las. Agora é a vez do público tentar ajudar o FBI a decodificar as anotações.
    1 – Linguagem dos Gêmeos
    Esse é um exemplo fascinante de uma linguagem desconhecida, que engana aqueles que tentam a entender e decifrar, e que é tão única que somente duas pessoas conseguem falar.
    Criptofasia é um fenômeno peculiar, de uma linguagem desenvolvida por gêmeos (idênticos ou fraternos) e que só os dois são capazes de entender. A palavra tem sua raiz na palavra cripto – que significa segredo -, e fasia – que significa distúrbio na fala. A maioria dos linguistas associa a criptofasia com idioglossia, o que é o mesmo, mas o primeiro também inclui ações idênticas, como caminhar similar. Pouco é conhecido sobre a criptofasia.
    Antes tido como um fenômeno raro, hoje se sabe que a criptofasia é muito mais comum – possivelmente ocorrendo em até 40% dos gêmeos. Essas linguagens autônomas são ininteligíveis para outros, e só podem ser compreendidas pelo irmão. Apesar de a criptofasia ser comum, a linguagem única criada logo desaparece com o envelhecimento.
    Parece que os gêmeos adotam, ou utilizam uma linguagem adulta, mas apenas parcialmente. Isso geralmente acontece quando um adulto não está em constante contato com a criança. Tipicamente, dois ou mais irmãos (geralmente gêmeos, mas não sempre) crescem juntos durante a fase de aquisição da linguagem, e moldam ou obtém a linguagem adulta de maneira imperfeita. Se o modelo adulto não está sempre presente, então as crianças usam uma a outra como modelos. Não parece que as crianças estão inventando sua própria língua, mas sim criando algumas palavras. Parece que eles modelam incorretamente a exposição fragmentada à linguagem adulta, utilizando a limitada e contraída possibilidade fonológica de crianças jovens. Com essas palavras sendo dificilmente reconhecíveis, a fala talvez se torne completamente incompreensível para os modelos de linguagem.
    Os melhores exemplos conhecidos desse fenômeno ocorreram com Poto e Cabengo – gêmeas idênticas (nomes verdadeiros: Grace e Virginia Kennedy, respectivamente) -, que usaram uma língua desconhecida para outras pessoas até aproximadamente os oito anos. Poto e Cabengo é também o nome de um documentário sobre as garotas, realizado por Jean-Pierre Gorin e lançado em 1979. Elas tinham aparentemente uma inteligência normal e desenvolveram sua própria comunicação porque tinham pouco contato com a língua falada durante seu crescimento.
     Por Bernardo Staut   [Listverse]

    SEJA BEM VINDO AO NAMASTÊ



    OLÁ PESSOAL!!

    ESPERO QUE VOCÊS ENCONTREM OS ASSUNTOS QUE PROCURAM E POSSAM AJUDÁ-LOS DE ALGUMA MANEIRA, POIS ESSE SITE FOI FEITO PARA TODOS NÓS ,QUE BUSCAMOS CONHECIMENTOS E SABEDORIA PARA PODERMOS ESTARMOS EM SINTONIA COM A NOVA ERA !
    BOM DIVERTIMENTO À TODOS!!

    NAMASTÊ

    Only Message Esoteric Here!!

    DEARS BROTHERS AND SISTERS!! Each day come and take a few minutes of your attention and emanation of light to Gaia and so we have a stream of people pouring love and light to all mankind and Gaia! Only write in this box and know that every brother participates and the number of people sending their energy for our beloved planet! Kisses in the heart of each brother, lightworker! OR COMMENTS OF POSTS HERE! NAMASTE-NOVAERA

    TESTE PSICOLÓGICO JAPONÊS

    IMPRESSIONANTE TESTE PSICOLÓGICO JAPONÊS. Clique aqui: http://www.ociocriativo.com.br/trivias/pub/teste1.htm http://www.ociocriativo.com.br/trivias/pub/teste1.htm

    PARTICIPE DESSE MOMENTO DE ORAÇÃO

    PARTICIPE DESSE MOMENTO DE ORAÇÃO

    Like -FACEBOOK

    AMADA MARIA E JESUS CRISTO

    Ocorreu um erro neste gadget