RETORNO

AMADOS! DEPOIS DE UMA PARADA ,RETORNAMOS REVIGORADOS E CADA VEZ MAIS CERTOS EM CONTINUARMOS NOSSA APRENDIZAGEM.NESSE PERÍODO SOMENTE FORAM POSTADOS MENSAGENS EM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK,NA QUAL PARTILHAMOS ASSUNTOS TÃO RELEVANTES NESSE MOMENTO DE TRANSIÇÃO!VAMOS EM FRENTE QUERIDOS EM NOSSA CAMINHADA COM AMOR ,LUZ,FÉ E DEUS EM NOSSOS CORAÇÕES! NAMASTE

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Contatos da Confederação-Oxalc


Contatos da Confederação - OXALC

                          Devido ao processo de sutilização pelo qual a Terra está passando, tendo suas grades de energias alteradas, os processos de contatos multidimensionais estão evoluindo e um número crescente de seres humanos estão sendo contatados por seres da Confederação Intergaláctica.Neste ínterim, destacaremos a atividade planetária e cósmica de um ser "Confederado" denominado de OXALC.

“...Oxalc é o que nós chamamos de um doutor mental confederado...” (Trigueirinho)

                          Pessoalmente, vivenciei uma sincronicidade interessante com relação às atividades deOXALC, entre nós. Quando orientava um grupo de estudos de autoconhecimento transcendental, em São Lourenço – MG\2010, um dos integrantes do grupo me ofereceu um livro (“Os Semeadores de Vidas”), que relatava sobre contatos com OXALC. Durante a leitura deste livro, fui participar de um Encontro de Oração em Figueira ( materialização do Centro Intraterreno de Mirna Jad ), e presenciei o seguinte evento:

“O até então Instrutor do Mundo Kuthulli (São Francisco, Pitágoras, Kuthumi, etc.) recebeu um “M”, no final de seu nome, e assumiu a regência de Senhor do Mundo, antes função de Amuna Khur (Sanat Kumara). Já como Senhor do Mundo, revelou sua presença imaterial em Figueira, durante um encontro de Oração (ao qual o Coiote faz questão de informar que esteve presente junto com este autor), entre 30/04 e 02/05/2010, ao lado de outras duas consciências missionárias da Confederação Intergaláctica, avaliando as respostas que a humanidade está dando aos “chamados dos céus”. Uma destas outras duas consciências cósmicas que acompanharam Kuthullim denomina-se “Oxalc”, um ser oriundo de Morlen, uma das luas de Júpiter...”
(Extraído do livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, pág 262, Horácio Netho, Ed. Alfabeto, 2011)

                               No momento em que fora anunciada a presença de OXALC naquele encontro de oração, rapidamente fiz uma conexão com o livro que estava lendo e, não por acaso, quando recorri ao livro, a página que estava demarcada era exatamente a que ele estava se apresentando como um ser da Confederação Intergaláctica. Este é um dos tantos exemplos das brincadeiras atemporais que as Hierarquias Cósmicas “aprontam” para nós. Digamos que é o “bom humor” das brincadeiras de Deus. Vejamos, então, algumas mensagens de OXALC daquele livro.

“De acordo com as informações cedidas por Oxalc, o satélite de Júpiter, assim como os próximos, representam uma fonte importante de recursos minerais, da mesma forma que significam um lugar protegido e livre de interferências, motivos pelos quais resolveram utilizá-los como base central de operações para os diversos trabalhos a que se propuseram neste sistema [...] Numa destas comunicações, Oxalc esclareceu que existe na nossa galáxia, a Via Láctea, uma entidade ou instituição interplanetária que reúne um conglomerado de civilizações extraterrestres. De acordo com seus depoimentos, num passado bem distante, veículos interplanetários de diversas procedências que prospectavam o espaço foram se encontrando com outras sociedades tecnologicamente avançadas e, a partir deste confronto, estabeleceram intercâmbios culturais e tecnológicos, ao ponto de fixar embaixadas e criar vínculos comerciais. Assim, surgiu a CONFEDERAÇÃO de MUNDOS da GALÁXIA, um organismo que reúne centenas de civilizações extraplanetárias com níveis de avanço variável e objetivos de desenvolvimento comuns [...] Para finalizar, Oxalc informara que, de alguns anos para cá, a Confederação havia destacado, para agir no sistema solar, uma equipe de civilizações de diferentes procedências, mas de forma física muito similar à humana, com a intenção de participar de um plano de aproximação com planeta Terra.”
(Extraído do livro “Os Semeadores de Vidas”, págs 149, 151 e 153, autor: C.R.P. Wells, Ed. Ícone, 1993)

                     Um outro ser que passou a receber mensagens de OXALC foi Shimani, uma missionária cósmica desperta e bastante ativa junto às atividades da Confederação Intergaláctica por meio dosCentro Intraterrenos. Vejamos, então, algumas mensagens que OXALC passou para Shimani.

“Estamos observando como Merla (Terra) clama por auxílio e por liberação. Estamos desde as naves, irradiando luz para a humanidade. Já estamos na hora de resgate, aquele que foi proclamado e pronunciado a viva-voz pelos mestres da Terra. É chegada a hora de já não ver duas humanidades, dois hemisférios, ou ver um oriente e um ocidente. Já estamos no ponto de compreender com o coração que cada parte desta civilização recebeu o que estava previsto. Que ninguém sinta que já estamos partindo. Agora os irmãos dos mundos interiores aguardam para preparar os portais para os novos tempos [...] Podemos dizer que altas concentrações de energia solar estão transladando-se velozmente em direção a todas as consciências dos planetas e dos corpos celestes para que estes recebam o que nós denominamos de Irradiação Alfa [...] A irradiação alfa gerará um impacto de luz no plano mental terrestre, gerando uma rearmonização da consciência da humanidade e um aumento de descontrole psíquico sobre os lugares onde se encontra uma resistência interior [...] A Irradiação Alfa colocará em cada espírito da humanidade e da criação nesta galáxia, os seguintes movimentos:[...] A abertura dos registros akáshicos do planeta, do banco informativo de Merla. O reconhecimento da vida cósmica e da existência da vida intraterrena avançada. Os movimentos aleatórios das naves e a aparição do Comando Confederado para a humanidade [...] Podemos dizer que ditos acontecimentos podem mudar de ponto e de foco, se somamos corações em missão e em serviço pela humanidade, porque quando nós podemos gerar situações de harmonia e de equilíbrio, tudo pode acontecer, tudo pode reverter!”
(Extraído da Palestra de Shimani em: http://www.irdin.org.br/palestra/por/audicao.html?cod=12012)

                            Enfim, podemos receber muitas ajudas de nossos companheiros dos céus, basta que para isso nos credenciemos assumindo as nossas disciplinas de purificação e compreensão das sabedorias que sempre nos foram encaminhadas pelos seres iluminados.

Para expansão deste tema, sugerimos acessar os links a seguir para vídeos ou downloads gratuitos:
                              http://www.youtube.com/watch?v=YEfv1plA2cs

Novas descobertas da Sonda Messenger no planeta Mercurio - Observações orbitais de Mercúrio revelam lavas, buracos e detalhes da superfície sem precedentes

Enviado por  em 20/10/2011
Visite http://science.nasa.gov/ para mais informações.

Sonda MESSENGER da NASA descobriu uma surpresa  planeta Mercúrio: Algo está a cavar "buracos" na superfície do planeta mais interno.

  

_________________________________________

Novas descobertas da Sonda Messenger no planeta Mercurio




Observações orbitais de Mercúrio revelam Inundação de Lavas, buracos e detalhes da superfície sem precedentes.
09.29.11

Uma imagem que mostra para baixo no Pólo Norte de Mercúrio (Centro)


Image from Mercury
Um exemplo de uma grande cratera (Tyagaraja, 97 km de diâmetro) com um piso parcialmente coberto por um grande número de buracos aglutinaram 
Imagem completa e Caption



Image from Mercury
Ilustração esquemática da Operação do Espectrômetro MESSENGER Gamma Ray (GRS) 
Imagem completa e Caption




Ver esquemática da magnetosfera de Mercúrio e Ion PesadoFluxo de Plasma  
Imagem completa e Legenda

Depois de apenas seis meses em órbita de Mercúrio, a sonda MESSENGER da NASA está enviando de volta informações que revolucionou a forma como os cientistas pensam sobre o planeta mais interno. Análises de novos dados a partir da sonda mostram, entre outras coisas, novas evidências de que a inundação de vulcanismo foi generalizada em Mercúrio. E o primeiro close-up de "buracos", vistos de Mercúrio, as primeiras medições diretas da composição química da superfície de Mercúrio e o primeiro inventário global de íons de plasma dentro do espaço ambiente de Mercúrio.

Os resultados são relatados em um conjunto de sete artigos publicados em uma seção especial da revista Science em 30 de setembro de 2011. 

"Instrumentos da MESSENGER estão capturando dados que podem ser obtidos apenas a partir da órbita", diz investigador principal da MESSENGER, Sean Solomon, da Instituição Carnegie de Washington. "Temos imaginado muitas áreas da superfície com resolução sem precedentes, temos visto as regiões polares claramente, pela primeira vez, temos construído uma cobertura global com nossas imagens e outros conjuntos de dados, que estão mapeando a composição elementar da superfície de Mercúrio, nós estamos realizando um inventário contínuo da exosfera neutra e ionizada do planeta, e estamos resolvendo a geometria do campo magnético de Mercúrio e a magnetosfera. E nós apenas começamos. Mercúrio tem muitas mais surpresas conforme nossa missão progride. " 

MESSENGER revela Inundação de Vulcanismo  

Por décadas os cientistas estavam intrigados se Mercurio tinha depósitos vulcânicos na sua superfície. Três sobrevôos daMESSENGER  responderam a essa pergunta afirmativamente, mas a distribuição global de materiais vulcânicos não era bem restrita. Novos dados a partir da órbita mostram uma enorme extensão de planícies vulcânicas ao redor da região polar norte de Mercúrio. Estas planícies contínuas e suaves cobrem mais de 6% da superfície total de Mercúrio. 

Os depósitos vulcânicos são grossos. "Análise do tamanho de crateras 'fantasmas' enterradas nesses depósitos mostram que as lavas são localmente grossas como dois quilômetros" (ou 1,2 milhas), explica James Head, da Universidade Brown, o autor de um dos relatórios Science. "Se você imaginar de pé na base do Monumento de Washington, o topo das lavas seria algo como 12 Monumentos Washington acima de você." 

De acordo com Head, os depósitos parecem típicos de inundação de lavas, grandes volumes de rocha fundida solidificada semelhantes aos encontrados nos poucos milhões de anos de idade do Grupo de Basaltos do Rio Columbia, em um ponto coberto com 150.000 quilômetros quadrados (60.000 milhas quadradas) ao noroeste dos Estados Unidos. "Aqueles em Mercúrio parecem ter derramado a partir de longas aberturas lineares e abrangeram as áreas circundantes, inundando-os a grandes profundidades e aberturas enterrando sua fonte," dizHead . 

Os cientistas também descobriram aberturas, medindo até 25 km (16 milhas) de comprimento, que parecem ser a fonte de alguns dos volumes enormes de lava muito quente que correram sobre a superfície de Mercúrio e erosão do substrato, esculpindo vales e criar sulcos em forma de lágrima no terreno subjacente.
"Essas formações surpreendentes e os depósitos podem ser relacionadas com os tipos de composições incomuns, semelhantes às rochas terrestres chamadas komatiites, sendo vistas por outros instrumentos e relatadas nesta mesma edição da Science," diz Head. "Além do mais, lavas como podem ter sido típicas de um período inicial na história da Terra, para a qual apenas uma evidência irregular permanece até hoje." 

Como MESSENGER continua a órbita de Mercúrio, a equipe de imagem está construindo um catálogo global desses depósitos vulcânicos e está trabalhando com equipes de outro instrumento para a construção de uma visão abrangente da história do vulcanismo em Mercúrio. 

Buracos em Mercúrio 

Imagens recolhidas pelo MESSENGER revelaram uma classe inesperada de landform[1] em Mercúrio e sugerem que um processo previamente não reconhecido geológica é responsável pela sua formação. Imagens recolhidas durante a Mariner 10 com voos rasantes e a MESSENGER de Mercúrio mostraram que os pisos e os picos das montanhas centrais de algumas crateras de impacto são muito brilhantes e têm uma aparência de cor azul para outras áreas de Mercúrio. Estes depósitos foram considerados incomuns, porque nenhuma cratera com características semelhantes são encontradas na Lua. Mas sem as imagens de alta resolução, os depósitos da cratera brilhante permanecem na curiosidade. 

Agora a missão orbital MESSENGER deu close-up, alvo de muitas dessas crateras. 

"Para surpresa da equipe científica, verifica-se que as áreas claras são compostas de pequenas e rasas, depressões de formato irregular que muitas vezes são encontradas em grupos", diz David Blewett, um cientista da equipe do Johns Hopkins University Applied Physics Laboratory ( APL), em Laurel, Maryland, e principal autor de um dos relatórios Science.

"A equipe científica adotou o termo 'buracos' para esses recursos para distingui-los de outros tipos de poços visto de Mercúrio. Os buracos foram encontrados em uma ampla faixa de latitudes e longitudes, sugerindo que eles são bastante comuns em Mercúrio. Muitas das depressões têm interiores luminosos e anéis luminosos", e os detectados até agora têm um aspecto fresco e não acumulado de pequenas crateras de impacto, indicando que eles são relativamente jovens. 

A análise das imagens e as estimativas da taxa na qual as cavidades podem ser crescentes levou à conclusão de que eles poderiam estar ativamente formando hoje". A velha sabedoria convencional era que" Mercúrio é como a lua.  Mas do seu ponto de vista em órbita, MESSENGER está nos mostrando que Mercúrio é radicalmente diferente da Lua em forma quase todos os que podemos medir. "  diz Blewett.

Superfície de Mercúrio e Composição da exosfera, Up Close & Personal (Íntimo & Pessoal)  

Cientistas estão coletando dados sobre a composição química da superfície de Mercúrio que não poderiam ter sido obtidos sem a perspectiva sustentada observando o que a órbita da MESSENGER fornece, e que a informação está sendo usada para testar modelos de formação de Mercúrio e lançar luz sobre a dinâmica da exosfera do planeta. 

Medições da superfície de Mercúrio por Espectrômetro MESSENGER Raio gama (GRS) revelam uma maior abundância do elemento radioativo de potássio, um elemento moderadamente volátil que vaporiza a uma temperatura relativamente baixa, do que o anteriormente previsto. Juntamente com Espectrômetro MESSENGER X-Ray (XRS), também mostra que Mercúrio tem uma composição média da superfície diferentes daquelas da Lua e outros planetas terrestres. 

"As medições da relação de potássio para o tório, um outro elemento radioativo, juntamente com a abundância de enxofre detectada pelo XRS, indicam que Mercúrio tem um inventário volátil similar a Vênus, Terra e Marte, e muito maior do que a da Lua", diz Peplowski Patrick - APL Cientista, principal autor de um dos artigos da Science. 

Estes novos dados é de regra da maioria dos modelos existentes para a formação de Mercúrio que haviam sido desenvolvidos para explicar a densidade invulgarmente elevada do planeta mais interno, que possui uma fração de massa muito maior de metal de ferro do que Vênus, Terra, ou Marte, apontou Peplowski. No geral, a composição à superfície de Mercúrio é semelhante ao esperado se a composição do planeta em massa é muito semelhante ao de meteoritos condritos altamente reduzida ou metal-ricos (material que sobra da formação do sistema solar). 

MESSENGER também coletadou as primeiras observações globais de íons de plasma na magnetosfera de Mercúrio. Mais de 65 dias, percorrendo mais de 120 órbitas, rapidamente a MESSENGER Imagem Espectrômetro Plasma (FIPS) fez o primeiro de longo prazo de medidas da exosfera ionizada de Mercúrio. 

A equipe descobriu que o sódio é o íon mais importante contribuição do planeta. "Nós havíamos observado anteriormente de sódio neutro a partir de observações do solo, mas de perto descobrimos que as partículas de sódio cobrados estão concentradas perto das regiões polares de Mercúrio onde é provável liberados pelo vento solar ion sputtering [2], efetivamente batem átomos de sódio fora da superfície de Mercúrio", observa Zurbuchen Thomas, Universidade de Michigan e autor de um dos relatórios Science. "Nós fomos capazes de observar o processo de formação destes íons, que é comparável à maneira pela qual auroras são geradas na atmosfera da Terra perto regiões polares." 

O sensor FIPS detectou íons de hélio em todo o volume inteiro da magnetosfera de Mercúrio. "Hélio deve ser gerado através de interações de superfície com o vento solar", diz Zurbuchen. "Nós supomos que o hélio foi entregue a partir do Sol pelo vento solar, implantado na superfície de Mercúrio, e depois se espalhou em todas as direções. 

Nossos resultados dizem-nos que magnetosfera fraca de Mercúrio fornece ao planeta muito pouca proteção contra o vento solar," ele continuou. "O clima espacial extremo deve ser uma atividade contínua na superfície do planeta mais próximo do Sol". 

"Essas revelações enfatizam que Mercúrio é um mundo fascinante que é incomparável no sistema solar", diz Blewett."Nós mal começamos a entender do que Mercúrio realmente gosta e estamos ansiosos para descobrir o que Mercurio pode nos dizer sobre os processos que levaram à formação dos planetas como as vemos hoje." 

Para mais materiais de apoio, visite:http://messenger.jhuapl.edu/news_room/telecon7.html


NOTAS:
[1] Um landform ou característica física nas ciências da terra esub-campos de geologia, compreende uma unidade geomorfológica e é largamente definida por sua forma de superfície e localização na paisagem, como parte do terreno e, como tal, é normalmente um elemento de topografia.

Elementos Landform também incluem Marinha e
 corpo oceânico  d'água recursos de interface, tais como baías, penínsulas, mares e assim por diante, incluindo recursos sub-aquosos, tais como terreno submerso cadeias de montanhas, vulcões e as grandesbacias oceânicas.

Trecho extraído de: http://en.wikipedia.org/wiki/Landform

[2] Sputtering é um processo pelo qual os átomos são ejetados a partir de um material alvo sólido devido ao bombardeamento do alvo em energético partículas. 
É comumente utilizada para deposição de filmes finos, gravura e técnicas de análise.

Extraído de: http://en.wikipedia.org/wiki/Sputtering

______________________________________

SEJA BEM VINDO AO NAMASTÊ



OLÁ PESSOAL!!

ESPERO QUE VOCÊS ENCONTREM OS ASSUNTOS QUE PROCURAM E POSSAM AJUDÁ-LOS DE ALGUMA MANEIRA, POIS ESSE SITE FOI FEITO PARA TODOS NÓS ,QUE BUSCAMOS CONHECIMENTOS E SABEDORIA PARA PODERMOS ESTARMOS EM SINTONIA COM A NOVA ERA !
BOM DIVERTIMENTO À TODOS!!

NAMASTÊ

Only Message Esoteric Here!!

DEARS BROTHERS AND SISTERS!! Each day come and take a few minutes of your attention and emanation of light to Gaia and so we have a stream of people pouring love and light to all mankind and Gaia! Only write in this box and know that every brother participates and the number of people sending their energy for our beloved planet! Kisses in the heart of each brother, lightworker! OR COMMENTS OF POSTS HERE! NAMASTE-NOVAERA

TESTE PSICOLÓGICO JAPONÊS

IMPRESSIONANTE TESTE PSICOLÓGICO JAPONÊS. Clique aqui: http://www.ociocriativo.com.br/trivias/pub/teste1.htm http://www.ociocriativo.com.br/trivias/pub/teste1.htm

PARTICIPE DESSE MOMENTO DE ORAÇÃO

PARTICIPE DESSE MOMENTO DE ORAÇÃO

Like -FACEBOOK

AMADA MARIA E JESUS CRISTO

Ocorreu um erro neste gadget