RETORNO

AMADOS! DEPOIS DE UMA PARADA ,RETORNAMOS REVIGORADOS E CADA VEZ MAIS CERTOS EM CONTINUARMOS NOSSA APRENDIZAGEM.NESSE PERÍODO SOMENTE FORAM POSTADOS MENSAGENS EM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK,NA QUAL PARTILHAMOS ASSUNTOS TÃO RELEVANTES NESSE MOMENTO DE TRANSIÇÃO!VAMOS EM FRENTE QUERIDOS EM NOSSA CAMINHADA COM AMOR ,LUZ,FÉ E DEUS EM NOSSOS CORAÇÕES! NAMASTE

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

PHILIPPE DE LYON – 09-08-2011 - AUTRES DIMENSIONS







Meus queridos Irmãos e Irmãs, eu sou Mestre Philippe de Lyon.

Eu vou falar-lhes, ainda uma vez, de Humildade e de Simplicidade, mas colocando a Humildade e a Simplicidade neste período atual, que foi aberto a vocês, desde alguns dias, pelo Senhor METATRON.

Eu lhes transmito primeiramente todas minhas saudações, toda minha Fraternidade.
A Humildade e a Simplicidade são, de fato, os vetores essenciais que, no período que vem se abrir, vão permitir-lhes, de algum modo, pôr fim ao fogo do ego, não agindo contra o ego, mas, muito mais, agindo em meio ao Amor CRISTO e agindo, apreendendo-se, em vocês, de qual é o escopo da Humildade e da Simplicidade.

Eu ilustrarei minhas observações (e perdoem-me se eu o faço assim porque, para mim, não pode ser de outra forma), eu ilustrarei, então, essas observações por algumas frases que o CRISTO disse e que vão se encontrar, hoje, de uma atualidade gritante, eu diria, no que sua vida vai dar-lhes a viver na Dimensão onde vocês estão.

METATRON permitiu então a abertura da Porta Posterior, aquela que abre, definitivamente, a possibilidade da vinda de CRISTO em um momento que só ele julgará bom.

A Luz CRISTO está aí, na totalidade.
Ela deve agora emergir, não somente em cada um de vocês, mas, também, para o conjunto da Consciência humana, para a totalidade das formas de consciências encarnadas sobre a Terra, humanas e não humanas, a fim de permitir estabelecer o reino da Luz.

Uma série de mecanismos foi colocada em operação, em vocês como sobre a Terra.
Algumas ativações ocorreram, o que preparou de alguma forma este período.
O ego se caracteriza por sua não-humildade e sua não-simplicidade.

Então, é claro, existem duas formas de ego: aqueles que sabem pertinentemente que pode existir desmancha-prazeres à sua plena supremacia.
Esses desmancha-prazeres são, justamente, a ausência de Humildade e a ausência de Simplicidade.

Então, esse gênero de ego vai se camuflar atrás de uma falsa humildade, de uma falsa simplicidade.
Agora, existe o que eu chamaria de aspirantes no caminho, muito mais sinceros, em seu ego, sabendo pertinentemente que a Humildade e a Simplicidade, pelos diferentes modelos que vocês puderam observar no Oriente, no Ocidente e por toda parte, são efetivamente vetores que lhes permitem aproximarem-se da Verdade.

De qualquer forma, em um caso como no outro, alguns elementos foram-lhes dados (já, ontem, anteontem, alguns dias atrás, entre os Anciãos), para fornecer-lhes alguns componentes permitindo-lhes distanciarem-se, justamente, do ego, do Fogo do ego.

Quando CRISTO chegar, ele irá lhes dizer de novo o que ele disse à época e que vocês irão dizer a vocês mesmos, quando lhe perguntavam porque ele fazia milagres tão importantes, ele respondia sistematicamente: é porque ele era o menor dentre vocês.
E aqueles que conheceram minha vida sabem que, em minha última encarnação, foi exatamente o que eu dizia, a cada vez.

É preciso compreender, de fato, que existe, entre a Consciência humana e a Consciência CRISTO, um sistema de vaso comunicante.
Este sistema de vaso comunicante, de algum modo, faz com que se um aparece, o outro desaparece.

Os dois não podem estar presentes, por muito tempo, de maneira concomitante.
Na realidade, quanto mais o CRISTO se estabelece, mais a Luz ou a Consciência da Unidade se estabelece, em vocês, mais a Consciência do ego e o que se refere a este ego vão se apagar, de alguma forma, pela majestade da Luz.

A Luz, a Unidade, representa, vocês sabem, uma Graça, um estado de Alegria, um estado de Paz.
O ego vai sempre buscar reivindicar alguma coisa.

Nós todos vivenciamos isso: reivindicar um lugar, reivindicar um estado, reivindicar uma reação, reivindicar o que foi denominado, eu creio, uma apropriação.

Lembrem-se também de que não se pode lutar contra o ego, porque, se lutar contra o ego, se tentar controlar, dominar, desviar, de algum modo, suas ações, e bem, sistematicamente, vamos fortalecê-lo, sistematicamente, ele vai nos apresentar, de alguma maneira, uma derivação que é um mesmo plano, apresentado de outra forma.

A Humildade e a Simplicidade é, efetivamente, fazer-se muito pequeno, aqui.
Evidentemente, isso não é a negação da vida, de sua vida, de sua Presença, mas é aceitar situar de novo a vida (e sua vida, sobretudo) em relação à perspectiva do Céu, em relação à perspectiva do Espírito e em relação à perspectiva do que é infinito.

O ego existe porque ele é finito e porque ele irá terminar, necessariamente, um dia e porque ele não pode ser eterno.
Toda astúcia da Consciência separada é tentar fazer crer ao ser humano, permanentemente, que tudo é eterno.

Ora, nada é eterno em meio ao ego, seja através das doenças, seja através da vida, através do que reserva a vida humana, na encarnação.
Todos os setores da vida mostram que nada pode ser eterno e que tudo apenas passa adiante, tudo apenas aparece, aumenta e desaparece, as relações como todas as atividades.

Penetrar os espaços da Unidade, se deixar fecundar pelo CRISTO, é descobrir um lugar e um estado da Consciência onde nunca mais ali pode haver sede, onde nunca mais ali pode haver interrogação e insatisfação.
Então, ir para este estado pode ser ajudado pelos vetores principais da Humildade e da Simplicidade.

A Humildade e a Simplicidade de que falo não é algo que seja para camuflar ou para aplicar, mas, realmente, para viver.
Portanto, viver a Humildade, o que é?
Viver a Humildade é, antes de tudo, considerar que a pessoa que somos, quando estamos em um corpo, é muito pequena, insignificante, em relação à Luz, mesmo se somos portadores da vida, portadores desta Centelha Divina, que ainda não está revelada e que se revela, para muitos de vocês, desde alguns anos, e que deve maravilhar toda a humanidade e despertá-la, por completo.

Dessa maneira, enquanto se exerce ainda uma ação neste mundo, se está, obviamente, sujeito e submisso, de algum modo, à sua própria personalidade, até certo ponto, à sua própria história, às suas próprias alegrias, aos seus próprios acontecimentos vivenciados e que deixaram marcas mais ou menos importantes, mais ou menos profundas, mais ou menos dolorosas, ou mais ou menos felizes.

Para aqueles que já tiveram a oportunidade de viver esses estados da Unidade, mesmo por experiência, naqueles momentos, naturalmente, a personalidade tende a se apagar.
Então, que isso seja o que vocês chamam hoje de alinhamentos, de meditações, na minha época, eu chamava isso, simplesmente, de ‘prece do Coração’.
Ou seja, eu entrava no meu Coração e conversava com CRISTO e é ele que atuava através de mim, naturalmente.

Eu tinha perfeitamente consciência que, sendo um dos Porteiros do Céu sobre esta Terra, eu nada podia fazer sem ele.
É preciso, na realidade, conceber o conjunto de sua vida, o conjunto de suas ações, como imperfeitas e incompletas, enquanto vocês não atuam, de alguma maneira, diretamente pela Luz e pelo que foi denominada Inteligência da Luz, em vocês.

Se a Inteligência da Luz trabalha em vocês, isso quer dizer, é claro, que vocês já alcançaram algumas Portas, abriram algumas Portas e alcançaram alguns estados da Consciência, aproximando-os da Consciência da Luz Branca.

Então, naquele momento, irá se tornar, efetivamente, mais fácil conhecer os momentos em que ego se manifesta (o fogo do ego) e o momento em que esse Fogo do Coração, que os preenche, age através de vocês.
Evidentemente, o ego é sempre complicado.

O conjunto do que vai esboçar, elaborar, construir, está sempre sujeito a interpretações, a projeções, ao fato de querer pesar, avaliar, o que é bom, o que não é bom.
Todas as ações que são formuladas pelo ego, nunca são espontâneas e elas resultam sempre de uma experiência passada, sem qualquer exceção.

A ação da Luz, e a ação através de sua Luz, se fazem na Humildade, ou seja, a personalidade se apaga para deixar agir a Luz.
E, naquele caso, nada do que pode se manifestar a vocês pode ir ao encontro da própria Luz se, é claro, alguns acontecimentos possam lhes parecer opostos à Luz.
Mas o que pode parecer-lhes oposto à Luz será sempre e inelutavelmente a visão do ego que se pergunta sobre um acontecimento que não lhe parece ir ao sentido do que ele queria.

A Luz (e isso vários lhes disseram) sabe sempre aonde ela deve ir.
Ela não tem, como eu diria, estados de alma.
Ela não tem que se colocar questões.
Ela é a própria evidência.
Então, mesmo se um acontecimento lhes parecia oposto à Luz, se vocês estão na Luz, não pode ser de outra forma.

E a partir do momento, é claro, em que vocês se colocam este tipo de perguntas, vocês recaem inexoravelmente no princípio da Dualidade e na análise de uma problemática ou de um elemento que surgiu em sua vida.
O ego é também isso.


Se há confiança na Luz, não há qualquer razão para que esta confiança desapareça assim que um acontecimento se manifesta.
CRISTO dizia: “o pássaro se preocupa com o que ele vai comer amanhã?”.
Ele dizia também: “deixem os mortos enterrar os mortos”.
Isso quer dizer que vocês não podem seguir a Luz e seguir a morte.
Vocês não podem seguir o que pertence à Dualidade, tudo o que está alterado, perturbado, na vida, e seguir a própria vida.

Vocês podem apenas estar vivendo, ou morto.
O ego, lembrem-se, mesmo se ele seja atraente, mesmo se ele parece protegê-los, leva-os inexoravelmente para a morte, já que ele próprio deve morrer.
Enquanto que o CRISTO, a Luz Branca, leva-os para a Vida Eterna, para a Ressurreição, para o momento da Consciência onde não pode existir mais a menor sede, a menor interrogação, a menor questão.

O impulso de CRISTO é, hoje, favorecer esta acessão para vocês, desde que vocês aceitem largar, eu diria, todas sua bagagens, quaisquer que sejam.
Vocês podem também dizer-se que, a partir do instante em que um humor se manifesta, contrário à Alegria, e bem, é claro, é unicamente seu ego que o manifesta e jamais o CRISTO em vocês, isso é impossível.

O CRISTO, neste período particular que vocês vivem, se ele está em vocês, ele nunca pode induzir a tristeza, o que quer que seja que viva o corpo, mesmo abatido, mesmo atordoado por uma dor.
A Alegria não pode desaparecer.
Se ela desaparece ou se ela tende a se atenuar, quer dizer que, naquele momento, o ego prevalece sobre a Luz.

Isso pode parecer, efetivamente, para aquele que não vive totalmente a Unidade, algo impossível porque como aceitar um acontecimento terrificante?
Como aceitar algo que fere, com a mesma Consciência?
E, no entanto, eu lhes asseguro que isso é perfeitamente possível, perfeitamente realizável e mesmo desejável, nisso que se abre a vocês, agora.

O ego vai sempre querer reagir a tudo o que vai se apresentar.
O ego vai sempre querer se intrometer, decidir.
Vários Arcanjos lhes falaram desta Presença, deste Abandono à Luz, desta rendição do ego, de algum modo.

A Humildade é realmente o único meio de deixar a Luz trabalhar, em vocês, com cada vez mais força, cada vez mais evidência e certeza Interior.
O ego jamais estará seguro.
Ele vai sempre se colocar questões, ele vai sempre se interrogar sobre as coisas, sobre as decisões.

Ele vai sempre duvidar, permanentemente.
É raro que um ego esteja sempre na mesma convicção e na mesma certeza Interior, porque, necessariamente, ele vai ser confrontado aos elementos, pelo próprio princípio da Lei de Dualidade, de ação/reação, que virão, de certa forma, submetê-lo à dúvida, submetê-lo a:“isso é verdadeiro/isso não é verdadeiro”.

Ao passo que, quando vocês se instalam na Humildade e vocês deixam o Fogo do Espírito invadi-los, vocês entram no que muitos de vocês começam a experimentar, às vezes com interrogação, porque, efetivamente, o fato de encontrar-se em uma espécie de vacuidade, o fato de encontrar-se em uma espécie de Luz e de não mais saber quem ser, o que fazer, não mais saber o que fazia dois minutos atrás, pode parecer-lhes, efetivamente, preocupante, ou até mesmo dar medo.

E, no entanto, não há outra maneira, para a Luz Branca, de se instalar em vocês e de extraí-los, de algum modo, da Ilusão.
Apenas deste modo que irá se realizar a Ascensão.
Vocês não podem manter uma identidade e viver a Ascensão.
Vocês não podem manter seja o que for deste mundo e viver a Ascensão.

A única maneira de não mais segurar o que quer que seja é ter a humildade de reconhecê-lo, é ter a humildade de vivê-lo e, principalmente, de ir para a outra expressão importante desse Fogo do Espírito que é a simplicidade.

Em sua vida, desde que algo não seja mais simples, diga-se bem que é sempre o ego que está envolvido, jamais o Espírito.
O Espírito, a Luz CRISTO, irão sempre para mais simplicidade e irão levá-los a viver a Simplicidade.

Esta confiança inabalável é a ação da própria Luz.
A partir do momento em que isso não é mais simples (seja em vocês, em seus mecanismos de pensamento, em suas interrogações, em seu mental), a partir do momento em que algo se torna complicado, vocês podem estar certos de que, naquele momento, a Simplicidade não está mais presente e muito menos a Luz.

A Luz é extremamente simples.
Ela coloca vocês nos estados de Alegria, de Paz, isso lhes foi dito.
Mas mesmo em sua vida comum, ela vai colocá-los nesses estados onde vocês irão aperceber-se, vocês mesmos, enquanto observador, de que vocês poderão viver um acontecimento, qualquer que seja, sem ser afetado de qualquer maneira.

Na realidade, o CRISTO vem chamá-los, ele vem permitir esta preparação final desta Ascensão, desta Ressurreição e vocês não podem ressuscitar, é claro, estando apegados ao que quer que seja deste mundo.
Isso foi dito de várias maneiras.

Naturalmente, aquele que está no ego vai compreender isso como a necessidade de renunciar a todos os setores de sua vida e aquele, é claro, não terá compreendido.
É exatamente o que o ego vai lhes sugerir: vai fazê-los crer que se vocês deixam isso, aquilo e aquele outro, vocês irão reencontrar o CRISTO mais facilmente.

Essa Renúncia não é uma renúncia, obviamente, à sua vida, já que vocês devem estar plenamente vivos para viver o CRISTO.
Mas ser humilde e ser simples não é renunciar à sua própria vida, porém é renunciar aos componentes da vida que foram construídos e que impedem, justamente, de se Abandonarem totalmente à Luz.

Muitos de vocês viveram experiências, entre aqueles que se abrem (durante os anos passados ou ainda agora), que os levaram a ‘soltar’, que os levaram a formas de reflexão: por que o sofrimento?
Por que é que eu perco um cônjuge, um trabalho?
Por que é que tudo muda?
O porquê será sempre oriundo do ego.
Por outro lado, a resposta virá sempre do Espírito.
É o momento em que, justamente, não há mais por quê.
Isso pode parecer paradoxal, mas a Luz é uma compreensão total.

Mas é uma compreensão, é o conhecimento Interior, que nada tem a ver com uma sequência lógica, tal como o ego a concebe.
Por exemplo, se vocês têm dor em algum lugar, vocês irão buscar compreender (física, energética ou psicologicamente), conforme seu grau de abertura, porque vocês têm dor e porque vocês manifestam esta dor ou esta doença.
E é lógico.
O ego humano é tal que ele quer sempre explicar, compreender, apreender-se de uma sequência lógica.
Mas a sequência lógica, na encarnação e na dualidade, nada tem a ver com a lógica do Espírito e da Luz.

Deste modo, portanto, a mesma dor, a mesma doença, o mesmo distúrbio, vivenciado pelo ego e vivenciado pelo Espírito, não dá de qualquer maneira, de todo, o mesmo resultado.
O que é vivenciado pelo ego vai se traduzir por uma interrogação, um mal-estar, uma perda de alegria e nós todos vivenciamos isso através de uma dor, de uma perda, de uma doença.

Por outro lado, assim que o Espírito os vivifica, assim que o CRISTO começa a trabalhar em vocês, a primeira coisa que ele vai lhes dizer, mesmo se isso não for em palavras, é exatamente esta frase: “deixe os mortos enterrar os mortos e seja eu”.

Ele vai dizer-lhes: “os mortos não são exteriores a vocês”, esses mortos são também vocês.
É tudo o que vocês arrastam (de sua história, de seu passado) que os impede e que nos impediu a todos, de estar totalmente no instante presente.

Aí também, vários Arcanjos, várias Irmãs e Anciãos falaram de tudo isso, através das Estrelas, das Trilhas, dos Eixos, de tudo o que lhes foi dado a viver e a assimilar pela Luz, em vocês.

O que eu quero dizer hoje é que é tempo, agora, mesmo para isso, de superar tudo isso e de entrar na Consciência pura, ou seja, verdadeiramente, nesta fé total na Luz, que vai conduzi-los ao que vocês são, além de qualquer limite, além de qualquer veleidade de ação ou de reação, neste mundo.

Eu quero lhes falar de tudo isso, principalmente em relação a esta época.
Porque, é claro, os tempos que se abrem a vocês são tempos que eu qualificaria de extremamente conflitantes para a Terra e, em todo caso, para tudo o que pode resistir, opor-se, à Luz Vibral, ao CRISTO.

Mas como vocês sabem, tudo o que acontece fora acontece, exatamente da mesma maneira, em vocês.
Não há nada que se possa chamar de “exterior”.
Como isso já foi dito, mesmo por Anjos, por Arcanjos e por outros: quando a asa de uma borboleta se quebra, todo o Universo treme.

Efetivamente, na Consciência Una, em CRISTO, vocês não podem permanecer insensíveis e é, aliás, uma das características um pouco paradoxais: falam-lhes de desapego, de Abandono à Luz, de Humildade, de Simplicidade, mas não lhes falam de insensibilidade.
Simplesmente, a sensibilidade do Espírito não tem mais tomada no corpo, não tem mais tomada na alma e se vive em Consciência, e simplesmente na Consciência, mas não mais através de um afeto, de uma emoção ou do mental.

É nesse sentido que tudo o que acontece no Universo, tudo o que acontece no Sol (e talvez vocês já tenham sentido) repercute-se, instantaneamente, em vocês.
O que acontecerá, agora, do outro lado do planeta, na Consciência de CRISTO: quando um ser humano sofrer, naturalmente este sofrimento estará em vocês.

É além da compaixão, é além de querer sentir pena, mas isso está em vocês, também.
Porém a diferença é que, quando a Luz CRISTO está aí, e bem, este sofrimento, esta dor (a sua como aquela do outro lado do planeta), é metabolizada, de algum modo, transcendida, imediatamente, pela Consciência CRISTO, em vocês.

Dessa forma, então, isso é uma maneira de viver a Unidade da Consciência, a Consciência Unificada, de se aproximar de CRISTO, ou seja, como ele o dizia: “o que vocês fazem ao menor de vocês, é a mim que vocês fazem”.
Vocês poderão dizer também esta frase: “o que é feito ao menor de vocês, é a vocês mesmos que é feito”.

E, no entanto, não há, nesta frase, qualquer veleidade, qualquer vontade de julgamento, de condenação do que quer que seja, porque naquele momento, o que é julgado como exterior, o que é condenado, é também condenado, em vocês.
Isso não é um jogo de palavras, é a ‘realidade Vibratória’ do Espírito, da Lei do Um, da Graça.

Então, é claro, enquanto não há humildade, simplicidade, ou vocês estão indiferentes, ou vocês estão insensíveis, ou vocês estão fragmentados, para citar o Irmão K.
E o que está fragmentado, obviamente, não se comunica nesses diferentes fragmentos.

A Unificação da Consciência, o retorno de CRISTO, convida-os a estender sua Consciência até os confins dos Universos, a fim de não mais estar separado.
E para isso, é preciso respeitar a Humildade e a Simplicidade, porque se vocês quiserem se apropriar da Luz, se vocês quiserem manifestar qualquer veleidade de posse desta Luz (e não ser a Luz, mas possuir a Luz), naquele momento, vocês voltarão imediatamente na Dualidade.

Isso vai requerer, ainda uma vez, um aprendizado extremamente mais rápido, porque, agora, vocês podem observar vocês mesmos.
Observar-se, não para desidentificar-se pelo ego, mas, simplesmente, porque a Consciência da Unidade está presente (em parte, pequena ou grande, em vocês) e é esta parte que lhes permite, justamente, observar como se estende sua própria Consciência.

Dessa maneira, então, vocês poderão ajustar-se, com mais ou menos êxito, nos primeiros momentos.
Este ajustamento será tanto mais fácil se vocês mantêm no Espírito esta Humildade e esta Simplicidade.
Desde já lhes dizer, o que chega a vocês, não é nem sua culpa, nem a culpa de outro.
Se vocês aceitam a Unidade e vivem a Unidade, o que chega tem sempre um sentido e uma função: permitir-lhes ir para mais Simplicidade e para mais Humildade.

A partir desse princípio, nada há a condenar, nem em vocês nem no exterior, nada há a julgar, nenhuma ofensa a manifestar, nenhuma emoção e nenhuma atividade mental.
Se vocês suportam, de algum modo, em Consciência, vocês irão se aperceber então de que, muito rapidamente, vocês irão penetrar outros estados de sua Consciência onde a Paz poderá se instalar, onde vocês poderão se manter em seus 4 Pilares, como isso foi dito, e vocês poderão, sobretudo, escapar ao que o Bem Amado João lhes disse, ou seja, a esse ‘choque da humanidade’ que agora chegou.

Naturalmente, o ser humano sempre teve tendência (e isso lhes foi dito), em sua vida, de se resguardar.
Resguardar-se de tudo, de se ocupar em antecipar muitas coisas, seja para os alimentos, seja para o dinheiro, seja para o afetivo, seja para o amanhã.
Ao passo que a Consciência CRISTO vem dizer-lhes que o amanhã não existe, que o ontem não existe.

E, evidentemente, é muito difícil para o ser humano (mesmo se ele o aceita intelectualmente) estabelecer-se totalmente, fazer como o pássaro que não se preocupa com o amanhã.

Mas, é claro, se vocês querem voar, se vocês querem se tornar uma borboleta, como diria nosso Comandante, vocês não podem permanecer lagarta.
O comportamento deve mudar, irremediavelmente.

O impulso de CRISTO e o CRISTO que vem bater à sua porta vão agora convidá-los a mostrar e a demonstrar o que vocês realizaram: o que vocês têm feito de sua vida?
O que vocês têm feito do que vocês conhecem da Luz?
O que vocês têm feito do que vocês vivenciaram da Luz?

Convidando-os, não a um julgamento, não a uma condenação, nem a uma responsabilidade, mas sim a uma ‘mestria’, em seu sentido o mais nobre, do que pode a Luz, em vocês, se vocês aceitam que Ela que conduz sua vida, da mesma maneira que se vocês aceitam alcançar sua Dimensão de CRISTO.
Sua Dimensão de CRISTO não tem nada a ver com sua condição limitada sobre este mundo.

Portanto, a oportunidade que vocês têm, porque é uma oportunidade, que, em minha época, era muito mais difícil.
Obviamente, nós fomos ajudados da mesma maneira que vocês.
CRISTO estava aí para alguns.

Os Anjos estavam aí e me acompanharam também em minha ação, mas eles estão aí, também, para vocês, hoje, de maneira muito mais patente.
Vocês têm a oportunidade de sentir sua presença, vocês têm a oportunidade de poder estar em ressonância com eles, como lhes disseram.
Nós todos estamos em vocês, nada é exterior.
Quando nós lhes dizemos isso, não é uma frase bonita, é realmente a estrita verdade da Consciência Unificada.
Foi-lhes dito que o conjunto da vida é uma projeção.

Então, é claro, quando vocês têm dor, é fácil dizer que isso é apenas uma projeção.
Sim, isso pode ser extremamente difícil de viver enquanto vocês estão no ego.
Mas se vocês se abandonam ao CRISTO, vocês verão que, qualquer que seja o sofrimento, a doença, qualquer que seja o inconveniente da vida, isso não tem mais qualquer sentido e será transcendido pelo Amor e pelo CRISTO.

Observem, observem ao redor de vocês e se interessem pela vida de algumas Estrelas.
Eu penso em particular em Gemma Galgani, em Santa Teresa de Lisieux, eu penso na Irmã Yvonne Amada de Malestroit.
Observem sua vida.

Vocês verão que, quaisquer que sejam os elementos, os acontecimentos que elas suportaram (e a mulher é muito mais resistente que o homem para isso), e bem, essas mulheres mantiveram a capacidade, mantiveram sua conexão com CRISTO e vivenciaram, independentemente do que viveu o corpo, do que viveu a personalidade, não uma fé, mas uma vivência real e uma conexão permanente com a Luz Branca, com CRISTO.

Hoje, vocês todos são chamados a se tornar Irmãs Yvonne Amada de Malestroit, vocês todos são chamados a se tornar Gemmas Galgani, sem qualquer exceção.
Isso quer dizer que as circunstâncias da vida que se abrem a vocês, agora, vão ser extremamente perigosas, exteriormente.

E esse perigoso exteriormente vai se viver, também, em vocês.
Vocês viverão as revelações finais onde a Luz irá procurar até achar as últimas Sombras que vocês quiseram esconder, irá procurar até achar os últimos medos que vocês não ousaram enfrentar.
Isso é imperativo.

Vocês devem ser totalmente transparentes e vocês não podem se tornar totalmente transparentes enquanto existe o menor medo, a menor zona de sombra, a menor lembrança ou a menor projeção.
Vocês devem estar nus, totalmente nus.
Vocês devem se tornar humildes, totalmente simples.

É nesta condição final que vocês viverão esse ‘choque da humanidade’ que se revela agora, com uma serenidade e uma Alegria a mais considerável.
Paradoxalmente (e isso lhes foi dito), é nessas zonas de turbulência que o ser humano descobre sua humanidade.

E esta zona de turbulência não lhes refere individualmente, ela se refere, é claro, à totalidade da Terra.
Seus Irmãos e suas Irmãs, que não estarão nesta Humildade, que não estarão nesta Simplicidade, viverão, efetivamente, um fogo do ego que será extremamente importante.
Mas vocês, se vocês se estabelecem nesse Fogo do Espírito, vocês irão abrandar, em vocês, esse fogo do ego, e no conjunto da humanidade.

Naturalmente, vocês compreenderam, esses dois Fogos estão em oposição, em contradição, mesmo se lhes foi dito que a Consciência do ego e a Consciência de CRISTO são totalmente opostas, contraditórias, mas elas devem, de algum modo, resolver-se em conjunto, solucionar-se em conjunto.

Do mesmo modo que toda a Terra deve solucionar, em conjunto, no mesmo banho (e sim, vocês estão todos no mesmo banho, a partir do momento em que vocês estão encarnados).
E o que vocês têm a viver, nesse banho, é o banho da Luz.
Esse banho de Luz, esse retorno de CRISTO, esse retorno da Luz Branca.
Se, entre vocês, vocês não querem ouvir falar de CRISTO, isso não tem qualquer importância.
É a mesma coisa que chega para todo mundo.

E, obviamente, os comportamentos procedentes desse banho não são, evidentemente, vocês podem imaginar, absolutamente os mesmos para aquele que é capaz de se alinhar e para aquele que jamais, sequer, ousou imaginar que esse tipo de coisas fosse possível.
É exatamente isso que se revela agora, é exatamente isso que permitiu o Senhor METATRON e que vai permitir o conjunto da Luz que se revela, agora.

Então, é claro, a Humildade e a Simplicidade serão seu corrimão.
A ausência de reação, a capacidade para não reagir no momento, vai permitir-lhes estabelecerem-se, cada vez mais, na Eternidade do instante presente.
Cabe a vocês fazer a experiência e compreender, por vocês mesmos, que quanto mais vocês estão nesta atitude de Espírito, mais isso irá se tornar fácil.

Mas se vocês dão, vocês mesmos, peso ao sofrimento, se vocês dão, vocês mesmos, peso àquele que estará em reação, em frente de vocês, e bem, vocês irão recair instantaneamente nesta Dualidade e vocês terão apenas um desejo, é o de subir de novo na Unidade.

E para isso, a rampa, é a Humildade e a Simplicidade.
Isso poderia parecer talvez infantil, mas é importante darmos os elementos a vocês, porque, é claro, nos primeiros banhos de Luz total da humanidade, vocês podem bem imaginar que aqueles que jamais vivenciaram ou imaginaram que isso pudesse existir, não vão verdadeiramente chamar isso da Luz.

E, no entanto, é da Luz.
O ego chamará isso de terror.
O ego chamará isso de diferentes modos, mas certamente não da Luz Branca.
Porque eles estão tão confinados, eles estão tão medrosos (já que o confinamento está ligado ao medo), que aquele que manifesta, vocês compreenderam, um ‘poder’, qualquer que seja, será sempre, em última análise, presa de seus próprios medos.
E ele projeta, portanto, esse poder exterior para evitar encontrar-se confrontado com seu medo.

Obviamente, alguns chefes poderosos dirão: “nem mesmo mal, nem mesmo medo”.
Mas eu garanto a vocês que, no interior, o medo será colossal, mesmo se há ali uma negação.

Porque, evidentemente, a negação é um elemento importante.
Negar que aquele que está do outro lado do planeta e que morre de fome não faz parte de vocês é muito fácil do alto de sua torre de marfim, rodeada de dinheiro, mas isso vai se tornar perfeitamente outra coisa quando o CRISTO chegar, acreditem em mim.
E o CRISTO chega.

Dessa maneira, portanto, vai existir, naturalmente, sobre esta Terra, uma mescla de emoções, uma mescla de mecanismos importantes de eliminação ou de tomadas de consciência.

Tudo isso não ocorre na paz, para todo mundo, mas, evidentemente, a conclusão será a paz para todo mundo.
Sejam humildes, dignos e humildes.
Sejam simples, dignos e simples.
Sejam fortes na Luz.
Sejam fortes, em CRISTO, e não em sua pequena presença.
Sejam fortes na Vida e não nesta vida.

Se vocês respeitam isso, se vocês memorizam minhas palavras e se vocês são capazes, além de seus espaços ditos de alinhamento, de oração, de meditação, de se recentrar, naquele momento, quando vocês forem confrontados com esse gênero de coisas, vocês irão se aperceber de que tudo acontecerá na Alegria.

Isso não é uma palavra em vão.
Vocês irão descobrir esta Paz, o que foi chamado de Sat Chit Ananda, no Oriente, este estado de Felicidade, de Alegria onde, aconteça o que acontecer (eu digo bem aconteça o que acontecer), vocês irão manter esta Alegria e esta Consciência Unificada.

É tudo o que eu posso lhes desejar.
Esta é a melhor coisa que poderia acontecer para sua Consciência, manter esta Alegria, esta Unidade e não mais ser afetado por qualquer coisa ocorrendo em seu corpo, não mais ser afetado por qualquer coisa acontecendo em sua cabeça ou em sua vida ou na vida do planeta, ou seja, permanecer no Coração e nesta Unidade.

A Humildade e a Simplicidade são seus corrimãos, as rampas, que lhes permitem manter os 4 Pilares e, principalmente, se beneficiar da Inteligência de CRISTO, em vocês, e lhes permitir conduzi-los no ser humano digno desse nome e, sobretudo, no ser de Espírito puro.

Eis o que eu tinha para dizer-lhes.
Naturalmente, se há em vocês perguntas, nós ainda temos um pouco de tempo antes de dar lugar ao Arcanjo MIGUEL, dentro de instantes.

Eu desejo muito continuar a avançar com vocês sobre isso que eu lhes falei.
Enquanto vocês estão identificados a uma dor, enquanto vocês estão identificados a uma emoção, enquanto vocês estão identificados a um pensamento, vocês não estão no CRISTO.
Porque se vocês estão no CRISTO, então, naquele momento, não há nem emoção, nem pensamento, nem dor.

Qualquer que seja a dor que esteja presente, qualquer que seja a emoção que esteja presente, qualquer que seja o pensamento que esteja presente, vocês tomam consciência e vocês vivem, que vocês não são nada de tudo isso.
Isso não é uma visão do Espírito, isso não é uma ilusão, mas isso é, realmente, ao que vocês são chamados a viver, em CRISTO.
E isso é agora.

Nós não temos perguntas, nós lhe agradecemos.

Então, meus Irmãos e minhas Irmãs, como Melquizedeque da Terra, é-me dada a possibilidade de comungar com vocês, em sua carne e na Luz CRISTO.
Essa será minha maneira de saudá-los e de amá-los.
Eu lhes digo certamente até mais tarde.
Preparemo-nos.

… Efusão Vibratória …

Eu sou Mestre Philippe e eu lhes digo, até mais tarde.


Enviado por Rosa
Mensagem do Venerável PHILIPPE DE LYON no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=1147
9 de agosto de 2011
(Publicado em 10 de agosto de 2011)
Tradução para o português: Zulma Peixinho
http://portaldosanjos.ning.com 

NA ALEGRIA OU NO TERROR? ESCOLHAM, SÓ HÁ ESTAS OPÇÕES - AÏVANHOV - AUTRES DIMENSIONS (COM PODCAST)








Download: http://www.4shared.com/audio/qtvFnrui/Aivanhov1.html

Bem, caros amigos, estou extremamente contente por reencontrá-los.
Então, de início, deixem-me, contrariamente a meu hábito, expressar-me um pouco sobre as circunstâncias planetárias.

Vou lhes falar do jornal intergaláctico e atual, nesse domingo de sua Terra, para assinalar que vocês entram no período do solstício e de grandes movimentos planetários anunciadores de grandes mudanças.

Então, não vou voltar sobre as festividades e o programa que os espera.
Tudo isso, vocês o perceberão, no tempo e na hora.

Mas tenho que insistir sobre o modo como vocês terão que assistir e participar das festividades.
Porque, obviamente, o mais importante, não é assistir ao espetáculo, mas ver qual o efeito fará o espetáculo sobre vocês, não é?
Então, não haverá trinta soluções, não é?

Vocês não sairão do espetáculo dizendo: “está bem, foi bom”.
Não, vocês viverão o espetáculo!
Mas vocês viverão o espetáculo de dois modos e somente de dois modos possíveis.
A vocês cabe escolher e decidir, não é?

Vocês estão nos instantes finais desta preparação: ou vocês a viverão na Alegria, o que eu desejo para o maior número de vocês, presentes aqui e em outros lugares (bicicleta ou não bicicleta, não é?), ou no terror.
É tão simples assim, não haverá meias-medidas com relação ao que vem e, em minha vida, insisti, certamente muito menos que meu Mestre Bença Deunov, sobre o final desta Dimensão.

Ele falou, de maneira muito exata, relativamente ao final desta Dimensão no Fogo.
Mas vocês não estão, como o sabem, no final.

A cortina ainda não caiu, resta ainda a abrir a cortina e ela vai se abrir, creiam-me.

Então, pelo momento, são as premissas que vocês vivem em vocês e são as premissas que vocês observam, aqueles que se interessam ao que acontece no exterior.

Retenham uma única coisa, ela é fundamental: Alegria ou terror.

Não haverá outras medidas, não haverá outras meias-medidas com relação aos encadeamentos de acontecimentos que vocês suportarão e viverão nos dias que vêm, já.

Então, aí também, hein, obviamente, se vocês estão na Alegria, isso será uma comédia.
Se vocês estão no terror, isso será um melodrama.

Cabe a vocês escolher, mas isso será exatamente a mesma coisa para todo o mundo.
Simplesmente, o modo que vocês o viverão, no plano vibratório, no plano visual, no plano de seus sentidos, no plano de suas entranhas, no plano de seu Coração, será função de sua capacidade para se estabelecerem no Coração, e nada mais, e nada mais, aliás, será importante.

Portanto, eu os engajo, não para girar a bicicleta (nota: o mental), mas para verdadeiramente, no fundo de seu ser, se colocarem a questão do modo que viverão isso.

Como vão reagir ou não reagir?
Como vão aquiescer, de algum modo, com o estabelecimento da primeira jornada da Luz Unitária (nota: em 17 de julho de 2010)?
Como vão encaixar os aspectos planetários essenciais que vão se produzir na Humanidade, em suas vidas?

Tudo isso é verdadeiramente essencial, para a maneira de assistir ao espetáculo.
Compreendam bem que vocês serão, todos, sem exceção, onde quer que estejam (numa caverna, como alguns pensam poder escapar ao que vem, ou ainda nas cidades, ou ainda nos campos), vocês serão todos abalados, no bom sentido ou no mau sentido.

Tudo isso apenas dependerá de sua capacidade para entrar em ressonância com a Unidade que acompanhará isso ou não.

Aí está o que tinha a dizer.
Guardem bem essas palavras, elas são importantes.

O terror há se vocês permanecem lagarta, como bem o disse Um Amigo.
A Alegria há se vocês se tornam borboleta.
É muito importante compreender isso.
E é uma compreensão vibratória.
Isso não será jamais uma compreensão mental.

Portanto, preparem-se para se estabelecer na Alegria.
É o único modo que terão de manter sua estrutura e servir e continuar a trabalhar nesta Dimensão, para o estabelecimento da Luz.

Então, aí estão algumas palavras.
Antes de devolver as bicicletas, vocês têm questões precisas com relação a isso?


Download: http://www.4shared.com/audio/pNhkI8U9/Aivanhov2.html

Questão: que se pode esperar em 17 de julho de 2010?
Será a primeira vez que a Radiação Tripla do Espírito Santo, do Ultravioleta e da Fonte será permanente.
Assim, portanto, durante este dia, vocês perceberão, independentemente da intervenção de Miguel que será, eu penso, a mais importante de todas as intervenções nesse canal, pela sua Presença, pela sua Vibração e pelas próprias informações cruciais que lhes serão comunicadas naquele momento, sobre o desenvolvimento do plano da Luz Vibral em sua Dimensão que está, agora, perfeitamente estabelecido e perfeitamente definido.

Questão: como desenvolver e manter o estado de Alegria?
Então, aí, há já bastante indicações que lhes foram dadas, muito numerosas.
Há os ensinamentos das novas lâmpadas que lhes foram comunicados.
Há as técnicas de Mestre RAM.
Há as técnicas de Um Amigo, de Sri Aurobindo (nota: vocês encontrarão em nosso site, na rubrica “protocolos”, tudo o que nos foi solicitado a comunicar amplamente sobre o assunto).

Há muitas ferramentas que lhes foram comunicadas para se estabelecer na Alegria e não vejo necessidade de associar outras.

Questão: o aumento de intensidade Vibratória vai acelerar essa tomada de Consciência?
Vocês sabem, não há nada melhor para o ser humano (em minha vida, chamei o “chute nas nádegas) que ter medo, porque a um dado momento, o medo é tão intenso, que só pode desembocar na Alegria.

Vocês todos ouviram falar, as crianças que têm grande medo e que, de repente, colocam-se a se arrebentar de rir, não é?
É o mesmo princípio.
Portanto, não há preocupação.
E que faz uma criança quando tem medo?
E quando está aterrorizada?
E que faz mesmo um adulto quando está doente e sofre?
Chama mamãe.

E vocês têm a explicação magnífica do por que a intervenção de Maria ocorrerá depois, durante este período.
É lógico, não é?

Questão: se estamos na Alegria, seremos conduzidos pela vontade da Fonte?
A Fonte é Alegria.
Eu já disse, isso foi já dito por vários interventores: em função da Vibração que vocês emitem, em função da qualidade Vibratória na qual vocês estiverem estabelecidos, vocês atrairão a vocês o que for atração e ressonância.

Vou tomar um exemplo muito simples: imaginem que vocês tenham assimilado, intuído, o fato de que seja melhor estar no alto de uma montanha ao invés que no centro de uma grande cidade.
Mas se sua Vibração não está em acordo com isso, acontecer-lhes-á a mesma coisa no alto de sua montanha como no centro de sua grande cidade.
A solução, ela é interior.

Então, obviamente, depois, há seres que fazem previsões que tentaram prever (porque o ser humano é um ser de previsão), estabelecer condições de sobrevivência mais agradáveis, é claro.

O fato de ter a barriga um pouco cheia, o fato de ter calor, o fato de estar com muitos, obviamente, será, naqueles momentos, importante.
Mas lembrem-se que é apenas o terceiro ato, não é? Não é o quarto ato.

Por conseguinte, o importante é a preparação interior, inicialmente e, depois, efetivamente, em função da qualidade de sua preparação Interior, será talvez mais agradável viver isso na Alegria do Coração e também com um ambiente que vai no mesmo sentido, se possível.

Mas ninguém escapará ao que chamaria a onda Unitária da Luz e também a onda Vibratória, emocional, de resistência à Luz.

Questão: viver entre pessoas que não têm Consciência de tudo isso é uma desvantagem ou não?
Dado que o mais importante é o Interior, vocês são confrontados, pela ressonância e atração, ao que vocês devem ser confrontados, seja profissionalmente, afetivamente ou outro.

Guardem também que vocês não poderão jamais forçar (e é aí que se verá sua capacidade para entrar na ausência de laços tais como existiram nesta Dimensão), seja seus descendentes, seja seus ascendentes, seja seus cônjuges.

Vocês não têm que ser responsáveis, através do que acontece, de tudo o que os rodeia, não é?
É preciso aceitar deixar a liberdade a cada um, em função de sua própria Consciência, ir para onde ele deve ir, porque, naquele momento, se vocês mesmos se colocam resistências, ou se vocês mesmos têm o desejo de convencer quem quer que seja, vocês voltarão à dualidade e às forças do terror.

E as frases de Cristo que já pronunciei: «vigiai e orai porque vocês não sabem nem a hora, nem o dia, tenham sua casa limpa», e bem, é agora.

Vocês conhecem a hora e o dia, do ato três.
Nós não podemos mais suspender, por razões múltiplas que lhes são muito compreensíveis.


Download: http://www.4shared.com/audio/6OaSfExw/Aivanhov3.html

Com um pouco de lógica, bem humana, vocês constatam que certo número de eventos ocorre ao nível elementar e que os maus rapazes, querendo aderir às profecias, desencadearam o Apocalipse eles mesmos, esperando levar no delírio dualitário muitas pessoas da Humanidade.

E nós somos obrigados, também, como dizer..., fazer sentir a influência Vibratória da Luz Unitária através de todas as irradiações que conduzimos até vocês e manifestar nossa Presença de modo cada vez mais tangível, em vocês, a título individual, como a título coletivo, o que explica também que vocês tenham cada vez mais manifestações de Embarcações intergalácticas de Luz, em particular Embarcações Unificadas. (Nota MM: pequenas cápsulas individuais parecidas com tufos de nuvem.)

A maior parte de formas que vocês observam pelo mundo, atualmente, de forma redonda, está ligada aos Anjos do Senhor (Vegalianos) que colocaram o pé sobre a Terra.

Questão: a melhor solução é abrir o Coração à Luz, qualquer que seja o lugar onde se encontre e os eventos que se apresentam?
De todo modo, se você está no Coração, onde quer que esteja sobre o planeta, você será protegido.
Lembre-se o que Sri Aurobindo (perdão, São João) disse no Apocalipse: “no mesmo lugar, um será tomado e o outro não”.
Isso é válido para o terceiro ato, como para o quarto ato (Apocalipse de São João).
É a Vibração que conduz seu destino e seu destino final.

Questão: quanto à noção de liberdade para cada um viver o que tem a viver, sinto como uma forma de culpa, frente àqueles que não têm os meios de conhecimento de tudo isso.
Mas não é um acesso ao conhecimento do que lhes digo.
É unicamente o acesso Vibratório que faz a diferença e há pessoas que, vocês podem lhes colocar todas as provas diante do nariz, sobre o que está acontecendo, elas preferirão se interessar em sua pequena Vida.

Então, agora, cara amiga, se você se culpa, é seu problema e não o problema do outro.
Ele é seu e é importante.
A culpa é, por Essência, fazer parte da dualidade, porque, falando, por exemplo, de membros de sua família... mas o que representa sua família em relação à multidão de vidas que você teve?
Isso prova apegos ainda importantes a modos de funcionamento vindos da terceira Dimensão e apenas a Vibração permitirá superar tudo isso, nenhum outro.

Não é o fato de estar a par que preservará, é unicamente a Vibração.


Download: http://www.4shared.com/audio/lTsF1rus/Aivanhov4.html

Questão: poderia desenvolver sobre o que é o ato quatro?
É a preparação do planeta grelha.
Então, para fazer grelhar um planeta, vocês podem imaginar que é preciso certo número de circunstâncias adequadas.
É preciso que a água esteja pesada, é o que está acontecendo com os oceanos que vão se tornar negros e vermelhos.


Vídeo enviado por Patrícia

É o que está acontecendo com a liberação de gases que estão situados além do manto terrestre, que vão dar as condições ótimas, no momento em que a Luz do sol impactará a Terra, para abrasar tudo isso, mas isso não se fará em um dia, com certeza.

Questão: qual será exatamente a ação dos Anjos do Senhor (Vegalianos)?
Isso foi desenvolvido muito longamente por eles mesmos.
Seu papel é o de velar para que as Merkabah individuais e coletivas estejam prontas para aqueles que terão necessidade de ser transportados com esse corpo biológico.
Os Anjos do Senhor têm também funções de preparação para tudo isso, a partir de agora.
Elas são múltiplas, essas funções.
Elas correspondem a diversas funções de assistência e de ajuda, pode-se dizer.

Questão: é a capacidade Vibratória que vai orientar para a 5ª Dimensão ou a 3ª unificada?
Sim, sua capacidade vibratória...
E quem disse que vocês irão na 5D ou na 3D unificada?
Há também outras possibilidades.
Não há apenas essas duas aí, não é? 

Há múltiplas possibilidades de caminho.
Não é tão efetivo assim, certamente.

Entretanto, obviamente, é a capacidade Vibratória que decidirá porque, a um dado momento, a Consciência que está na lagarta deve passar na borboleta e, para isso, é preciso poder se extrair da lagarta, não é?
E somente a Vibração dará esta capacidade ou não.

As radiações, o nível Vibratório e as diferentes ionizações, que vão ocorrer em suas estruturas, serão mais ou menos integrados, ao nível celular e ao nível da Consciência, e é isso que determinará sua capacidade a tornar-se uma pequena borboleta franzina ou uma grande borboleta.


Vídeo enviado por Jeziel

Questão: isso significa que resta uma possibilidade de se cair nos braços dos Arcontes?
Oh, isso terminou.
Finalmente, vocês deveriam se alegrar, porque, estejam na 3D unificada, estejam na 5D e sua Dimensão estelar seja a 11D, ou ainda mais alta, finalmente, qual importância, porque vocês vão todos encontrar mundos que estão ligados à Fonte mas, obviamente, a travessia se faz na primeira classe, como na última classe.

Questão: o efeito dos dez minutos de cada início de hora será amplificado?
A partir de 17 de julho, de maneira incontestável.
Mas isso poderá tornar-se permanente durante um dado lapso de tempo, que corresponde a seu verão deste ano (inverno no Brasil).
E eu os lembro que o verão (inverno no Brasil) começa amanhã.

Questão: os cães, os gatos, podem ter, nesse momento, comportamentos específicos?
Então, os animais têm um sentido geomagnético extremamente desenvolvido.
Eles percebem os sismos, antes de vocês.
Eles percebem os tsunamis, antes de vocês.
Eles percebem as erupções vulcânicas, antes de vocês.
Pouco tempo antes de vocês, mas antes de vocês.

Agora, da loucura humana, felizmente, eles são preservados.
E falo das ondas emocionais humanas, coletivas, não aquelas de seus Mestres, certamente.

Questão: durante certos protocolos, ouvi como uma orquestra de cordas que tocava.
Mas isso corresponde, aí também, à passagem para estados Vibratórios.
Como o sabem, quando do contato com o Espírito e a alma, há sons que se manifestam.
A orquestra de cordas e o concerto de cordas é a etapa final que precede a passagem ao grande Samadhi.
Cada um o vive em função de seus medos, de suas feridas.
Mas é o mesmo processo que o acesso à Existência.

Questão: é o início do processo?
É o início do processo final.


Download: http://www.4shared.com/audio/faaXSOia/Aivanhov5.html

Questão: por que sinto vibrar tão forte o nariz e muito pouco o Coração?
O importante é que uma Vibração correspondente à 12ª lâmpada, correspondente ao nariz, está ativa, a partir do momento em que as lâmpadas são ativadas.

Agora, é a você que cabe se colocar em seu Coração, pela Consciência, diretamente.
Mas, se a Vibração do nariz e das asas do nariz está ativa, é evidente que o corpo novo o mais alto está desperto e que isso não poderia se fazer se o Coração não estivesse desperto.
Simplesmente, algumas circunstâncias de sua Vida, ainda presentes, representam freios à ascensão total à Alegria.
Portanto, a energia vai se manifestar em outros lugares.

Questão: sentindo pouco a Vibração do Coração, é difícil fazer escolhas ligadas a esta Vibração.
Cara amiga, é muito simples.
É preciso substituir o Coração afeto pelo Coração Vibratório.

Isso quer dizer que você deve fazer a introspecção de Consciência necessária.
Você se liberou de todos seus afetos?
Bem, não.

O Coração vibra quando se está na Paz com todos os Corações com os quais se teve contato: ascendentes, descendentes, cônjuges e outros, situações ou outras.
E a bicicleta gira.

Questão: pratiquei os protocolos de Um Amigo, o que me trouxe uma grande diferença. Apesar de tudo, sinto que amo mais meus filhos ou algumas pessoas. Trata-se de amar todos da mesma maneira? Amar mais meus filhos quer dizer que estou no afeto?
Mas, obviamente.
O Amor maternal é afeto.

Mesmo Maria, quando seu Filho estava na cruz, ela foi afetada, não é?
E o afeto é o que gera a Vibração.
Isso não quer dizer abandonar ou enterrar todos os parentes, não é? Eu não disse isso.
É uma questão de ponto de vista que é essencial.

O afeto bloqueia, inteiramente, a Vibração do Coração.
O Coração Vibração não é o Coração afeto.
O conjunto da Humanidade enfiou o dedo no Coração, com relação a isso.
Foi a Humanidade que assimilou o Coração ao Amor humano. (Nota MM: Sugerimos esta mensagem do Irmão K.)

É preciso ter Coração na relação com o outro, mas, para isso, não é preciso perder de vista que o objetivo é o Coração Vibratório e o Coração Vibratório não é o Coração afeto.
A confusão está nesse nível.

Questão: isso significa então que estar na Unidade consiste em estar à mesma distância com todos?
Então, cara amiga, eu responderia que, definitivamente, sim.
Se você ama mais seu filho que seu inimigo, você está no afeto. (Nota MM: Sugerimos esta outra mensagem de Irmão K.)

Questão: como superar isso?
Realizando.
Todos os protocolos foram já amplamente trabalhados, em você, isso se vê, mas é simplesmente este afeto aí que deve se mover.
Isso não quer dizer não mais amar, mas amar na liberdade.
Amar na liberdade não é amar nas relações.

Então, por que haveria ligações tão fortes com o que é procedente de sua carne e o que é seu inimigo?
Há a mesma Vibração e a mesma Consciência em todo filho como em todo inimigo.
E por que seu inimigo seria menos digno de Amor que o filho?

Questão: porque é meu filho.
Aí está, todo o problema está aí.
Mudar muito não é mudar totalmente.
Porque isso não dispensa amar, tanto, os filhos, não é?
Mas por que dois pesos, duas medidas?

O Amor Vibratório não conhece dois pesos, duas medidas.
Enquanto você permanecer nos dois pesos, duas medidas, você não está na Vibração, você está no afeto.

Ora, o mental quer fazê-la crer que o Coração afeto é o Coração.
O Coração afeto nada tem a fazer com o Coração Vibração.
Aliás, não é o Coração.

Chama-se “ter Coração”, mas é apenas a emoção e nada mais, ou crenças.


Download: http://www.4shared.com/audio/wxT0BJ5R/Aivanhov6.html

Questão: compreendo intelectualmente o que acaba de dizer, mas estou longe disso, porque não consigo amar meus filhos da mesma maneira que meus inimigos, ou mesmo meus parentes.
Bem, então, não procure despertar seu Coração.
Ele não despertará, apesar da insistência das novas lâmpadas.

Quando você diz “longe”, entendo o que diz, mas você não está longe.
Você está muito próxima.
É apenas um mecanismo da cabeça.
Não é mesmo um mecanismo Vibratório, não é uma montanha a escalar.
É uma aceitação que está para fazer.
Isso se chama a síndrome da mamãe galinha ou a síndrome da incubadora, mesmo na metade transcendida.

Questão: no entanto, na Bíblia está escrito que Jesus amava João como seu discípulo bem amado, ou seja, que havia uma preferência ou uma relação particular entre João e ele?
A resposta é muito simples: a preferência não era o afeto.
Ela era de Ordem espiritual.
Não misture o afeto com o espiritual.
A preferência do Bem amado, de Cristo, por Sri Aurobindo é, se quer, uma preferência Vibratória e espiritual e certamente não afetiva.
Não havia laço afetivo, mas era um laço de liberdade total e de confiança total entre Cristo e o Bem amado.

Questão: para superar isso, conviria então olhar no outro não sua forma, não a relação ao afeto que se tem com ele, no sentido humano, mas a Vibração de seu Coração como parte da Fonte?
Então, olhe, é fácil, todos os ensinamentos espirituais o dizem, não é?
Mas não é uma questão de olhar, é uma questão de Vibração efetiva.

Portanto, não é uma crença, não é uma bela teoria que se aceita assim.
É para demonstrar, na Vibração e nos fatos.
A dificuldade é compreender que não é um trabalho de cada instante que se constrói.
É algo que se faz instantaneamente, se decidimos, na alma e na Consciência e na Vibração.

Questão: tenho o sentimento de ter caminhado para a Paz frente a mim mesmo, mas cóleras ainda emergem frente ao que não suporto em minhas limitações. Como superar isso?
Então, caro amigo, você tem duas soluções: ou se esbofeteia, mas isso dói, ou decide, de uma vez por todas, se concentrar unicamente na Vibração e não na cólera.
Porque nenhuma personalidade, nenhuma ferida (em todo caso para as bicicletas de corrida que estão aí) não pode ser transcendida pelo fato de ter Consciência.

É preciso estar lúcido, é uma evidência, mas, quando há lucidez (como você a expressa, por exemplo, sobre isso, sobre esse ponto preciso), você vai se dizer: “vou utilizar as ferramentas que tenho à minha disposição, vou cavar, vou cavar, vou tentar compreender”.

Hoje, não é mais questão disso.
É questão (e Anael insistiu muito longamente nisso) de se abandonar à Inteligência da Luz.

Creio, aliás, que Um Amigo lhes deu um processo, extremamente fino, extremamente preciso, para dirigir a Luz Vibral sobre essas zonas de sofrimento, ou seja, não lutar contra, mas colocar ainda mais Luz.

São, eu creio, as últimas coisas que ele lhes deu antes daquelas que há agora (nota: na rubrica “protocolos” de nosso site - e no blog -, intitulado “ativação da consciência de cura”).


Download: http://www.4shared.com/audio/6Z7nW2pH/Aivanhov7.html

Questão: se as vicissitudes que vivo ainda em minha Vida são ligadas ao fato de que não estou suficientemente no Coração, como superar isso?
Quero simplesmente lhe dizer que, aí também, associa-se a culpa.
Isso faz ressurgir em você algumas situações de culpas antigas com relação a sua história.
É isso que há a superar.

A culpa é sempre ligada a personalidades extremamente Amor, extremamente no Coração, mas no Coração afeto.
É o que se chama salvadores.
É o que chamei, ainda há pouco, as incubadoras, sem qualquer noção pejorativa, é claro.
Os incubadores são ainda mais difíceis a encontrar que as incubadoras, mas existem.

Lembrem-se que o sentido maternal é também o sentido de saber liberar o outro e a si mesmo de uma relação.
Lembrem-se que seus filhos não são seus filhos.
Lembrem-se que seus filhos desta Vida são, certamente, aqueles que vocês esbofetearam e que os esbofetearam em outras vidas.
Lembrem-se que vocês devem se liberar de todos os laços, o que não quer dizer descartar o outro de sua Vida.

Isso quer dizer: mudar de olhar e de Vibração.
Tornar-se autônomo.
Crescer ou voltar a ser como uma criança.
Abandonar os papéis e as funções, tornar-se maduro.

A melhor ajuda e o melhor Serviço estão na liberação do outro e no Amor do outro, mas o Amor Vibração.

Eu digo que não existe qualquer situação com um ascendente, com um descendente, com um parente, qualquer que seja, que não tenha solução.
A partir do momento que vocês aceitam passar do Coração afeto ao Coração Vibração, a Inteligência da Luz colocará todo o trabalho para liberá-los desses laços.
Mas, para isso, é preciso aceitar, já, soltar.

Questão: desde algum tempo, sinto-me muito cansado. É normal?
Você sabe, cada um, hoje, vive fenômenos de transformação importantes.
Alguns, são feridas que ressurgem (e creio que Anael lhes disse já coisas sobre isso) e outros, são cansaços, outros, ao contrário, o fato de estarem sobrecarregados.
Outros, dores de cabeça terríveis ou compressões no peito ou nas costas.

Está ligado a tudo o que acontece nesse momento.
É preciso passar por aí.
Cada um passará por aí onde deve passar, em função do que há a transcender e a superar.

Questão: isso significa que é a energia que quer fazer sua passagem?
Não unicamente, porque não é a mesma energia de que se fala.
Não confunda a energia vital, a energia pertencente a esta Dimensão e a energia Vibral.

Não são nem mesmo as mesmas gamas de frequência e não são nem mesmo as mesmas energias, não é?
Portanto, querer crer que quanto mais vocês vibrarem, mais terão energia, não é sempre verdadeiro.
Aliás, a tal ponto que, no momento em que a energia estiver em seu apogeu, ao nível da Luz Vibral, vocês não terão mais simplesmente qualquer energia vital, resultando o processo de estase (estado de catalepsia).

Questão: a ativação do Triângulo Sagrado passa necessariamente por um sentir Vibral, no sacrum, assim como se pode sentir a Vibração do Coração e a Vibração da cabeça?
Obviamente, meu amigo, não pode haver despertar do Kundalino sem sentir o Kundalini, não é?

Questão: então, se nada se sente de particular nesse nível, o processo não se desencadeou?
Completamente.
Mas não é nada grave, não é?
O importante é ter uma das três Coroas ativada.

Questão: há um meio de desenvolver a ativação desta coroa?
Se isso não se produziu com a última etapa, ou com a penúltima etapa, é preciso esperar o momento oportuno.
Talvez não haja ainda suficiente Fogo ao nível terrestre para desencadear isso em você.

Questão: teremos em breve a oportunidade de ver concretamente os Melquisedeques? De vê-lo?
Sim, quando estiverem na 5ª Dimensão.

Não temos mais perguntas. Agradecemos.

Então, caros amigos, eu lhes digo até muito breve.
Eu lhes trago todas minhas bênçãos.


Enviado por Regina Maria B. dos Santos Mensagem de 20 de junho de 2010 (publicada em 01-07-2010) 
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte:www.autresdimensions.com.
Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com 

ELENIN, TERREMOTOS E SUA CORRELAÇÃO NEGADA PELA NASA



Canal de Ronieyy1

Nota MM: Sem muito a dizer e mais peças a somar neste grande e óbvio quebra-cabeças. O jovem de uma maneira simples e muito eficiente, nos traz mais elementos sobre essa novela de terceira dimensão.

http://minhamestria.blogspot.com/

O SERVIR E O SERVIÇO - AÏVANHOV - AUTRES DIMENSIONS




 
 

Bem, caros amigos, estou extremamente contente por reencontrá-los.

Então, como é meu hábito, eu lhes transmito todas minhas bênçãos e vamos dialogar, juntos, se querem.

Então, eu escuto suas questões.

Questão: qual é a sequência de Serviço que vivemos, a título individual e coletivo?

Hoje, o que vocês têm a viver é encontrar seu Coração e a Unidade, para poder sair da Matriz.

Essa é a prioridade das prioridades.

Depois, efetivamente, assim que tenham saído da matriz, vocês têm a servir.
E o melhor Serviço que vocês têm a realizar é Ser em sua Unidade, porque vocês podem passar milhares de anos a servir, é já muito bom, é melhor que fazer a guerra, estamos de acordo.
Mas, jamais o Serviço, sozinho, isolado, lhes permitirá sair da Matriz.

Vocês sabem, pertinentemente, que vivem um período especial, não é?
Neste período especial, há a possibilidade de se estabelecer no Coração, Vibração, Existência, e todas essas palavras, Luz Vibral, que empregamos para vocês.
É extremamente importante.

Mas eu diria que caridade bem ordenada começa por si mesmo.
Não é se esquecendo de si mesmo que se pode se encontrar.

Questão: qual seria o tipo de lugar propício às Vibrações autênticas?
A melhor Vibração é a sua.
O ser humano é capaz, por sua oração, de criar um lugar Vibratório.

Vocês podem criá-lo com um cristal, vocês podem criá-lo com sua oração do Coração.
Vocês podem criá-lo acendendo uma vela e pedindo com seu Coração.

E esse lugar, ele pode ser em você.

Por que querer ir para o exterior?
É uma obsessão, isso.

Não é mais tempo de ir para o exterior.
Não é mais tempo de ir fazer peregrinações.
A única peregrinação que vocês têm a fazer é a de entrar em vocês, em vocês, porque é a porta de saída.
Ela não aparece enquanto vocês não entrarem.
É bizarro, hein?

Vocês devem entrar, para sair, sem isso, vocês não sairão.

Eu digo isso, não é uma piada, hein?
Se vocês não entram, vocês não saem.

Então, a partir daí, vocês podem imaginar todos os lugares do mundo e do planeta, vocês podem ir ver um rochedo numa ilha magnífica.

A atenção que vocês ali colocam, nesse rochedo, equivalerá, para vocês, Verdade.

Não procurem no exterior.
A porta de saída, quando se diz que ela está no interior, quando vocês viverem o momento da Liberação (e já, eu antecipo um pouco), vocês constatarão o que?
Que o único modo de sair, como eu disse, é entrar no interior.

Porque a saída, o que vocês vêem no exterior, o cosmos, as estrelas, os seres de Dimensões superiores (é isso que vocês ainda não apreenderam, o alcance), estão no Interior de vocês.

Quando a Consciência penetra no Interior, pela Vibração, tudo está lá.
É uma reversão da Consciência.

Quando se fala de ‘reversão dos pólos’ e da ‘reversão da Consciência’, para aceder à Verdade, mas é exatamente isso.
Tudo é reversão.
Vocês devem se liberar.

Nós os liberamos das dependências.
Miguel, o Conclave Arcangélico, teve êxito, desde um ano, em desprender e desagregar a matriz.
Então, vocês vêem?

Há seres que se abrem, que estão no caminho da Luz, estão perto de entrar neles, mas eles querem sair.
É fantástico isso.

E eu afirmo que vocês não encontrarão qualquer Verdade em outro lugar além do Interior de vocês.

Questão: no momento final, as pessoas que não puderam se centrar no Coração
ou viver a Vibração do Coração, estarão automaticamente na 3ª Dimensão Unificada?

É difícil explicar isso com palavras.
Mas saibam simplesmente, como o disse São João no Apocalipse (que o escreveu sob o ditado formal do Cristo), que em um dado momento, os corpos de Luz, os Corpos de Existência, vão se apresentar a vocês.

Imaginem que há duas partes de vocês mesmos.
É como se fosse uma viagem no tempo.
Vocês têm, hoje, tal idade, e vocês têm a possibilidade de se tornarem no veículo de hoje, em outra idade.

Em um determinado momento, as duas «realidades», a ilusão e a Verdade, os dois níveis de«realidade» vão coexistir ao mesmo tempo, no mesmo espaço/tempo, do mesmo modo como todos os seres ouvem o ‘Anúncio de Maria’, a um dado momento, todo ser vivente humano sobre este planeta será confrontado ao seu corpo de Eternidade [corpo de Estado de Ser].

E, naquele momento, se vocês estão presos em seu veículo da ilusão, e se não têm a Vibração suficiente, vocês verão o corpo de Existência, vocês saberão que é você, mas vocês não poderão ali ir.
É tão simples assim.

E isso será uma mordida terrível, naquele momento.
Sobretudo para aqueles que se afastaram conscientemente desse corpo de Existência, que tiverem feito o que vocês chamam de Mal, na matriz, e que tiverem dominado um humano ou a humanidade.

Não há qualquer diferença entre dominar um humano e a totalidade da humanidade.
A escala de valor ou de grandeza não atua, ao nível espiritual.

Eu diria que há tanta negatividade naquele que aperta um botão da bomba atômica ou que dá a ordem, como naquele que faz o mal conscientemente a qualquer outro.
É exatamente a mesma coisa.

Então, a um determinado momento, quando o Fogo do Céu chegar, vocês verão, e vocês sentirão, e vocês verão chegar a vocês, pelo Céu, seus corpos de Existência.

Naquele momento, sua Vibração os levará para ele ou então os dobrarão no interior desse corpo físico.
É como se houvesse uma ‘sobreposição temporal’, como uma viagem no tempo.

Vocês estão aí, hoje, e vocês têm a possibilidade de irem se ver, num outro tempo.
É exatamente isso.

Sua capacidade para fazer o “switch”, para se voltar, ou seja, para entrar no Interior de vocês, porque, o que está exterior, vocês verão, está no Interior.

Imaginem um pouco a cena: há seres que vão ver seus corpos de Existência.
O que eles farão?
Eles vão querer ir ali, porque vão vê-los.
Eles sabem que é a Luz.
Eh não...
A única porta, ela está no Coração.

Juntar-se ao que vocês vêem, é sair do tempo ilusório, para penetrar na Eternidade.
É abandonar a viagem no tempo, para penetrar, inteiramente, no novo tempo.
É a melhor imagem que eu posso encontrar.

Agora, as modalidades, a partir do reencontro com esse corpo de Existência, serão profundamente diferentes, segundo sua missão, segundo sua Vibração.

Mas, aí, eu não posso desvendar isso, agora.

Em contrapartida, nós seremos cada vez mais precisos sobre as condições e as circunstâncias deste reencontro com vocês mesmos.

Questão: a que corresponde uma Vibração específica ao nível dos chacras de enraizamento da alma e do Espírito?
São as premissas da abertura do chacra do Coração.
Não a abertura do chacra, enquanto chacra, mas da passagem ao Fogo do Coração.

Há, de início, fenômenos de pressão.
Há, em seguida, pressões no centro do Coração.
Há pressões e Vibrações sobre os chacras de enraizamento da alma e do Espírito.

Alguns podem mesmo sentir os triângulos energéticos de circulação.
Isso faz parte dos diferentes Samadhi (como diz Um Amigo), que vocês têm a experimentar.
É a ‘fase de abertura’.

Vocês abrem os diferentes cadeados para poder penetrar no Fogo do Coração.
Mas as primeiras fases podem ser efetivamente vividas como uma dor, como uma barra no peito ou uma pressão muito forte no peito.

E isso pode, aliás, desencadear, para aqueles que são sujeitos ao medo e vivem no emocional, um sentimento de morte.
Porque é, efetivamente, a morte do ego.

Isso pode ser vivido de maneira angustiante.
Mas, depois, muito rapidamente, chega a Alegria.

Questão: por que, se o carma não existe mais, pode-se ter lembrança de vidas anteriores?

São as crenças.
Enquanto você não tiver vivido você mesmo, ainda que se diga que você foi isso ou aquilo, não creia.
Ainda uma vez, as crenças.

Que você tenha sido Nabucodonosor ou São João ou Judas, não tem qualquer espécie de importância.

Querer explicar o que você é, hoje, ou suas dificuldades com relação ao passado, é uma crença.

Salvo se você mesmo o vive, sozinho, e não com técnicas ou pessoas que vão dizer: “você foi isso ou foi aquilo”.

As vidas passadas pertencem à matriz, sem exceção.

O Cristo bem disse: «Eu vim suprimir a ação/reação.
Eu vim colocar e realizar a ação de Graça», o que nada tem a ver com a ação/reação.

Vocês confundem, ao nível do humano (e nós todos confundimos).

Eu deixo cair uma maçã, ela cai: ação/reação.

Mas, vocês acreditam que o Espírito humano funciona assim?
É, aí também, uma crença.

Vocês devem se desembaraçar de todas as crenças.

Querer explicar o presente pelo passado é uma heresia.
Vocês são o resultado do passado enquanto vocês crêem nisso.

Encontrar a Existência e a Vibração do Coração é se liberar do passado e do futuro.
É penetrar no aqui e agora.

Se vocês fossem capazes de parar o tempo, apenas por um minuto, inteiramente, vocês viveriam a iluminação imediata.

É uma crença que os faz crer que vocês são o resultado de seu passado.
Vocês não são o resultado de seu passado, vocês não são os filhos de seus pais, seus filhos não são seus filhos.

Tudo o que vocês acreditam deve ser desconstruído.

Se vocês não querem desconstruir, a Luz o desconstruirá por vocês.


É preciso voltar a ser como uma criança, quer dizer, simples.

Vocês apenas devem crer na Vibração e em sua Consciência.

A única Verdade está no Coração, em nenhum outro lugar.
E é urgente, mas mais do que urgente, ir dentro do seu Coração.

Mas, ainda uma vez, enquanto vocês não tiverem penetrado a Vibração do Coração, enquanto não tiverem vivido a Existência, tudo isso permanece apenas como palavras e crenças, também.

A Verdade os libertará, mas é preciso ir para a Verdade e a Verdade não está jamais na cabeça, nem nos dados históricos.

Questão: as Vibrações foram tão fortes ontem, que estive à beira de uma indisposição, eis que foi uma forma de prazer, mas que parou muito rapidamente. Por quê?
Porque não houve um abandono suficiente à Luz, simplesmente.

Portanto, se procede, como já disse, por pequenos toques.
Portanto, você toca estados, Vibrações.

Alguns de vocês foram viajar na Existência, outros, sentem as Vibrações do Coração, e depois isso desaparece, isso não se instala.
É assim que se vive o abandono à Luz.
Por pequenos toques.

O ego retornou, simplesmente.
Não há nenhum outro responsável por isso.
Apenas você, com você mesmo.

O medo de se imergir na Luz.

Há tal emoção Vibratória que sobe para o Coração, que há, ao nível do ego, ao mesmo tempo o medo e a necessidade de se apropriar.

Você mesmo disse: «quase desmaiei», não é o ego?
É o Eu.
Não é a Luz.

Questão: é a Sombra que pode provocar pesadelos?
Não, absolutamente.

Isso quer dizer que a Luz ilumina ainda certas zonas de Sombra.

Isso quer dizer que há pontos de conexões, em vocês, que são ligados ao fato que vocês ainda não penetraram, inteiramente, na Vibração Unitária.

Isso não quer dizer que é preciso refazer o jogo da dualidade, não é?
Isso quer dizer que é preciso elevar as Vibrações.

Lembrem-se que vocês estão num período onde se levantou o tapete e, portanto, onde a Luz ilumina a poeira.
De nada adianta querer recolocar o tapete.

Questão: sinto-me triste pensando na desordem que a humanidade fez sobre esta Terra.

Esse processo é um ‘processo de dualidade’ querendo fazê-la crer que o Homem é responsável e culpado do que acontece.

Isso faz o jogo da matriz.

A natureza é algo de extraordinário.
Ela teve êxito em conservar, e as árvores em particular, mas também a mãe Terra, ao nível de seu manto exterior, sobre o qual vocês estão, sua Unidade.

Não é o humano que vai colocar tudo isso pro ar.
Aí também, isso faz parte da culpa.

A Luz volta, de maneira cíclica, sobre esta Terra, vocês o sabem, todos os 25.000 anos (e por vezes, menos frequentemente, por vezes mais), e há uma destruição de toda forma de vida sobre este planeta, e a matriz se reconstitui.

A diferença essencial é que, desta vez, a matriz não se reconstituirá.
Portanto, não há que ficar triste assim.

O humano não é culpado, ele não é responsável.

Cristo bem disse: “Pai, perdoa-os, eles não sabem o que fazem”.
E eles não sabiam.

Questão: mas é mesmo o humano que faz as guerras.

Não, não é o humano que faz as guerras.
São os soldados que fazem a guerra, porque lhes disseram para fazê-la.
Não é verdadeiramente a mesma coisa.

Tudo foi criado para mantê-los nos conflitos, em todos os níveis. 
O ser humano é fundamentalmente bom.

É a falsificação, nesta estrutura de carbono, são os pedaços de DNA, são as crenças e as modificações de suas estruturas, que fizeram isso.

Vocês devem se desembaraçar disso.

O ser humano, a maior parte dos seres humanos, em sua Dimensão de Eternidade, é de longe superior aos Anjos.
Muito de longe.

Quando digo superior é, atenção, ao nível da Luz e da Consciência, não superior, acima.

O ‘campo de Consciência’ do humano, em sua Eternidade, é de longe mais importante do que o do Anjo.

O Anjo não pode jamais descer numa estrutura de carbono.
Vocês, sim.

Vocês têm uma paleta de Vibrações que é enorme.
Simplesmente, vocês foram fechados.

E o objetivo da matriz é o de fazê-los crer que vocês são responsáveis.
Portanto, é preciso parar de se culpar.

Estar na Unidade é não mais pensar nisso.
É estar na Unidade.

Certamente que há seres humanos que vão sofrer.
Muitos.
Mas é se estabilizando na Alegria, vocês mesmos, que vocês permitirão que um máximo de Consciências seja liberado.

Porque, depois de tudo, se a Luz tivesse desejado fazê-los sair da matriz, vocês acreditam realmente que os Arcontes teriam podido mantê-la?

A Luz teria podido chegar, independentemente dos ciclos astronômicos, a Fonte teria podido mobilizar sistemas solares, em sua totalidade.

Mas havia a necessidade de respeitar, e a Fonte lhes repetiu ontem, sua liberdade.

E é por sua liberdade que vocês tornam livres os outros.
Quando eu digo os outros, são seus irmãos e suas irmãs que não estão ainda Despertos.

Não temos mais perguntas. Agradecemos.


Então, caros amigos, eu lhes transmito todas minhas bênçãos e lhes desejo uma excelente saída da prisão.

Eu lhes digo até muito em breve, eu espero.

Fiquem bem.


Enviado por Rosa
Mensagem do Venerável OMRAAM (Aïvanhov) no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=678
18 de Julho de 2010
(Publicado em 30 de Julho de 2010)
Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com
Transcrição: Zulma Peixinho 
http://portaldosanjos.ning.com 

SEJA BEM VINDO AO NAMASTÊ



OLÁ PESSOAL!!

ESPERO QUE VOCÊS ENCONTREM OS ASSUNTOS QUE PROCURAM E POSSAM AJUDÁ-LOS DE ALGUMA MANEIRA, POIS ESSE SITE FOI FEITO PARA TODOS NÓS ,QUE BUSCAMOS CONHECIMENTOS E SABEDORIA PARA PODERMOS ESTARMOS EM SINTONIA COM A NOVA ERA !
BOM DIVERTIMENTO À TODOS!!

NAMASTÊ

Only Message Esoteric Here!!

DEARS BROTHERS AND SISTERS!! Each day come and take a few minutes of your attention and emanation of light to Gaia and so we have a stream of people pouring love and light to all mankind and Gaia! Only write in this box and know that every brother participates and the number of people sending their energy for our beloved planet! Kisses in the heart of each brother, lightworker! OR COMMENTS OF POSTS HERE! NAMASTE-NOVAERA

TESTE PSICOLÓGICO JAPONÊS

IMPRESSIONANTE TESTE PSICOLÓGICO JAPONÊS. Clique aqui: http://www.ociocriativo.com.br/trivias/pub/teste1.htm http://www.ociocriativo.com.br/trivias/pub/teste1.htm

PARTICIPE DESSE MOMENTO DE ORAÇÃO

PARTICIPE DESSE MOMENTO DE ORAÇÃO

Like -FACEBOOK

AMADA MARIA E JESUS CRISTO

Ocorreu um erro neste gadget